BRASIL E MUNDO

Rastro de destruição: tornado na Alemanha deixa um morto e 43 feridos

Publicados

em

source
Tornado causa destruição na Alemanha
Reprodução / Euronews – 21.05.2022

Tornado causa destruição na Alemanha

Tempestades violentas que atingiram o oeste da  Alemanha nesta sexta-feira mataram pelo menos um homem e feriram outras 43 pessoas. Pelo menos 10 delas sofreram machucados graves, quando um tornado atingiu várias cidades da região, afirmaram as autoridades.

O homem de 38 anos na cidade de Wittgert, no extremo oeste, morreu de ferimentos na cabeça sofridos ao cair após sofrer um choque elétrico em um porão inundado, segundo a mídia local citou a polícia.

A polícia disse que até 43 pessoas ficaram feridas em Paderborn, uma cidade de cerca de 150.000 habitantes a meio caminho entre Frankfurt e Hamburgo. O transporte ferroviário e rodoviário foi interrompido em toda a região.

“Cerca de 40 pessoas ficaram feridas na tempestade, pelo menos 10 delas gravemente. As chapas e o isolamento foram levados a quilômetros (milhas) de distância. Inúmeros telhados estão descobertos ou danificados. Muitas árvores destruíram carros”, disse a polícia alemã.

Eles pediram aos moradores que ficassem em casa. O Serviço Meteorológico Alemão alertou que as tempestades devem continuar.

Os meteorologistas disseram que o clima extremo foi causado pelo ar quente vindo da África encontrando o ar relativamente mais frio que desce do norte da Europa.

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo.  Siga também o  perfil geral do Portal iG.


Fonte: IG Mundo

Comentários Facebook
Propaganda

BRASIL E MUNDO

Ex-ministro Andrea Matarazzo se candidata a vaga no Senado da Itália

Publicados

em

Empresário e ex-ministro Andrea Matarazzo
Matheus Valadão Lopes

Empresário e ex-ministro Andrea Matarazzo

O ex-ministro Andrea Matarazzo lançou sua candidatura ao Senado na Itália. As informações são do Estadão . O político e empresário foi embaixador do Brasil em Roma entre os anos 2001 e 2002 e agora visa tornar-se representante da América do Sul no Senado italiano.

Segundo a reportagem, a eleição para a vaga foi antecipada após Mario Draghi renunciar ao cargo de primeiro-ministro. Após a decisão, o presidente italiano, Sergio Mattarella, dissolveu o Parlamento e antecipou o pleito para o dia 25 de setembro. 

A comunidade italiana no Brasil, no entanto, poderá votar em um representante pelo correio a partir do dia 21 de agosto. 

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo.  Siga também o  perfil geral do Portal iG.

Fonte: IG Mundo

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

TECNOLOGIA

MATO GROSSO

Política Nacional

Mais Lidas da Semana