TECNOLOGIA

Rede social usada por apoiadores de Trump é banida de toda a internet; entenda

Publicados

em


source
Parler Trump
Divulgação

Parler não está mais disponível

Neste final de semana, o Parler foi banido pela Apple, Google e Amazon Web Services (AWS). A rede social, conhecida por permitir qualquer tipo de discurso (inclusive o de ódio) , é muito usada por apoiadores de Donald Trump , o que fez com que ela fosse expulsa pelas gigantes de tecnologia após a invasão ao Capitólio .

A primeira empresa a banir o Parler com o objetivo de reduzir discursos violentos foi o Google , que retirou a rede social da sua loja de aplicativos para Android. Depois, a Apple fez o mesmo na loja do iOS. Nesta segunda-feira (11), não é possível encontrar o Parler na Play Store ou na App Store.

Depois de Google e Apple, foi a vez da Amazon derrubar de vez o Parler. Segundo um e-mail ao qual o BuzzFeed News teve acesso, a rede social seria suspensa do AWS nesta segunda-feira pela manhã. O texto justifica que o Parler não cumpre os termos do serviço e representa “um risco muito real para a segurança pública”.

“Nas últimas semanas, relatamos 98 exemplos ao Parler de postagens que claramente encorajam e incitam a violência”, diz a notificação da Amazon à rede social. “Recentemente, vimos um aumento constante desse conteúdo violento em seu site, o que viola nossos termos. É claro que Parler não tem um processo eficaz para cumprir os termos de serviço da AWS. Não podemos fornecer serviços a um cliente que é incapaz de identificar e remover de forma eficaz o conteúdo que incentiva ou incita a violência contra outras pessoas”.

Sem o acesso ao AWS , onde estava hospedado, o Parler deixa de funcionar por completo, sem poder ser acessado por aplicativos ou navegadores. Apesar do massivo banimento, o CEO da rede social , John Matze, prometeu que a plataforma estará de volta.

“Existe a possibilidade de o Parler ficar indisponível na internet por até uma semana enquanto reconstruímos do zero. Nos preparamos para eventos como este nunca contando com a infraestrutura proprietária da Amazon e construindo produtos bare metal”, escreveu.

Em entrevista à Fox News, porém, Matze deixou claro que o problema para o Parler é ainda maior. “Todos os fornecedores, de serviços de mensagem de texto a provedores de e-mail e nossos advogados, também nos dispensaram, no mesmo dia”, declarou.

Comentários Facebook
Propaganda

TECNOLOGIA

Samsung lança TVs Neo QLED com pretos mais profundos por até R$ 90.999

Publicados

em


source

Tecnoblog

Samsung traz novos televisores para o Brasil
Divulgação/Samsung

Samsung traz novos televisores para o Brasil

A Samsung lançou nesta quinta-feira (6) sua nova linha de TVs premium com tecnologia QLED . O destaque está no Neo QLED, que combina o painel de pontos quânticos da empresa com um backlight mais preciso em Mini LED, que tende a oferecer contraste maior e pretos mais profundos que a geração anterior. As QLED comuns também receberam atualizações e virão com um novo controle remoto solar.

Samsung Neo QLED 8K e 4K têm pretos mais precisos

As TVs Neo QLED são a principal novidade da Samsung em 2021. São quatro modelos, sendo dois 8K (QN900A e QN800A) e dois quatro 4K (QN90A e QN85A). O painel continua sendo o tradicional LCD com um filtro de pontos quânticos para melhorar a precisão das cores, mas o backlight é totalmente novo: trata-se do Mini LED , que utiliza milhares (em vez de centenas) de LEDs para controlar o brilho e o contraste da imagem.

Os pixels de uma tela LCD não emitem luz própria; eles precisam de uma fonte de iluminação traseira para reproduzir imagens coloridas. Até então, as TVs LCD mais caras, como as QLEDs, dividiam a iluminação em centenas de zonas: isso permitia exibir pontos brilhantes e escuros em diferentes regiões da imagem, melhorando o contraste. O Mini LED, por utilizar LEDs bem menores, aumenta em 40 vezes a precisão desse recurso de escurecimento local.

A tendência é que as imagens das TVs Neo QLED tenham um preto mais parecido com o das TVs OLED , que são a aposta da concorrente LG . O evento de lançamento da Samsung , inclusive, foi recheado de indiretas envolvendo o burn-in, problema de retenção de imagem permanente que pode afetar telas OLED e é praticamente impossível de acontecer no LCD.

QN900A 8K traz som de 6.2.2 canais de 80 watts

A Neo QLED mais cara, a QN900A com resolução 8K, traz um recurso chamado Som em Movimento Pro: ela possui alto-falantes de 6.2.2 canais espalhados pela tela que acompanham o movimento da imagem para aumentar a imersão sonora. Você também pode conectar uma soundbar compatível da Samsung e utilizá-la em conjunto com o som integrado, para manter a imersão e sentir os graves.

Você viu?

A 8K imediatamente abaixo, a QN800A, continua com recursos como HDR10+ adaptativo (e nada de Dolby Vision ainda), taxa de atualização de 120 Hz e o One Connect, que centraliza as conexões em uma caixa externa e elimina a bagunça de cabos atrás da TV . As diferenças ficam por conta do número de zonas de iluminação e do design, que ainda tem moldura bem fina, mas não “tela infinita” como na QN900A.

Já as TVs Neo QLED 4K, QN90A e QN85A, trazem o backlight em Mini LED para uma resolução menor e um tamanho mais compacto, começando em 55 polegadas. Não há One Connect (poxa!), mas todas têm o novo controle remoto SolarCell, que substitui as velhas pilhas AAA por uma bateria recarregável por energia solar ou cabo USB-C.

E, como você poderia esperar, as primeiras TVs da Samsung com tecnologia Mini-LED serão vendidas por preços bem altos:

  • Samsung Neo QLED QN85A 4K (55 polegadas): R$ 9.999
  • Samsung Neo QLED QN85A 4K (65 polegadas): R$ 12.999
  • Samsung Neo QLED QN90A 4K (65 polegadas): R$ 14.999
  • Samsung Neo QLED QN85A 4K (85 polegadas): R$ 26.999
  • Samsung Neo QLED QN800A 8K (65 polegadas): R$ 19.999
  • Samsung Neo QLED QN800A 8K (75 polegadas): R$ 28.499
  • Samsung Neo QLED QN800A 8K (85 polegadas): R$ 56.499
  • Samsung Neo QLED QN900A 8K (85 polegadas): R$ 90.999

TVs QLED “normais” da Samsung: Q60A, Q70A e Q80A

Apesar de ter lançado as Neo QLED, a Samsung também atualizou suas TVs QLED sem backlight em Mini LED. São três modelos (Q60A, Q70A e Q80A), que prometem brilho, contraste e volume de cores superiores aos da Crystal UHD AU8000 e AU7700, reveladas no Brasil nesta quinta-feira. Especialmente na Q70A e Q80A, que têm taxa de atualização de 120 Hz, a Samsung foca no público gamer (e manda outra indireta para o OLED ao oferecer 10 anos de garantia contra burn-in).

A Q80A tem full-array local dimming (FALD) para controlar a iluminação com mais precisão e melhorar o contraste e a precisão do preto. Os alto-falantes integrados têm 2.2.2 canais e suportam o Som em Movimento, além de trabalharem em conjunto com uma soundbar compatível com o Sincronia Sonora. Ela será vendida em versões de 55 e 65 polegadas no Brasil.

Já a Q70A estará disponível em uma variedade maior de tamanhos, de 55 a 85 polegadas. A principal baixa aqui é a falta do full-array local dimming, repetindo a limitação da antecessora Q70T. Mas ela ainda traz o Motion Xcelerator Turbo+, nome bonito que a Samsung deu para o suporte a 4K em 120 Hz na porta HDMI 2.1, que pode ser interessante para gamers que querem aproveitar o potencial do PlayStation 5 , Xbox Series X ou um PC potente.

Por fim, a Q60A é a QLED mais básica. Espere algo mais próximo das TVs de entrada da Samsung , com tela de 60 Hz, alto-falantes básicos (2.0 canais e 20 watts) e HDR10+ básico, mas com adicionais como controle remoto solar, SmartThings para gerenciar os dispositivos inteligentes da casa e volume de cores maior graças aos pontos quânticos.

As novas TVs QLED da Samsung estão disponíveis a partir desta quinta-feira (6) com os seguintes preços:

  • Samsung QLED Q60A (50 polegadas): R$ 4.999
  • Samsung QLED Q60A (55 polegadas): R$ 5.999
  • Samsung QLED Q70A (55 polegadas): R$ 6.799
  • Samsung QLED Q60A (65 polegadas): R$ 7.699
  • Samsung QLED Q80A (55 polegadas): R$ 7.699
  • Samsung QLED Q70A (65 polegadas): R$ 8.499
  • Samsung QLED Q80A (65 polegadas): R$ 10.999
  • Samsung QLED Q70A (75 polegadas): R$ 11.999
  • Samsung QLED Q70A (85 polegadas): R$ 16.999

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana