mato grosso

Projeto do gasoduto no Distrito Industrial de Cuiabá será iniciado em fevereiro

Publicados

em


O Governo do Estado publicou no Diário Oficial desta quinta-feira (11.02) a homologação da empresa que fará o projeto executivo da rede de distribuição de gás natural no Distrito Industrial de Cuiabá. A empresa Lima & Torres Engenharia e Consultoria Ltda deverá iniciar o serviço ainda em fevereiro.

 “Este é um sonho de 15 anos que está saindo do papel e irá beneficiar mais de 70 empresas do Distrito Industrial. As empresas se instalaram naquele local com a promessa de ter o gás natural e hoje, finalmente, conseguimos dar prosseguimento a este projeto. É um marco para a MT Gás”, afirma César Miranda, secretário de Estado de Desenvolvimento Econômico.

O presidente da MT Gás, Rafael Reis, acrescenta que os empresários da região esperam por gás tubulado, com preço acessível, volume de entrega e segurança jurídica. O projeto também trará autossuficiência financeira para a companhia estadual.

“Além de atender as empresas do Distrito Industrial, é uma nova fase para a MT Gás, pois gera volume de venda, consistência, estabilidade de mercado. O principal objetivo da companhia é a distribuição de gás canalizado e isto será realizado agora”, afirma.

Para a presidente da Associação das Empresas do Distrito Industrial de Cuiabá (Aedic), Margareth Buzzetti, “é superimportante mais uma matriz energética para as empresas do distrito industrial incentivando a implantação de novos empreendimentos”.

 O MT PAR, em parceria com a MT Gás, é responsável pela licitação e pelo acompanhamento e fiscalização da execução do projeto.

“O papel do MT PAR é esse, fazer parcerias e otimizar os investimentos públicos. Esse é um passo importante para o desenvolvimento de Mato Grosso, cuja a participação do MT PAR foi decisiva para o andamento do projeto”, disse o presidente do MT PAR, Wener Santos.

 Os trabalhos serão coordenados pelo Núcleo de Projetos do MT PAR, com apoio técnico da MT GÁS.

 De acordo com o Coordenador da Divisão de Orçamento, Convênios, Aquisições e Contratos da MT PAR, Jonatan Setúbal,  esta é a primeira licitação feita pelo Governo do Estado no novo modelo de contratação das empresas estatais instituído pela Lei 13.303/2016.

 “A Lei inovou trazendo às estatais institutos e técnicas jurídicas antes inacessíveis à Administração Pública, todos orientados à excelência da gestão”, finaliza Setúbal.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Propaganda

mato grosso

Governo de MT e município de Guarantã do Norte disponibilizam 10 leitos de UTI Covid-19

Publicados

em


O Governo de Mato Grosso, em parceria com o município de Guarantã do Norte, disponibilizou 10 novos leitos de UTI Covid-19 no Hospital Municipal Nossa Senhora do Rosário, localizado na cidade.

As 10 novas vagas se somam aos mais de 600 leitos de Terapia Intensiva do Sistema Único de Saúde (SUS), que estão em funcionamento em Mato Grosso e registram 77% de ocupação.

Além desses 10 leitos, o Governo de Mato Grosso anunciou, em março deste ano, a ampliação de outros 160 leitos de Terapia Intensiva em 14 municípios do estado. A ação custa cerca de R$ 9 milhões por mês à gestão estadual e contempla hospitais estaduais e municipais. 

Somente entre os meses de março e maio, foram abertas cerca de 104 novas vagas de UTI. A gestão da Secretaria Estadual de Saúde (SES-MT) informa que as ampliações consideram as propostas encaminhadas oficialmente pelas Prefeituras ao Governo do Estado.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana