municipios

Projetos de ressocialização têm artesanato sacro e costura

Publicados

em


Sejudh-MT

Artesanato de Nortelândia - Ressocialização.jpg

 Artesanato de Nortelândia (MT)

O artesanato produzido por reeducandas da unidade prisional feminina de Nortelândia encantou o público que visitou o estande do Sistema Penitenciário durante a Caravana da Transformação em Tangará da Serra. 

 

Peças de arte sacra e decorativas e as telas em acrílico são os principais produtos confeccionados por um grupo de reeducandas que aprendeu o ofício com a artesã e agente penitenciária, Cleusa Fardin. Ela conseguiu comercializar 12 telhas decorativas, entre as pessoas que visitaram a exposição, além das imagens sacras. A renda com a venda é revertida na compra de mais materiais e uma parte vai para as reeducandas. Cleusa sempre procura expor os trabalhos em espaços públicos, feiras e exposições, como forma de divulgar a atividade e ajudar na ressocialização das reeducandas. 

Sejudh-MT

Artesanato de Nortelândia - Ressocialização

Artesanato de Nortelândia – Ressocialização

A diretora da unidade, Adriana Quinteiro, destaca que o projeto de artesanato é um dos mais bem-sucedidos entre as mulheres custodiadas. “Muitas entraram no projeto sem saber nada e hoje pintam peças com muita habilidade. É uma atividade para elas dentro da unidade e também de profissionalização, pois quando saírem poderão ter uma renda”.

Sejudh-MT

Cadeia Feminina de Nortelândia 1.jpeg

 Dedicação ao artesanato pelas reeducandas em Nortelândia (MT)

Além do artesanato, as reeducandas também trabalham com corte e costura. Em setembro deste ano, um grupo de dez delas concluiu o curso de qualificação de costura em malha ofertado pelo Instituto Mato-Grossense do Algodão (IMAmt), em parceria com a Prefeitura de Nortelândia e a Secretaria de Justiça e Direitos Humanos, por meio da unidade prisional. O instituto forneceu as máquinas industriais, materiais necessários, como tecidos e linhas, e também instrutores capacitados.

 

 

De acordo com a diretora da unidade, os critérios de seleção das recuperandas para participarem do curso foram o bom comportamento e o desejo de novas perspectivas de vida. Finalizada a capacitação, elas começaram a confeccionar os uniformes para a cadeia de Barra do Bugres. 

Sejudh-MT

Projeto Japuíra forma reeducandas de Nortelândia em corte e costura em malha 11.jpeg

 Oficina de costura onde as reeducandas selecionadas trabalham

Comentários Facebook
Propaganda

Cuiabá

Pinheiro lamenta falecimento de ex-prefeito de Cuiabá

Publicados

em


É com pesar que o prefeito Emanuel Pinheiro recebe a notícia de falecimento do ex-prefeito de Cuiabá, Gustavo Arruda, na noite desta quinta-feira (05), em decorrência da COVID-19. Arruda estava internado há nove dias.

“Com tristeza recebo a notícia de que a COVID-19 levou mais um grande homem, gestor público comprometido com o povo. Que Deus conforte a família e amigos de Gustavo Arruda”, disse o prefeito Emanuel Pinheiro.

Gustavo Arruda foi o 29° prefeito de Cuiabá. Candidato pelo PDS, cumpriu seu mandato de 1979 a 1983. Arquiteto, foi nomeado prefeito durante o regime militar e foi o último gestor a dividir o Palácio Alencastro com a sede do Governo de Mato Grosso. 

De acordo com a família, o ex-prefeito havia tomado a primeira dose da vacina contra a COVID-19 há 30 dias. Ele foi internado no dia 27 de julho e faleceu nesta quinta-feira (05), aos 81 anos. 

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana