POLÍCIA

Rapaz que desapareceu em Mato Grosso é localizado no interior de São Paulo

Publicados

em

Por Raquel Teixeira

A equipe do Núcleo de Pessoas Desaparecidas (NPD)da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa de Cuiabá localizou nesta quinta-feira (15) Leandro Gouveia Prates, 37 anos. Ele está na cidade de Avaré, interior de São Paulo, e foi levado até à delegacia da cidade para prestar informações, após a Polícia Civil de Mato Grosso comunicar a unidade paulista.

Conforme informações repassadas pela família, ele saiu de Nova Olímpia, no interior de Mato Grosso e disse que viria até Cuiabá realizar uma entrevista de trabalho em uma empresa de telecomunicações. Familiares não tiveram mais contato com Leandro desde que ele pegou um ônibus na rodoviária de Nova Olímpia, no dia 06 de abril.  A família então procurou a Polícia Civil e registrou um boletim pelo desaparecimento do rapaz, que não fez mais contato e estava com o celular desligado.

Com informações passadas pela família, a equipe do NPD rastreou dados que indicavam que o rapaz teria ido para o estado de São Paulo. Uma irmã de Leandro acessou uma rede social dele e conseguiu o histórico de localização, que foi informado à Polícia Civil.

De acordo com o investigador Rafael Mello, a equipe do núcleo checou os itinerários de ônibus que Leandro poderia ter feito e dificuldade foi maior para localizá-lo porque o rapaz tomou diversas conexões de linhas de ônibus até chegar ao destino final, onde estaria uma namorada que ele conheceu pela internet.

Conforme a apuração do NPD, Leandro recebeu uma proposta de trabalho em uma fazenda de cultivo de tomates, no município de Avaré, e não avisou os familiares para que não ficassem preocupados.

Com os dados do desaparecimento e fotos dele divulgadas nas redes sociais e pela imprensa, funcionários da fazenda onde ele já estava trabalhando tomaram conhecimento da busca por Leandro e o levaram até a delegacia de Avaré. Os policiais civis da cidade paulista então comunicaram a equipe do Núcleo de Pessoas Desaparecidas.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Propaganda

POLÍCIA

Depois de diversas tentativas de se esconder, foragido de MT por homicídio bárbaro é localizado no litoral catarinense

Publicados

em


Assessoria/Polícia Civil-MT 

A trajetória de fugas de um foragido da Justiça, que cometeu um bárbaro homicídio no interior de Mato Grosso, chegou ao fim com a captura do criminoso nesta segunda-feira (10), na cidade de Balneário Camboriú, no litoral catarinense. A prisão ocorreu depois de informações repassadas pela Gerência de Polinter e Capturas de Mato Grosso à Polícia Civil de Santa Catarina, que levaram à prisão do homem de 30 anos. 

A Polinter recebeu no início deste ano uma solicitação de apoio da Delegacia Especializada de Defesa da Mulher de Cáceres para localizar o atual paradeiro do fugitivo, que foi identificado como autor de brutal homicídio ocorrido o em 11 de fevereiro de 2011, que vitimou Benedita de Paula Nunes, de 27 anos. A vítima foi cruelmente espancada e torturada até a morte e encontrada em sua residência totalmente despida e com várias lesões no corpo. O crime chocou moradores da cidade diante da gravidade e da forma cruel como a vítima foi morta.

Com o avanço das investigações realizadas pela DEDM de Cáceres e com a autoria do crime definida, após representação criminal da autoridade policial, o Poder Judiciário decretou em outubro de 2019 a prisão preventiva do investigado. Desde então, o autor do crime passou a ser considerado foragido da justiça.

Por diversas vezes, a Polícia Civil tentou capturá-lo, mas sem sucesso, pois ele se refugiava na Bolívia, de onde  retornou poucas vezes ao Brasil.

Em fevereiro deste ano, a Polinter chegou a enviar uma equipe a Cáceres, mas as buscas pelo foragido não tiveram êxito. Uma última tentativa foi realizada para localizá-lo em Goiânia, contudo, com os dados obtidos no decorrer das investigações, a equipe da Polinter conseguiu apurar o possível paradeiro do foragido, cujas informações levavam à região Sul do Brasil.

Em um trabalho em conjunto com a equipe do delegado Vicente Soares, da Divisão de Investigação Criminal de Balneário Camboriú, os policiais civis do município catarinense checaram prováveis locais onde ele poderia esta e com apoio da Polícia Militar local conseguiram realizar a prisão nesta segunda-feira.

As buscas pelo foragido contaram também com o auxílio da Delegacia Regional de Cáceres.

O mandado de prisão preventiva foi expedido pela 1ª Vara Criminal da Comarca de Cáceres, para onde o foragido deverá ser recambiado.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana