MINISTÉRIO PÚBLICO MT

Reuniões da Comissão de Apoio Institucional voltarão a ser presenciais

Publicados

em

A Comissão de Apoio Institucional, criada pelo procurador-geral de Justiça, José Antônio Borges Pereira, no início do seu primeiro mandato com o objetivo de promover a interiorização da administração superior do Ministério Público Estadual, aproximando-a das Promotorias de Justiça do interior, realizou mais uma das reuniões programadas para o primeiro semestre de 2022. Durante a manhã desta sexta-feira (6), o procurador-geral e demais gestores da Procuradoria-Geral de Justiça reuniram-se, por meio virtual, com promotores das comarcas do Polo 6, que engloba Tangará da Serra e outros sete municípios da região do Médio Norte do estado. No segundo semestre as reuniões voltarão a ser presenciais.

“A primeira reunião deste semestre foi em fevereiro, ainda estamos fazendo de forma virtual devido à pandemia da Covid-19. Mas, mantida a melhora do quadro epidemiológico, no segundo semestre retomaremos as viagens aos polos regionais, com reuniões presenciais, o que proporciona uma aproximação ainda maior da Procuradoria- Geral das promotorias, dos promotores do interior, conversando, ouvindo suas demandas e apresentando nossos projetos e ações. Sempre buscando ampliar a efetividade da atuação do Ministério Público”, afirmou José Antônio Borges Pereira, que confessou sentir “muito orgulho por deixar esse legado de interiorização da gestão”.

A pauta da reunião desta sexta-feira incluiu o processo de virtualização dos procedimentos no Departamento de Gestão de Pessoas (DGP), o Escritório de Representação do MPMT em Brasília, já em funcionamento e implantado em parceria com outros seis MPs estaduais de forma a reduzir os custos de manutenção, e o projeto de Dimensionamento da Força de Trabalho do MPMT.

A informatização completa dos procedimentos do DGP deverá estar concluída até dezembro e proporcionará mais segurança e agilidade na gestão das informações do setor. Já o Escritório de Representação em Brasília foi implantado para que procuradores, promotores de Justiça e gestores do MPMT tenham uma base operacional e logística na capital federal, principalmente no acompanhamento de recursos e outros procedimentos judiciais em andamento nas cortes superiores, assim como também na relação institucional com os poderes da república.

O Polo 6 das reuniões da Comissão de Apoio Institucional inclui, além de Tangará da Serra, as comarcas de Diamantino, Nortelândia, Arenápolis, Campo Novo do Parecis, Barra do Bugres, São José do Rio Claro e Sapezal.

Fonte: MP MT

Comentários Facebook
Propaganda

MINISTÉRIO PÚBLICO MT

Pichações do CV perdem espaço para sensibilização ambiental

Publicados

em

Em Itiquira, município distante 363 Km de Cuiabá, o Ministério Público solicitou à Prefeitura Municipal que pichações do Comando Vermelho fossem substituídas por mensagens de estímulo à proteção da natureza. A proposta visa combater as ações simbólicas do crime organizado e, ao mesmo tempo, promover a conscientização ambiental.

Citações de Manoel de Barros, Leonardo da Vinci, Rachel Carson, Mahatma Gandhi, Martinho Lutero, Maire Cure, Henry David Thoreau, entre outros, passaram a ocupar posições de destaques em muros da cidade.

“Um dos recursos de que se vale o crime organizado é o esforço de se promover, por meio da exibição de armas, veículos e, ainda, a pichação de locais públicos de grande visibilidade, visando afrontar o Estado e intimidar a população em geral. Assim, é de enorme importância que ações sejam empreendidas para frustrar esse esforço do crime organizado de se projetar na esfera simbólica”, ressaltou o promotor de Justiça Claudio Angelo Correa Gonzaga.

Os fundamentos da proposta, segundo ele, estão na Constituição: “A segurança pública, dever do Estado, direito e responsabilidade de todos, é exercida para a preservação da ordem pública e da incolumidade das pessoas e do patrimônio” (artigo 144, caput). E também no artigo 225: “incumbe ao Poder Público: promover a educação ambiental em todos os níveis de ensino e a conscientização pública para a preservação do meio ambiente”.

Confira algumas das frases:

“Chegará o tempo em que o homem conhecerá o íntimo de um animal e nesse dia todo crime contra um animal será um crime contra a humanidade.”
Leonardo da Vinci

“A natureza é o único livro que oferece conteúdo valioso em todas as suas folhas.”
Goethe

“É triste pensar que a natureza fala e que o gênero humano não a ouve.“
Victor Hugo

“A natureza pode suprir todas as necessidades do homem, menos a sua ganância.”
Mahatma Gandhi

“Se eu soubesse que o mundo acabaria amanhã, hoje plantaria uma árvore.”
Martinho Lutero

“Eu fui aparelhado para gostar de passarinhos. Tenho abundância de ser feliz por isso.”
Manoel de Barros

“Quando as aves falam com as pedras e as rãs com as águas – é de poesia que estão falando.”
Manoel de Barros

“Qual é a utilidade de uma casa se você não tem um planeta tolerável para colocá-la?”
Henry David Thoreau

“Mas o homem é uma parte da natureza, e sua guerra contra a natureza é inevitavelmente uma guerra contra si mesmo.”
Rachel Carson

“Durante toda a minha vida, as novas visões da Natureza me fizeram alegrar como uma criança.”
Marie Curie

“Nossa tarefa deve ser nos libertar… ampliando nosso círculo de compaixão para abranger todas as criaturas vivas e toda a natureza e sua beleza.”
Albert Einstein

“Destruir uma floresta tropical para obter ganhos econômicos é como queimar uma pintura renascentista para preparar uma refeição.”
Edward O. Wilson

Fonte: MP MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Política Nacional

Mais Lidas da Semana