Saúde

São Paulo muda calendário de vacinação contra Covid-19 por falta de doses

Publicados

em


source
Calendário de vacinação muda em São Paulo por causa da falta de doses
Reprodução/FreePic

Calendário de vacinação muda em São Paulo por causa da falta de doses


Na segunda-feira (22), mais de 300 UBSs da cidade de São Paulo interromperam a vacinação  por falta de vacinas contra a Covid-19. Nesta terça, a  aplicação da primeira dose do imunizante foi suspensa na capital, que mudou seu cronograma desta semana.

A Secretaria Municipal de Saúde alterou o calendário na cidade e, agora, pessoas de 49 anos serão vacinadas na quarta-feira (22); pessoas com 48 anos, na quinta-feira (24); pessoas com 45 a 47 anos serão vacinadas na sexta-feira (25) e no sábado (26). 

No sábado também será feita a repescagem de pessoas de 45 a 49 que não compareceram aos postos de vacinação durante a semana. A partir de segunda-feira (28), o calendário volta à normalidade e a vacinação será para pessoas de 44 anos.

Em entrevista à rádio Eldorado, o secretário municipal de Saúde, Edson Aparecido, disse que os pontos de vacinação já começaram a ser restabelecidos para possibilitar a retomada da imunização na quarta.

Segundo previsão do governo estadual de São Paulo, toda a população adulta do estado terá recebido ao menos a primeira dose da vacina contra a Covid-19 até 15 de setembro. Na última sexta (18), a  prefeitura da capital autorizou que pessoas com mais de 18 anos se cadastrassem na “xepa da vacina” para receber doses remanescentes.

Fonte: IG SAÚDE

Comentários Facebook
Propaganda

Saúde

Covid-19: Pfizer vai entregar quase 18 milhões de doses até 22 de agosto

Publicados

em


source
Covid-19: Pfizer vai entregar quase 18 milhões de doses até 22 de agosto
Patrick T. Fallon/Divulgação

Covid-19: Pfizer vai entregar quase 18 milhões de doses até 22 de agosto

O consórcio formado pelas farmacêuticas Pfizer e BioNTech informou nesta segunda-feira (2) que entregará 17,6 milhões de doses de vacinas contra a covid-19 até o dia 22 de agosto. Neste mês foram disponibilizadas 2,1 milhões de doses.

As doses serão trazidas em voos de Miami, nos Estados Unidos, para o aeroporto de Viracopos, em Campinas, em São Paulo.

A previsão do Ministério da Saúde é que o consórcio repasse, no total, 33,3 milhões de doses de imunizantes contra a covid-19 em agosto. Após o dia 22 a Pfizer e a BioNTech devem encaminhar ao Ministério da Saúde os 13,6 milhões de doses restantes dos lotes do mês.

Para setembro, o acordado com a pasta é que sejam enviadas mais 37,4 milhões de doses. Para o último trimestre do ano a perspectiva é que o consórcio repasse mais 100 milhões de doses.

Fonte: IG SAÚDE

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana