ENTRETENIMENTO

Rita Lee conta que Elis Regina a ajudou a sair da prisão: “Rodando a baiana”

Publicado

 

source
Rita Lee e Elis Regina
Reprodução/Instagram

Rita Lee conta como Elis Regina a ajudou a sair da cadeia

Rita Lee já falou  sobre a experiência de ser avó e disse que está passando a velhice sem sexo e drogas .

Tudo isso é bem diferente da vida que ela levou no passado. Durante uma live com Ronnie Von, a cantora relembrou algumas histórias, como a de quando ninguém menos que Elis Regina a ajudou a sair da cadeia.

A roqueira disse que estava grávida do primeiro filho quando foi presa injustamente por porte e uso de maconha.

Ela disse que não estava usando a droga na época por causa da gravidez, mas mesmo assim foi levada à delegacia. Foi atrás das grades que ela recebeu uma visita que não esperava, Elis Regina foi até lá ajudá-la.

“Naquela época dos festivais da Record, Mutantes e Tropicalismo, Elis passava pela gente virando a cara. Ela fez parte daquela passeata contra o uso da guitarra elétrica na música brasileira.

A última pessoa que eu esperava que fosse me visitar na cadeia era a Elis. Quando o carcereiro falou: ‘Oh, Ovelha Negra, tem uma cantora famosa aí que está rodando a baiana, dizendo que vai chamar a imprensa. Ela quer te ver’. Aí o delegado mandou te chamar”, relembra Rita Lee.

“Eu fiquei esperando, não sei, uma Nossa Senhora do Rock, e, de repente, vejo a Elis com o João Marcelo, dando a mão para ele, assim tão pequenininho.

Ela soltou a mão do filho e me deu um abraço. Perguntou como eu estava, que tinha sabido pelo jornais que eu estava grávida e disse que eu estava muito magra. Aí ela começou a falar duro com os policiais: ‘O que vocês estão fazendo com ela?’.

O que ela berrou, o que ela aprontou lá dentro. E você pensa que os caras falavam alguma coisa? Não falavam nada. Ela baixinha cobrando: ‘Eu quero um médico já. Se não vier já, eu chamo a imprensa’. Ninguém mexia com a Elis.

Ela era do Olimpo. Que mãezona. Mandou que comprassem comida para mim, deu dinheiro e ainda pediu troco. Me ajudou como se fosse uma amiga de infância”, Rita detalhou.

Fonte: IG GENTE

Comentários Facebook
publicidade

ENTRETENIMENTO

Gretchen fala sobre nova plástica: “Tirei um pouco do lábio”

Publicado


source
Gretchen Miranda, a Rainha do Rebolado
Reprodução Instagram

Gretchen Miranda, a Rainha do Rebolado

Gretchen, de 61 anos, revelou que além da hamornização facial  que se submeteu, em dezembro de 2020, ela também fez um cirurgia para melhorar a aparência da boca.

“As pessoas pensaram que eu tinha mexido no nariz. Fiz um encurtamento do lábio entre o nariz e a boca. Foi tirado um pedaço e levantou o lábio de cima. O ponto de dentro do nariz nem tirei ainda. Demora porque é uma cirurgia. Além de ter feito o encurtamento, tirei um pouco do lábio. O que incha é o lábio”, iniciou Gretchen, em entrevista à Quem.

A Rainha do Rebolado ainda explicou o motivo de não ter tirado um tempo da internet para sua recuperação.

Você viu?

“Sabe por que posto? Por que as pessoas quando desejam fazer um procedimento não querem esperar. E não é assim, a harmonização é um processo que você vai ganhando com o tempo. Tem que fazer uma manutenção. Coloco aonde já está indo embora. Tenho que ir colocando de três em três meses porque mantém dessa forma”, afirmou. “Quando termino uma harmonização, já deixo marcada a manutenção. E tem o tempo de curar. Se faz hoje, depois de cinco dias que vai desinchar e com uma semana é que vai voltar ao normal. Acho legal mostrar o processo da boca inchada, do esparadrapo. Se o povo quiser falar, não estou preocupada. Daqui 15 dias vem dizer que está lindo”, disse. 

Ao falar sobre outros procedimentos que faz, Gretchen disserta. “Faço reposição hormonal há 4 anos. Ficava 15 dias menstruada, fluxo forte, tinha muita enxaqueca. Sofri muito na menopausa, depois da reposição nunca mais tive nada. A libido é outra, é uma salvação para toda mulher, pele, celulite, flacidez, emagrecer. Se estiver com os hormônios, suplementos e exames de sangue em dia é saúde na certa”, pontuou ela, reforçando a importância de um acompanhamento médico. 

Fonte: IG GENTE

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Agronegocio

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana