ENTRETENIMENTO

Quadrinista Tom Gauld lança seu primeiro livro infantil

Publicados

em

source
Tom Gauld é autor de obra eleita como melhor livro ilustrado de 2021
Reprodução

Tom Gauld é autor de obra eleita como melhor livro ilustrado de 2021

Tom Gauld ganhou espaço nos jornais The Guardian e The New York Times e na revista New Scientist falando justamente sobre “universo literário”. Suas tirinhas trazem um humor sarcástico, onde aborda os clichês da área com uma mistura de ficção cientifica aliada a alta e a baixa literatura, que o tornaram de certa forma único. 

Autor de duas publicações em estilo graphic novel, Goliath (de 2012) e Mooncop (2016), Tom lança agora seu primeiro livro de quadrinhos infantil: O robozinho de madeira e a princesa-lenha (VR Editora) que traz um enredo inspirado nas próprias histórias que o autor cria para as filhas na hora de dormir. 

Por não poderem ter filhos, o rei e a rainha pedem para que uma bruxa dê vida a um robozinho de madeira e uma princesa de lenha. A princesa volta a ser um simples pedaço de pau todas as noites quando adormece e é despertada no dia seguinte pelo irmão com palavras mágicas.

O clímax da história acontece no momento em que o robozinho esquece de acordar a irmã e ela é jogada fora. Para encontrar o pedaço de lenha e transformá-la novamente em princesa, ele vai cruzar mares rumo ao norte congelado e enfrentar todo tipo de aventura.

A obra foi considerada o melhor livro ilustrado do ano segundo o The New York Times, e melhor livro infantil do ano por Washington Post, Wall Street Journal e Revista People. A produção é indicada para crianças a partir de 4 anos.  

Como em um verdadeiro conto de fadas infantil, tudo termina bem em O robozinho de madeira e a princesa-lenha. Tom repassa gentilmente aos pequenos leitores noções de união, solidariedade e compaixão por meio da narrativa, além de inspirar sonhos tão encantados quanto o robozinho e a princesa-lenha.   

Para pautas e sugestões:  [email protected]

Fonte: IG GENTE

Comentários Facebook
Propaganda

ENTRETENIMENTO

Famosos prestam homenagens para Jô Soares, nas redes sociais

Publicados

em

Por  ISTOÉ

A madrugada desta sexta-feira (5) foi de luto no mundo do entretenimento.

 O humorista, apresentador e escritor Jô Soares morreu aos 84 anos de idade, na cidade de São Paulo, onde estava internado.

Leia também

A causa da morte ainda não foi divulgada. Nas redes sociais, personalidades lamentaram a perda do colega.

 Em seu perfil no Instagram, a apresentadora Adriane Galisteu se despediu do amigo e vizinho com um emocionado texto.

Meu amado amigo, diretor, conselheiro, vizinho, que tristeza. Você sempre foi cercado de amor e sempre será assim! Vou seguir te aplaudindo e, através de suas obras, aprendendo com você. Obrigada por tantas risadas, tantas conversas, por todos os ensinamentos. Te amo eternamente”, escreveu Galisteu.

 A atriz Bárbara Paz também prestou sua homenagem com um breve texto. “Obrigada por tudo, Jô! Teus ensinamentos e tua risada ficam. Um homem inteligentíssimo, engraçado, humano. Vai fazer muita falta!”, disse.

 A cantora Zélia Duncan foi outra que escreveu sobre Jô Soares nas redes sociais: “O Brasil perdeu hoje um artista único, um comediante que amava seu ofício acima de tudo, um ator fora de série.

 Um entrevistador brilhante. Um cidadão que amava seu país e seus amigos. Jô Soares, obrigada por tanto!”.Veja algumas reações de famosos após a morte de Jô Soares:

 

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

TECNOLOGIA

MATO GROSSO

Política Nacional

Mais Lidas da Semana