economia

R$ 312 mil: motorista desabrigado pede gorjeta em vídeo no TikTok e ganha bolada

Publicados

em


source
Riley Elliot está no TikTok com a conta @livefreestudios
Reprodução / TikTok

Riley Elliot está no TikTok com a conta @livefreestudios


O motorista de aplicativo Riley Elliot fez um vídeo de desabafo em seu TikTok para relatar um caso difícil que passou. O estadunidense conta que precisou gastar U$ 3, cerca de R$ 17, para usar um estacionamento já que o cliente que pediu uma entrega se recusou a ir até onde ele estava para retirar a comida.

O valor gasto para estacionar foi muito maior do que a taxa de entrega que ele recebeu. Elliot ainda fez um apelo para que os clientes deem gorjetas aos entregadores , que estão desde o início da pandemia arriscando suas vidas para garantir que a economia dos países não pare.

Assista:


O vídeo foi publicado em tal dia. Até a publicação desta matéria, já foi visto por 2,5 milhões de pessoas pelo mundo e tem 401 milhões de curtidas. 

A comunidade TikToker acessou a conta do PayPal do motorista, que está em sua bio, e depositaram , no total US$ 55 mil (cerca de R$ 312 mil). As doações foram usadas para pagar contas do motorista e ajudar conhecidos que também estavam passando algum tipo de necessidade.

Comentários Facebook
Propaganda

economia

Senado estuda PL que propõe desconto no IR para quem faz doações a asilos

Publicados

em


source
Projeto ainda deve ser apreciado por comissões no Senado antes de ser levado ao plenário
undefined

Projeto ainda deve ser apreciado por comissões no Senado antes de ser levado ao plenário

O senador Lasier Martins (Podemos-RS) apresentou ao Senado um projeto de lei, o PL 1.857/2021, que concede deduções no Imposto de Renda da Pessoa Física (IRPF) a quem realizar pagamentos a Instituições de Longa Permanência para Idosos (ILPIs).

Lasier argumenta que hoje a legislação sobre o Imposto de Renda não contempla “os cuidados diários de saúde exigidos por idoso dependente, hipossuficiente nas atividades da vida diária, tais como alimentação (inclusive ingestão de medicamentos), mobilidade e higiene”.

“Todos esses cuidados diários de saúde são prestados pelas Instituições de Longa Permanência para Idosos [ILPIs]. É importante que pagamentos a essas instituições sejam dedutíveis da base de cálculo do IRPF”, defende ele.

O senador destaca que sua iniciativa foi inspirada na Carta de Porto Alegre, divulgada em abril durante o I Fórum Nacional das ILPIs privadas.

Lasier observa que, segundo estimativa da Consultoria de Orçamentos, Fiscalização e Controle do Senado, a aprovação de seu projeto de lei levaria a uma redução de receita (devido à renúncia fiscal) de R$ 1,32 bilhão em 2022; R$ 1,37 bilhão em 2023; e R$ 1,41 bilhão em 2024.

Por outro lado, ele afirma que a aprovação de sua proposta levará ao crescimento no recolhimento de impostos pagos pelas ILPIs, a partir da regularização de informações sobre a receita dessas instituições.

Ainda não há data prevista para a apreciação dessa matéria.

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana