BRASIL E MUNDO

RJ: Paes diz que pode flexibilizar medidas restritivas a partir de 5 de abril

Publicados

em


source
Prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes
Estefan Radovicz

Prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes

O prefeito Eduardo Paes afirmou que o objetivo é voltar a flexibilizar as restrições impostas à população da cidade do Rio de Janeiro a partir de segunda-feira, dia 5 de abril, um dia após terminar o recesso forçado de dez dias .

Em entrevista ao “Bom Dia, Rio”, da TV Globo, Paes informou que as novas medidas serão anunciadas nesta sexta-feira (02), quando será divulgado o boletim epidemiológico semanal sobre o avanço da Covid-19 na capital fluminense. O prefeito explicou que tudo será discutido com o Comitê Científico do município e que a decisão de quais medidas serão flexibilizadas será tomada em conjunto.

Você viu?

“Nosso objetivo é voltar a flexibilizar na segunda-feira (dia 5). A gente sabe que a cidade precisa funcionar, que a gente precisa de escola, o comércio precisa funcionar, as pessoas precisam ter o seu sustento. Quando a gente pede esse esforço, um esforço programado de dez dias, é porque a gente busca fazer algo que impacte menos na vida das pessoas. óbvio que, por um tempo, nós sempre vamos ter restrições, não tem outro jeito. Mas à medida que vai passando, que vai diminuindo as internações, a gente consegue diminuir o número de restrições”, disse o prefeito, que complementou:

“A gente faz o boletim semanal toda sexta-feira. Deve ser informando o que acontece depois (do fim do período de dez dias). Trabalhamos para ter o tempo todo um período de recesso forçado de dez dias. Esse não é um período epidemiológico perfeito, mas é um bom período. Vamos discutir com o Comitê Científico medidas e começar a flexibilizar isso”.

Comentários Facebook
Propaganda

BRASIL E MUNDO

Caso Lázaro: Polícia recebe mil denúncias e pede que não sejam feitos trotes

Publicados

em


source
Projeções de disfarces de Lázaro Barbosa de Sousa, feitas pela Polícia Civil do DF
Divulgação/PCDF

Projeções de disfarces de Lázaro Barbosa de Sousa, feitas pela Polícia Civil do DF

A megaoperação que já dura 13 dias em Goiás conta com apoio da população para localizar e prender o fugitivo Lázaro Barbosa Sousa , autor de uma chacina no último dia 9. Enquanto algumas denúncias são úteis para as buscas, a maior parte das ligações para o setor que está em funcionamento há aproximadamente 24h é composta por trotes e conversas irrelevantes , conforme revelou nesta segunda-feira, dia 21, a Secretaria de Segurança Pública do estado. O disque denúncia contabilizou cerca de mil chamados . O número disponibilizado para receber informações sobre a localização de Lázaro é (061) 9 9839-5284.

Apesar dos trotes, a força-tarefa manifestou gratidão pelas doações entregues aos agentes por setores público e privado desde o início da ação, e em especial pelo apoio da Organização das Voluntárias de Goiás (OVG).

Você viu?

No 13º dia de buscas, a secretaria informou por meio de nota que foram realizadas incursões com apoio de cães para checagem de informações de possíveis locais por onde Lázaro passou. O cerco se fechou ainda mais. Também estão sendo utilizados 40 rádios comunicadores cedidos pelo Exército.

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana