agora quando

Profissionais da saúde: Cuiabá conta com vocês!

Publicados

em


Reprodução

Luiz Antonio Possas de Carvalho

Luiz Pôssas de Carvalho

Caros servidores da saúde,

 

Estamos vivendo um momento sem precedentes nesta geração. O COVID-19, doença causada pelo novo coronavírus, infelizmente é uma realidade que temos visto se espalhando pelo mundo inteiro. Mas ele não é invencível.

 

Cuiabá está aprendendo com as falhas de cidades europeias e se adiantou para não ser pega de surpresa. Realizamos capacitações, estamos fazendo mudanças na rede de assistência em saúde, estamos nos equipando para minimizarmos ao máximo a curva da epidemia na nossa capital.

 

A nossa batalha está apenas começando, mas estamos preparados. Neste momento conclamo todos os médicos, enfermeiros e técnicos de enfermagem para que venham com força total enfrentar essa guerra. Essa é a hora de honrar o juramento que fizeram ao se graduar. A população cuiabana espera de vocês comprometimento para ajudar no tratamento e na cura das pessoas que forem infectadas pelo vírus.

 

Não recuem, não tirem licença neste momento tão delicado. Eu faço parte do grupo de risco, tenho mais de 60 anos e sou hipertenso, mas como secretário de saúde desta capital tenho como obrigação estar à frente nesta batalha e não vou recuar.

 

Estou com vocês para auxiliá-los no que for necessário e conto com todos os profissionais da ponta para ganharmos esta guerra. Por vocês, por suas famílias e por toda a população cuiabana.

 

* Luiz Antônio Pôssas de Carvalho é Secretário Municipal de Saúde de Cuiabá

Comentários Facebook
Propaganda

agora quando

A hora da colheita

Publicados

em

Por


Francisney Liberato

Francisney Liberato

Aquele que espera pelo que plantou nunca se decepcionará. Ainda que demore, o tempo certo para que todas as coisas se cumpram, não se atrasa.

 

Qual seria o momento ideal para uma colheita? Se você é um agricultor e planta o milho, quanto tempo é necessário para colhê-lo? O momento certo da colheita traz outros fatores indispensáveis para o sucesso do plantio.

 

Segundo especialistas do ramo, antes de começarmos a pensar na colheita, é relevante que se planeje o plantio. Você precisa analisar o solo adequado para se plantar o milho, avaliar se o solo precisa de correções para que a plantação seja bem-sucedida.

 

É importante deixar o espaçamento adequado para o plantio. A depender do tipo do milho, alguns podem necessitar de mais espaços, já outros tipos, não; saber escolher bem as sementes; cuidar para que as pragas não invadam e destruam a sua plantação; suprir com irrigação necessária; colocar a temperatura apropriada. O milho precisa de muita iluminação da luz solar. Guardadas as variações das espécies dos milhos, a colheita pode acontecer em cerca de três meses ou levar até dez meses.

 

Então, qual é o tempo necessário para colheita do milho? Conforme acima dito entre três e doze meses. De todo modo, o milho precisa de tempo, entre a sua preparação até chegar o momento da colheita.

 

Já temos debatidos em outros textos sobre o plantio e sempre dei ênfase, na lição de quem planta, colhe; quem não planta, não colhe. Quem planta banana, colherá banana. Quem planta melancia, colherá melancia. Não tem como ser diferente disso, é a lógica do plantio e da colheita.

 

Além dos fatores já mencionados, é importante frisarmos de que todo plantio depende de tempo para a sua maturidade.

Na nossa vida comportamental, muitos não plantam nada, e pretendem colher; outros plantam errado e desejam colher o certo. Além do mais, é necessário tempo para que o fruto esteja maduro. Ninguém em sã consciência planta a semente hoje e espera que o fruto nasça amanhã

Qual é o momento da colheita? Depende, pois assim como o milho, que existem de vários tipos e espécies, e cada qual com o seu tempo de maturidade, nós, como seres humanos não somos diferentes disso, pois, cada indivíduo tem a sua particularidade e o seu tempo para se tornar maduro. Contudo, infelizmente, alguns nunca conseguirão obter a maturidade e gozar da colheita correta.

 

Levando em consideração a criatura ímpar que é o ser humano, a variação de cada um, o solo em que ele está vivendo, o ambiente, os cuidados que têm com a sua plantação, o zelo para que a plantação dê resultados satisfatórios, é difícil o dizer o tempo exato da colheita.

 

O momento da colheita não sabemos quando será. Porém, de um cenário eu tenho certeza, quem planta, colhe, pode ser que a colheita demore um pouco, além do seu esperado, porém, no momento exato, você colherá os frutos desejados.

 

*Francisney Liberato Batista Siqueira é Auditor Público Externo do Tribunal de Contas de Mato Grosso, Chefe de gabinete de Conselheiro do TCE-MT, Palestrante Nacional, Professor, Coach, Mentor, Advogado e Contador, Autor dos Livros “Mude sua vida em 50 dias”, “Como falar em público com eficiência” e “A arte de ser feliz”.

 

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana