GERAL

Rio Contra a Fome arrecada mais de 20 toneladas de alimentos

Publicados

em


Todos os mais de 250 pontos de vacinação na cidade do Rio de Janeiro, incluindo aqueles que funcionam apenas no sistema de drive-thru, estão recebendo doações de itens da cesta básica de quem vai se vacinar contra a covid-19. A iniciativa Rio Contra a Fome arrecadou mais de 20 toneladas de alimentos em 18 dias de campanha.

A Secretaria Especial da Juventude Carioca (JUVRio) está à frente da campanha, em parceria com a Secretaria Municipal de Saúde e a Secretaria Especial de Ação Comunitária, recebendo as doações, organizando a logística e atuando como facilitadora com os coletivos e organizações da sociedade civil parceiras, que ficam responsáveis pela distribuição dos alimentos.

Os itens de cesta básica prioritários são arroz, feijão, fubá, açúcar, óleo de cozinha, leite em pó e sabonetes. O secretário da JUVRio, Salvino Oliveira, disse que a meta é aumentar de forma exponencial as doações e famílias auxiliadas.

“Com a diminuição na faixa etária do calendário de vacinação, mais pessoas vão comparecer aos pontos e mais doações serão feitas até que toda a população carioca esteja vacinada”, afirmou, em nota.

Segundo a JUVRio, os itens já estão sendo encaminhados para mais de 60 coletivos e organizações da sociedade civil que vão distribuir às famílias que estão passando por insegurança alimentar nas favelas e periferias.

Coletivos e organizações que desejem aderir à Rio Contra a Fome podem preencher um formulário. O cadastro continua aberto até dia 26 deste mês. Alguns dos critérios para poder participar da campanha são atuar há pelo menos um ano na mitigação dos efeitos do novo coronavírus nas favelas e periferias e ter uma lista de famílias mapeadas para serem atendidas com as doações de alimentos.

Edição: Aécio Amado

Fonte: EBC Geral

Comentários Facebook
Propaganda

GERAL

Governo lança programa de cobertura FM em rodovias federais

Publicados

em


Uma parceria entre o Ministério da Infraestrutura e o Ministério das Comunicações levará cobertura de rádio FM para as rodovias brasileiras que ainda não contam com o serviço. 

Chamada de Radiovias, a iniciativa foi lançada ontem (6) e deve ampliar a Rádio CCR FM – emissora que informa motoristas sobre as condições rodoviárias, dá dicas sobre direção defensiva e veicula campanhas nacionais de saúde, educação e segurança.

Uma das beneficiadas pelo serviço é a Via Dutra, que possui 402 quilômetros de extensão e alimenta a BR-116, uma via federal que cruza 10 estados – principal conexão entre as regiões Sul e Nordeste.

“O Serviço de Radiovias é exemplo de integração e harmonização de política pública de Comunicação e de infraestrutura de transportes, que visa alcançar resultados mais efetivos à sociedade em um breve espaço de tempo. Resultado da união de esforços para trazer mais segurança aos usuários das rodovias federais”, declarou o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas.

Na visão do ministro das Comunicações, Fábio Faria, o programa leva informações importantes aos caminhoneiros. “Esta portaria vai garantir informação nas estradas, que também contarão com mais conectividade, por exemplo, a partir do leilão do 5G – que prevê até 48 mil quilômetros de cobertura de internet nas nossas rodovias”, afirmou.

Publicidade institucional

Emissoras que atuarem no âmbito do programa poderão veicular publicidade, segundo nota emitida pelo governo federal. “As rádios poderão veicular apenas publicidades institucionais com o objetivo de custear as despesas. Qualquer estabelecimento poderá anunciar, estando ou não no raio de cobertura da emissora. Neste caso, considera-se como publicidade institucional a citação da entidade apoiadora, bem como de sua ação institucional, sem qualquer tratamento publicitário”, informa o comunicado.

Edição: Fábio Massalli

Fonte: EBC Geral

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana