mato grosso

Projeto PICs contribuiu para minimizar impactos da Covid-19 entre profissionais da saúde

Publicados

em


O Projeto em Práticas Integrativas e Complementares em Saúde (PICs), da Secretaria Estadual de Saúde, contribuiu, durante o ano de 2020, no autocuidado e promoção da estabilidade emocional de cerca de 600 profissionais da saúde do órgão estadual que estavam na linha de frente na luta contra a Covid-19.

O projeto foi idealizado pela Coordenadoria de Promoção e Humanização da Saúde na SES e Escola de Saúde Pública de Mato Grosso.  São parceiros da iniciativa a Faculdade de Enfermagem da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), o Instituto do Saber Ativo (ISA) e terapeutas voluntários.

Com objetivo de manter os profissionais saudáveis em sua vida pessoal e sócio- familiar, a SES ofertou atividades terapêuticas, como terapia Comunitária Integrativa; Yoga, Florais de Bach e Reiki à distância.  Todos os atendimentos foram realizados na modalidade online. Em novembro, teve início o curso de Plantas Medicinais disponibilizado em parceria voluntária como Instituto ISA. A responsável técnica pelas PICS, Else Salies, lembra que o acesso na plataforma do Youtube alcançou mais de 2.000 visualizações.

De acordo com a coordenadora de Promoção e Humanização da Saúde, Rosiene Rosa Pires, além de atender trabalhadores da saúde que atuam em unidades hospitalares da capital, o PICs alcançou também os profissionais de mais de 20 municípios, com diferentes formações, tais como enfermeiros, administradores, nutricionistas, médicos, entre outras categorias.

“Desde 2019, quando a área técnica de Praticas Integrativa e Complementar em Saúde, passou a integrar a Coordenadoria de Promoção e Humanização da Saúde na Superintendência de Atenção à Saúde da SES, nosso foco foi efetivar a sua implementação no Estado de Mato Grosso, na perspectiva da prevenção de agravos, recuperação da saúde, com ênfase principalmente na Promoção da Saúde, voltada para o cuidado continuado de forma integral e interdisciplinar”, destaca Rosiene.

Segundo uma das enfermeiras e terapeutas voluntária no projeto, Vanessa Ferraz Leite, verificou-se que na prática da Yoga online, os servidores atendidos destacavam sentimento de angústia, desesperança, aperto no peito, tristeza profunda, medo, ansiedade, entre outras sensações. Após a aplicação do yoga os profissionais atendidos no projeto verbalizaram as principais melhoras: sensação relaxamento, calma, alongamento; Sentimento de atenção, despertar, gratidão.

Para o enfermeiro voluntário Jonatan Costa Gomes, participar desta história contribui para formação política e social de sua profissão.

“O projeto deve servir de inspiração para ações futuras, que se expanda não só para área da saúde, como para todas as áreas que possuem colaboradores atuantes no serviço e cuidado humano”, diz o profissional.

Conforme a coordenação do projeto, a secretaria trabalha para continuidade do serviço em 2021.  

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Propaganda

mato grosso

Mato Grosso registra 342.243 casos e 9.031 óbitos por Covid-19

Publicados

em

A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) notificou, até a tarde deste sábado (17.04), 342.243 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, sendo registrados 9.031 óbitos em decorrência do coronavírus no Estado.

Foram notificadas 1.169 novas confirmações de casos de coronavírus no Estado. Dos  342.243 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, 11.631 estão em isolamento domiciliar e 319.484 estão recuperados.

Entre casos confirmados, suspeitos e descartados para a Covid-19, há 513 internações em UTIs públicas e 475 em enfermarias públicas. Isto é, a taxa de ocupação está em 96,61% para UTIs adulto e em 59% para enfermarias adulto.

Dentre os dez municípios com maior número de casos de Covid-19 estão: Cuiabá (72.681), Rondonópolis (25.516), Várzea Grande (22.409), Sinop (17.959), Sorriso (12.304), Tangará da Serra (11.393), Lucas do Rio Verde (11.005), Primavera do Leste (9.771), Cáceres (7.351) e Alta Floresta (6.498).

A lista detalhada com todas as cidades que já registraram casos da Covid-19 em Mato Grosso pode ser acessada por meio do Painel Interativo da Covid-19, disponível neste link. 

O documento ainda aponta que um total de 303.006 amostras já foram avaliadas pelo Laboratório Central do Estado (Lacen-MT) e que, atualmente, restam 1.273 amostras em análise laboratorial.

Cenário nacional

Na sexta-feira (16), o Governo Federal confirmou o total de 13.832.455 casos da Covid-19 no Brasil e 368.749 óbitos oriundos da doença. No levantamento do dia anterior, o país contabilizava 13.746.681 casos da Covid-19 no Brasil e 365.444 óbitos confirmados de pessoas infectadas pelo coronavírus.

Até o fechamento deste material, o Ministério da Saúde não divulgou os dados atualizados deste sábado (17).

Recomendações

Já existem vacinas para prevenir a infecção pelo novo coronavírus, mas ainda é importante adotar algumas medidas de distanciamento e biossegurança. Os sites da SES e do Ministério da Saúde dispõem de informações oficiais acerca da Covid-19. A orientação é de que não sejam divulgadas informações inverídicas, pois as notícias falsas causam pânico e atrapalham a condução dos trabalhos pelos serviços de saúde.

O Ministério da Saúde orienta os cuidados básicos para reduzir o risco geral de contrair ou transmitir infecções respiratórias agudas, incluindo o novo vírus. Entre as medidas estão:

– Lavar as mãos frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos. Se não houver água e sabão, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool;

– Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas;

– Evitar contato próximo com pessoas doentes;

– Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo;

– Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana