cultura

Programação do Museu de Arte Sacra traz lives de música instrumental

Publicado

A programação online do Museu de Arte Sacra de Mato Grosso traz novidades nesta semana. Unindo repertórios popular e clássico, a série de lives do equipamento cultural da Secretaria de Estado de Cultura, Esporte e Lazer (Secel) será de música instrumental.

Para propiciar momentos de leveza e encantamento ao público durante a quarentena, quatro convidados apresentam toda a expressividade de composições tocadas em instrumentos musicais, como o violoncelo, violino e clarinete.

Na quinta-feira (16.07), a violoncelista Bárbara Sol dá mostras de habilidade no repertório que abordará clássicos de Bach, Dvorak, Villa-Lobos, Elvis Presley e muito mais. Bárbara iniciou seus estudos no Instituto Ciranda em 2012, e desde então, tem aprimorado sua técnica instrumental em Festivais de música e masterclasses pelo Brasil. Aluna do curso de licenciatura em Música na Universidade Federal do Mato Grosso (UFMT) e instrumentista das principais orquestras e grupos camerísticos  do estado, a artista procura sempre integrar o violoncelo a diversos estilos musicais.

Na sexta-feira (17.07), os músicos Oliver Yatsugafu e Jhonni Campos presenteiam o público com o especial CuiaBach. Formado pela Escola de Música e Belas Artes do Paraná, Oliver é também doutor em Artes Musicais pela Universidade da Geórgia. Jhonni é graduando em música, habilitação em violino pela UFMT. No repertório que homenageia o compositor alemão Johann Sebastian Bach, os instrumentistas apresentam canções como Concerto para Dois Violinos em Ré Menor e Jesus – Alegria dos Homens.

E no sábado (18.07), será a vez do clarinetista e claronista Bruno Avoglia conduzir a live com músicas de Hermeto Pascal, K-Ximbinho, Francisco Mignone, dentre outros. integrante do quinteto Viajando pelo Brasil, Bruno é ainda arrajandor, compositor, diretor musical, solista e professor. Suas obras e arranjos foram mencionados em premiações como o II concurso de composição da Orquestra de Câmara da ECA-USP e na  24º Programa Nascente da USP. O artista é mestre em música pela Universidade de São Paulo (USP) e já participou de diversos festivais nacionais e internacionais.

Além das transmissões ao vivo, o projeto “MASMT em Casa” divulga o quadro ‘Você Sabia?’, com vídeos de curiosidades sobre patrimônios que contam um pouco da cultura e história mato-grossenses.  Nesta quarta-feira (15.07), o tema do vídeo é a imagem de São Miguel Arcanjo que faz parte do acervo do museu.

A programação semanal é encerrada no domingo com a ação ‘Contos da Minha Cidade’, em que as pessoas são incentivadas a postar fotos e vídeos que falem sobre a história, pontos turísticos ou causos de seu município. Para enviar o vídeo, o participante pode entrar em contato pelo e-mail [email protected]

Todo o programa online é transmitido pelo perfil do Museu de Arte Sacra na rede social Instagram (@museudeartesacramt), sempre às 19h.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
publicidade

cultura

Museu de Arte Sacra oferece visitações presenciais e tour virtual 360º

Publicado

Além de ter reaberto as portas para atividades presenciais, o Museu de Arte Sacra de Mato Grosso (MASMT) inaugurou recentemente a visitação online por meio do tour virtual 360º.  Sem sair de casa, o visitante pode conhecer, com ou sem mediação, o acervo do equipamento cultural da Secretaria de Estado de Cultura, Esporte e Lazer (Secel).

Com suporte para navegação em 360 º, a plataforma de visitação está disponível em www.tourvirtual360.com.br/masmt.

No passeio sem mediação, o visitante fica livre para percorrer o tour da forma que quiser. Já na visita com mediação, a condução é possível quando houver a opção “videoconferência disponível ao vivo” no topo da tela no momento do acesso ao tour. O ícone indica que um mediador do museu está disponível para guiar o passeio online ao vivo.

A visita guiada online também pode ser feita por escolas e grupos. Nesse caso, deve-se solicitar antecipadamente o agendamento. O formulário para solicitação pode ser acessado AQUI. O grupo deve ter no mínimo 15 pessoas e no máximo 80 por período.

Reunindo peças sacras do período setecentista remanescentes da antiga Catedral do Bom Jesus de Cuiabá, da Igreja de Nossa Senhora do Rosário e São Benedito, Nossa Senhora dos Passos e acervo pessoal do bispo Dom Francisco de Aquino Corrêa, o museu está localizado na Praça do Seminário, região central de Cuiabá.

Durante o período de portas fechadas devido à pandemia do coronavírus, a gestão do equipamento usou a internet para levar opções de arte, cultura e história à sociedade. Com o projeto MASMT em Casa, lives com convidados especialistas e conteúdos informativos garantiram uma programação online semanal que manteve o museu ativo.

Na retomada do atendimento presencial são seguidos todos os protocolos sanitários para evitar a transmissão da Covid-19. O acesso é realizado somente com o uso de máscaras, álcool para higienização das mãos e tapete higienizador foram disponibilizados logo na entrada e o limite de público corresponde a 50% da capacidade máxima do espaço.

Diretora e curadora do MASMT, Viviene Lozzi

“O mundo mudou e a maneira de nos conectarmos também. Neste ano de 2020, a equipe do Museu trabalhou para manter a conexão com o público, adaptando a programação à realidade e possibilitando o acesso em 360º. Continuamos promovendo o acesso à arte e, agora, de portas abertas com toda a segurança aos visitantes e aos colaboradores”, celebra a diretora e curadora do MASMT, Viviene Lozzi.

O Museu de Arte Sacra de Mato Grosso funciona de quarta a domingo, das 9h às 17h. Aos domingos a entrada é gratuita para todos.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Agronegocio

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana