MULHER

Salmos de proteção: 7 mensagens poderosas para afastar a negatividade

Publicados

em


source

Alto Astral

undefined
Reprodução: Alto Astral

Salmos de proteo: 7 mensagens poderosas para afastar a negatividade

As palavras têm poder e colaboram para que conquistemos a paz interna e sejamos fontes de positividade para aqueles que nos rodeiam. Por isso, se essa for a sua fé, é importante ter contato com os ensinamentos sagrados da Bíblia e se permitir receber o auxílio de Deus. Conhecer e rezar alguns desses salmos de proteção pode ser o melhor caminho para fechar o corpo da negatividade e caminhar com mais proteção. Confira!

Salmos de proteção para rezar com fé

Salmos de proteção: 7 mensagens poderosas para afastar a negatividade
Foto: Shutterstock

Salmo 7

“Senhor meu Deus, em ti confio; salva-me de todos os que me perseguem, e livra-me; * 2 Para que ele não arrebate a minha alma, como leão, despedaçando-a, sem que haja quem a livre. * 3 Senhor meu Deus, se eu fiz isso, se há perversidade nas minhas mãos, * 4 Se paguei com o mal àquele que tinha paz comigo (antes, livrei ao que me oprimia sem causa), * 5 Persiga o inimigo a minha alma e alcance-a; calque aos pés a minha vida sobre a terra, e reduza a pó a minha glória (Selá). * 6 Levanta-te, Senhor na tua ira; exalta-te por causa do furor dos meus opressores; e desperta por mim para o juízo que ordenaste. * 7 Assim te rodeará o ajuntamento de povos; por causa deles, pois, volta-te para as alturas. * 8 O Senhor julgará os povos; julga-me, Senhor, conforme a minha justiça, e conforme a integridade que há em mim. * 9 Tenha já fim a malícia dos ímpios; mas estabeleça-se o justo; pois tu, ó justo Deus, provas os corações e os rins. * 10 O meu escudo é de Deus, que salva os retos de coração. * 11 Deus é juiz justo, um Deus que se ira todos os dias. * 12 Se o homem não se converter, Deus afiará a sua espada; já tem armado o seu arco, e está aparelhado. * 13 E já para ele preparou armas mortais; e porá em ação as suas setas inflamadas contra os perseguidores. * 14 Eis que ele está com dores de perversidade; concebeu trabalhos, e produziu mentiras. * 15 Cavou um poço e o fez fundo, e caiu na cova que fez. * 16 A sua obra cairá sobre a sua cabeça; e a sua violência descerá sobre a sua própria cabeça. * 17 Eu louvarei ao Senhor segundo a sua justiça, e cantarei louvores ao nome do Senhor Altíssimo.”

Salmo 26

“Julga-me, Senhor, pois tenho andado em minha sinceridade; tenho confiado também no Senhor; não vacilarei. * 2 Examina-me, Senhor, e prova-me; esquadrinha os meus rins e o meu coração. * 3 Porque a tua benignidade está diante dos meus olhos; e tenho andado na tua verdade. * 4 Não me tenho assentado com homens vãos, nem converso com os homens dissimulados. * 5 Tenho odiado a congregação de malfeitores; nem me ajunto com os ímpios. * 6 Lavo as minhas mãos na inocência; e assim andarei, Senhor, ao redor do teu altar. * 7 Para publicar com voz de louvor, e contar todas as tuas maravilhas. * 8 Senhor, eu tenho amado a habitação da tua casa e o lugar onde permanece a tua glória. * 9 Não apanhes a minha alma com os pecadores, nem a minha vida com os homens sanguinolentos, * 10 Em cujas mãos há malefício, e cuja mão direita está cheia de subornos. * 11 Mas eu ando na minha sinceridade; livra-me e tem piedade de mim. * 12 O meu pé está posto em caminho plano; nas congregações louvarei ao Senhor.”

Salmo 27

“O Senhor é a minha luz e a minha salvação; a quem temerei? O Senhor é a força da minha vida; de quem me recearei? * 2 Quando os malvados, meus adversários e meus inimigos, se chegaram contra mim, para comerem as minhas carnes, tropeçaram e caíram. * 3 Ainda que um exército me cercasse, o meu coração não temeria; ainda que a guerra se levantasse contra mim, nisto confiaria. * 4 Uma coisa pedi ao Senhor, e a buscarei: que possa morar na casa do Senhor todos os dias da minha vida, para contemplar a formosura do Senhor, e inquirir no seu templo. * 5 Porque no dia da adversidade me esconderá no seu pavilhão; no oculto do seu tabernáculo me esconderá; por-me-ás sobre uma rocha. * 6 Também agora a minha cabeça será exaltada sobre os meus inimigos que estão em redor de mim; por isso oferecerei sacrifício de júbilo no seu tabernáculo; cantarei, sim, cantarei louvores ao senhor. * 7 Ouve, Senhor, a minha voz quando clamo; tem também piedade de mim, e responde-me. * 8 Quando tu disseste: ‘Buscai o meu rosto; o meu coração disse a ti’; o teu rosto, Senhor, buscarei. * 9 Não escondas de mim a tua face, não rejeites ao teu servo com ira; tu foste a minha ajuda, não me deixes nem me desampares, ó Deus da minha salvação. * 10 Porque, quando meu pai e minha mãe me desampararem, o Senhor me recolherá. * 11 Ensina-me, Senhor, o teu caminho, e guia-me pela vereda direita, por causa dos meus inimigos. * 12 Não me entregues à vontade dos meus adversários; pois se levantaram falsas testemunhas contra mim, e os que respiram crueldade. * 13 Pereceria sem dúvida, se não cresse que veria a bondade do Senhor na Terra dos viventes. * 14 Espera no Senhor, anima-te, e Ele fortalecerá o teu coração; espera, pois, no Senhor.”

Salmo 91

“Aquele que habita no esconderijo do Altíssimo, à sombra do onipotente descansará. * 2 Direi do Senhor: ‘Ele é o meu Deus , o meu refúgio, a minha fortaleza, e Nele confiarei’. * 3 Porque Ele te livrará do laço do passarinheiro, e da peste perniciosa. * 4 Ele te cobrirá com as suas penas, e debaixo das suas asas te confiarás; a sua verdade será o teu escudo e broquel. * 5 Não terás medo do terror de noite nem da seta que voa de dia, * 6 Nem da peste que anda na escuridão, nem da mortandade que assola ao meio-dia. * 7 Mil cairão ao teu lado, e dez mil à tua direita, mas não chegará a ti. * 8 Somente com os teus olhos contemplarás, e verás a recompensa dos ímpios. * 9 Porque tu, ó Senhor, és o meu refúgio. No Altíssimo fizeste a tua habitação. * 10 Nenhum mal te sucederá, nem praga alguma chegará à tua tenda. * 11 Porque aos seus anjos dará ordem a teu respeito, para te guardarem em todos os teus caminhos. * 12 Eles te sustentarão nas suas mãos, para que não tropeces com o teu pé em pedra. * 13 Pisarás o leão e a cobra; calcarás aos pés o filho do leão e a serpente. * 14 Porquanto tão encarecidamente me amou, também eu o livrarei; pô-lo-ei em retiro alto, porque conheceu o meu nome. * 15 Ele me invocará, e eu lhe responderei; estarei com ele na angústia; dela o retirarei, e o glorificarei. * 16 Fartá-lo-ei com longura de dias, e lhe mostrarei a minha salvação.”

Salmo 117

“Louvai ao Senhor todas as nações, louvai-o todos os povos. * 2 Porque a sua benignidade é grande para conosco, e a verdade do Senhor dura para sempre. Louvai ao Senhor.”

Salmo 123

“A ti levanto os meus olhos, ó tu que habitas nos céus. * 2 Assim como os olhos dos servos atentam para as mãos dos seus senhores, e os olhos da serva para as mãos de sua senhora, assim os nossos olhos atentam para o Senhor nosso Deus, até que tenha piedade de nós. * 3 Tem piedade de nós, ó Senhor, tem piedade de nós, pois estamos assaz fartos de desprezo. * 4 A nossa alma está extremamente farta da zombaria daqueles que estão à sua vontade e do desprezo dos soberbos.”

Salmo 140

“Livra-me, ó Senhor, do homem mau; guarda-me do homem violento, * 2 Que pensa o mal no coração; continuamente se ajuntam para a guerra. * 3 Aguçaram as línguas como a serpente; o veneno das víboras está debaixo dos seus lábios. * 4 Guarda-me, ó Senhor, das mãos do ímpio; guarda-me do homem violento; os quais se propuseram transtornar os meus passos. * 5 Os soberbos armaram-me laços e cordas; estenderam a rede ao lado do caminho; armaram-me laços corrediços. * 6 Eu disse ao Senhor: Tu és o meu Deus; ouve a voz das minhas súplicas, ó Senhor. * 7 Ó Deus, Senhor, fortaleza da minha salvação, tu cobriste a minha cabeça no dia da batalha. * 8 Não concedas, ó Senhor, ao ímpio os seus desejos; não promovas o seu mau propósito, para que não se exalte. * 9 Quanto à cabeça dos que me cercam, cubra-os a maldade dos seus lábios. * 10 Caiam sobre eles brasas vivas; sejam lançados no fogo, em covas profundas, para que se não tornem a levantar. * 11 Não terá firmeza na terra o homem de má-língua; o mal perseguirá o homem violento até que seja desterrado. * 12 Sei que o Senhor sustentará a causa do oprimido, e o direito do necessitado. * 13 Assim os justos louvarão o teu nome; os retos habitarão na tua presença.”

Texto: Vítor Ferreira | Edição: Milena Garcia e Renata Rocha

Fonte: IG Mulher

Comentários Facebook
Propaganda

MULHER

“Elas se protegem”, diz mãe de gêmeas, uma delas com Síndrome de Down

Publicados

em


source
Renata Pinheiro e as filhas: Marina e Marcela
Reprodução/Instagram

Renata Pinheiro e as filhas: Marina e Marcela

Como muitas  mulheres , a dentista Renata Pinheiro, sonhava em ter filhos. Ela  engravidou aos 34 anos e teve uma bela surpresa: ao invés de um, eram dois bebês. “Nos exames de pré-natal eu e o meu marido descobrimos que seriam bivitelinos, pois elas tinham peso e tamanho diferentes.

Foi uma surpresa, uma alegria, mas também veio o medo de ser difícil financeiramente e de cuidar de duas crianças ao mesmo tempo”, conta. No nascimento, outra descoberta: Marina tinha Síndrome de Down e Marcela não. “No começo foi muito turbulento. Eu, mãe de primeira viagem, de duas meninas e cada uma com características individuais, me assustou”, diz.

Renata conta que ter uma filha com Síndrome de Down a fez descobrir toda uma área de conhecimento. “Aprendi sobre os direitos que estão na Lei Brasileira de Inclusão da Pessoa com Deficiência, fiz cursos e participo de palestras. Mas os fatos que vivenciamos na rotina é que nos ensinam e nos fortalecem”, conta.

Além de buscar informação por conta própria, ela conta que também encontra apoio para em grupos de mães e famílias com crianças com a mesma condição. “Faço parte de grupos de mães que vivem realidades parecidas e é muito bom. A sociedade precisa se preparar, tanto no aspecto físico e estrutural quando no pessoal. As pessoas com deficiência estão aí e têm o direito de estarem em todos os lugares”, afirma.

Essa rede de apoio, somada ao acolhimento que recebe de sua família, foram fundamentais para que ela soubesse lidar com situações de preconceito envolvendo a filha. “Já tive matrícula recusada em escola particular e na escola de natação da cidade. Nesse período eu era imatura frente a discriminação, mas hoje sei reinvidicar e lutar pelos direitos dela”, conta Renata, que já venceu um processo contra uma empresa de recreação por discriminação. 

“Infelizmente sei que novos absurdos podem acontecer, porém, eu tenho que prepará-la para a sociedade. A sociedade que não está preparada para ela”, diz. 

Você viu?






Mesmo com as diferenças, a criação das duas é a mesma. A única diferença é que Marina faz acompanhamento com uma fonoaudióloga e psicopedagoga. “Para as duas, mantemos a mesma rotina, exigimos disciplina e buscamos que sejam educadas dentro dos nossos critérios. As duas fazem as mesmas atividades, só isso que difere mesmo”, conta.

Felizmente, o preconceito não abala as relações familiares e a amizade entre as irmãs Marina e Marcela, hoje com oito anos. “As duas são muito companheiras. Estão na fase de ‘ranhetice’, mas elas se protegem. Uma briga com a outra, mas não venha ninguém falar ou brigar com uma que a outra a defende”, conta. 

Fonte: IG Mulher

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana