cultura

Programação online proporciona cultura e entretenimento durante a pandemia; confira

Publicado

De 20 a 26 de julho, o Cine Teatro Cuiabá entrega mais uma programação para garantir cultura e entretenimento durante a quarentena. As transmissões online, que começaram desde que o equipamento cultural precisou suspender as atividades ao público devido à pandemia, prosseguem nesta semana com diversas atrações.

Segunda-feira (20.07): Cine Teatro Cuiabá Convida

O programa de entrevista comandado pela jornalista Helô Godoi conversa com a artesã, artista popular e incentivadora da cultura tradicional ribeirinha, Domingas Leonor da Silva. A artista falará sobre o modo de vida ribeirinho, segredos da arte da cerâmica, da culinária regional e a preservação dos costumes e comportamentos tradicionais cuiabanos.

Terça-feira (21.07): Temporada de Filmes

Poesia, experiência de parto, obras artísticas e registros fotográficos históricos são desvelados nos curtas de Aliana Camargo e Cristiano Costa selecionados para o festival de filmes da semana. Cada filme tem duração de três a 15 minutos.

O documentário ‘Cuiabá sob o olhar de Lázaro Papazian’ traz o espaço urbano de Cuiabá a partir de 1926 por meio dos registros históricos do fotógrafo e cinegrafista armênio. Em ‘Catadoras de Sementes’, os cineastas constroem uma relação poética entre as obras do artista visual Ronei Ferraz com o cotidiano de mulheres trabalhadoras do aterro sanitário de Várzea Grande.  A poesia de Cora Coralina ecoada na voz da artista visual e produtora cultural Magna Domingos acompanha imagens da região do Araguaia no curta metragem ‘Saber Viver’. ‘Crochê de Barro’ e ‘Meu parto, Meu Renascimento’ completam os títulos da Temporada de Filmes.

Quarta-feira (22.07): Jeff Rosa – Da cabeça ao pé, sertanejo até na alma 

O artista Jeff Rosa apresenta uma seleção de canções sertanejas escolhidas por internautas em suas redes sociais. A alma do homem sertanejo, seus sonhos, sua fé e seu modo festivo de viver são celebrados em covers de músicas, como Romaria de Renato Teixeira, Disparada de Jair Rodrigues, Majestade Sabiá de Roberta Miranda e Na hora do adeus de Matogrosso e Mathias.

Quinta-feira (23.01): Grupo Flor de Atalaia – homenagem aos 300 anos de Cuiabá

Espetáculo “Cuiabá: Cidade do Sol, Morada do Ouro e da Fé”, realizado no 13º Festival de Siriri em 2019.  Homenageando aos 300 anos de Cuiabá, o grupo Flor de Atalaia busca resgatar a história por meio da dança do siriri, exaltando a identidade e fé dos cuiabanos.

Sexta-feira (24.01): Quadrilha – Grupo Cultural Folclórico Matutada

“Do Nordeste ao Centro-oeste, com todo seu esplendor, a cultura popular, tem o seu valor” é o espetáculo apresentado na coreografia de festa junina em um roteiro que integra tradições de Mato Grosso, como o siriri e o cururu, a danças típicas do nordeste brasileiro, como o xote, xaxado e baião.

Sábado (25.01): Concerto com Orquestra Sinfônica da UFMT e Camerata do Instituto Fernando Pereira 

Com regência do maestro Fabrício Carvalho, o concerto foi criado durante a temporada cultural e artística da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT). O espetáculo exibe peças do artista Murilo Santos e conta com a participação especial dos violinistas Fernando Pereira e Lindi Mariane.

Domingo (26.01): “Torta na Cara – Todos contra Totó”

Para fechar a agenda semanal, a banda infanto-juvenil Caixa de Brinquedos traz ainda mais diversão à garotada com a participação do personagem Totó Bodega.

Serviço

A programação ocorre sempre às 19h30 nas plataformas digitais do equipamento cultural da Secretaria de Estado de Cultura, Esporte e Lazer (Secel).

A entrevista ao vivo na segunda-feira é transmitida pelo instagram @cineteatrocba e a Temporada de Filmes pelo [email protected] Já as atrações de quarta a domingo são transmitidas pelo canal de YouTube Cine Teatro Cuiabá.

Para artistas interessados em participar da programação, o contato é (65) 99946.1268.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
publicidade

cultura

Museu de Arte Sacra oferece visitações presenciais e tour virtual 360º

Publicado

Além de ter reaberto as portas para atividades presenciais, o Museu de Arte Sacra de Mato Grosso (MASMT) inaugurou recentemente a visitação online por meio do tour virtual 360º.  Sem sair de casa, o visitante pode conhecer, com ou sem mediação, o acervo do equipamento cultural da Secretaria de Estado de Cultura, Esporte e Lazer (Secel).

Com suporte para navegação em 360 º, a plataforma de visitação está disponível em www.tourvirtual360.com.br/masmt.

No passeio sem mediação, o visitante fica livre para percorrer o tour da forma que quiser. Já na visita com mediação, a condução é possível quando houver a opção “videoconferência disponível ao vivo” no topo da tela no momento do acesso ao tour. O ícone indica que um mediador do museu está disponível para guiar o passeio online ao vivo.

A visita guiada online também pode ser feita por escolas e grupos. Nesse caso, deve-se solicitar antecipadamente o agendamento. O formulário para solicitação pode ser acessado AQUI. O grupo deve ter no mínimo 15 pessoas e no máximo 80 por período.

Reunindo peças sacras do período setecentista remanescentes da antiga Catedral do Bom Jesus de Cuiabá, da Igreja de Nossa Senhora do Rosário e São Benedito, Nossa Senhora dos Passos e acervo pessoal do bispo Dom Francisco de Aquino Corrêa, o museu está localizado na Praça do Seminário, região central de Cuiabá.

Durante o período de portas fechadas devido à pandemia do coronavírus, a gestão do equipamento usou a internet para levar opções de arte, cultura e história à sociedade. Com o projeto MASMT em Casa, lives com convidados especialistas e conteúdos informativos garantiram uma programação online semanal que manteve o museu ativo.

Na retomada do atendimento presencial são seguidos todos os protocolos sanitários para evitar a transmissão da Covid-19. O acesso é realizado somente com o uso de máscaras, álcool para higienização das mãos e tapete higienizador foram disponibilizados logo na entrada e o limite de público corresponde a 50% da capacidade máxima do espaço.

Diretora e curadora do MASMT, Viviene Lozzi

“O mundo mudou e a maneira de nos conectarmos também. Neste ano de 2020, a equipe do Museu trabalhou para manter a conexão com o público, adaptando a programação à realidade e possibilitando o acesso em 360º. Continuamos promovendo o acesso à arte e, agora, de portas abertas com toda a segurança aos visitantes e aos colaboradores”, celebra a diretora e curadora do MASMT, Viviene Lozzi.

O Museu de Arte Sacra de Mato Grosso funciona de quarta a domingo, das 9h às 17h. Aos domingos a entrada é gratuita para todos.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Agronegocio

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana