mato grosso

Resultados do PDI são apresentados por Rondonópolis e Água Boa

Publicados

em

Secretário da Saug do TCE-MT, Adjair Roque de Arruda

Das 66 metas propostas pelo Programa de Desenvolvimento Institucional Integrado (PDI) do Tribunal de Contas de Mato Grosso (TCE-MT), o município de Rondonópolis cumpriu 35. O número foi divulgado durante a reunião de apresentação dos resultados de 2020, na quarta-feira (03.03).

Os números são referentes ao Projeto 1 – Planejamento Estratégico, sob coordenação da Secretaria de Apoio às Unidades Gestoras (Saug) do TCE-MT, e ao Projeto 2 – Incentivo ao Acesso à Informação e à Consciência Cidadã, coordenado pela Secretaria de Articulação Institucional e Desenvolvimento da Cidadania (SAI).

Dentre as metas alcançadas, vale destacar o percentual de estradas vicinais conservadas, que superou a proposta de 47,89% e chegou a 131,88%. A taxa de participação da sociedade em eventos de controle social também bateu os 50% planejados e chegou a 300,85%.

Na ocasião, o secretário da Saug, Adjair Roque de Arruda, reforçou que o cumprimento das metas tem que estar alinhado ao bem-estar da comunidade. “Temos a missão de ajudar os jurisdicionados no que for necessário para fazer uma boa gestão. Neste ano o desafio é imenso e um dos meios para se combater os problemas é organizar a administração”.

A coordenadora do Projeto II, Clenilda Poletto, destacou a importância do engajamento dos secretários municipais no alcance de bons índices. “Espero que em 2021 tenha um apoio maior e que consigam nomear um novo coordenador. Gostaria que isso fosse visto com carinho, para que o andamento seja efetivado no final do ano”.

Água Boa

Já o município de Água Boa cumpriu com 39 das 47 metas estabelecidas pelo programa. Há que se destacar o número de pessoas que participa de práticas de esporte e lazer na cidade, que ultrapassou a meta de 1,5 mil e chegou a 4.032. Além disso, o número de empresas ativas passou de 2.288 para 2.670.

Outros resultados positivos foram constatados nas áreas da saúde, educação, infraestrutura e controle social.  Estes quesitos, na opinião do prefeito Mariano Kolankiewicz Filho, fizeram da cidade um polo para outros municípios da região do Araguaia.

Ele também reforçou a importância do acompanhamento oferecido pelo TCE-MT. “Queremos dar continuidade a este momento que a cidade vem vivendo. Manter esse trabalho é algo muito importante, por isso queremos, em parceria, desenvolver e fazer sempre algo a mais”, disse.

Neste contexto, o coordenador do Projeto 1, Guilherme Almeida, afirmou que a proposta para 2021 é ampliar o acompanhamento dos jurisdicionados. “Teremos um professor consultor acompanhando trabalho nos municípios, além do suporte permanente da Saug. Desta forma, atuamos de forma mais efetiva que no ano passado”.

Atendendo aos protocolos de biossegurança implantados pelo órgão, em decorrência da pandemia do novo coronavírus (Covid-19), neste ano, os encontros com os gestores dos 21 municípios que compõem o PDI acontecem virtualmente.

O PDI

 O PDI tem por objetivo contribuir para a melhoria dos serviços públicos, por meio de práticas que buscam introduzir na administração pública e na sociedade as culturas do planejamento, da transparência, da educação continuada, da eficiência e da inovação, todas elas essenciais para o desenvolvimento econômico e social.

Dentre os pontos avaliados estão o cumprimento das metas estabelecidas nos planejamentos estratégicos, bem como a transparência e as ações voltadas para a participação dos cidadãos.

No total, ele engloba cinco projetos, sendo eles: Projeto 1 – Apoio ao Planejamento Estratégico; Projeto 2 – Incentivo ao acesso à informação e à Consciência Cidadã; Projeto 3 – Orientação por meio de cursos presenciais e à distância; Projeto 4 – Controle Gerencial utilizando o sistema Geoobras; e Projeto 5 – Modernização Institucional.

Comentários Facebook
Propaganda

mato grosso

Suspeita pela morte de bebê enterrado em quintal de residência em Sorriso é localizada em Rondônia

Publicados

em


A mãe do bebê encontrado morto e enterrado pela Polícia Civil, no quintal de uma casa em Sorriso (420 km ao norte de Cuiabá), foi localizada e presa na manhã desta terça-feira (18.05) na cidade de Porto Velho, em Rondônia, quando tentava embarcar para o Amazonas.

De acordo com o delegado de Sorriso, José Getúlio Daniel, ela teria saído de Sorriso na sexta-feira passada e vindo até Cuiabá, quando então seguiu viagem para Rondônia. A suspeita de 22 anos foi presa em uma embarcação, por policiais civis de Porto Velho.

Uma equipe da Delegacia de Sorriso seguirá para a capital de Rondônia para realizar o recambiamento e trazê-la para Sorriso, onde será interrogada.

O corpo do bebê, do sexo masculino, foi localizado nos fundos da residência da suspeita, nesta segunda-feira (17), no bairro Benjamin Raiser.

A Delegacia da Polícia Civil foi acionada por uma vizinha da residência, por volta do meio dia, depois que um cachorro começou a desenterrar o corpo da criança. Policiais civis e uma equipe da Politec de Sorriso foram para o local, onde foram coletadas informações e material para a realização da perícia.

De acordo com o delegado, o corpo do bebê foi enterrado atrás de um vaso e apresentava braços e pernas amputados e já estava em estado avançado de decomposição avançado. Na residência não havia ninguém no momento em que a Polícia Civil chegou ao local.

Após diversas diligências, os policiais civis reuniram informações e chegaram ao paradeiro da suspeita.

O delegado representou à Justiça pela prisão da mulher, que foi deferida pela juíza Emanuelle Chiaradia Navarro, da 1ª Vara Criminal da Comarca de Sorriso.

A investigação sobre o caso está em andamento e a suspeita responderá pelos crimes de homicídio qualificado e ocultação de cadáver.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana