mato grosso

Professora de Artes aposta na magia do cinema nas aulas não presenciais

Publicados

em


Mais de 30 filmes estão em cartaz para os alunos da Escola Estadual Malik Didier, no bairro Pedra 90, em Cuiabá. Eles participam da 1ª edição online da Luz Mágica, uma mostra de curtas-metragens nacionais voltada para estudantes. Os alunos fazem resenha do filme através de desenhos e também comentários. Os trabalhos são coordenados pela professora de arte Jaqueline Kissandre Santana que vê no festival uma oportunidade de mostrar a arte e a magia do cinema.

“A mostra é pensada para ampliar o alcance do cinema e da arte entre o público infanto-juvenil, mas também para os professores, como ferramenta para incentivar as trocas no processo de ensino-aprendizagem durante as aulas remotas”, assinala.

A professora destaca que os mais de 30 filmes e atividades abordam temas diversos, como desigualdade social, preconceito e bullying que podem contribuir para a discussão em sala de aula.

Os alunos ficaram empolgados com os curtas-metragens e muitos deles se identificaram com os filmes. Duas alunas curtiram o filme “Dela”, que aborda a história de uma menina que mora com seu pai e sofre bullyng na escola nova por causa de seu cabelo.

A aluna Kemilly Andresssa, do 1º ano do Ensino Médio, fez um desenho do cabelo da personagem. “Esse também é o meu cabelo e o nome dela é Mandela e não por acaso”, comenta.

Grazielly Cristina, também do 1º ano, vai mais além. “Achei linda a forma que o pai explicou para ela o porquê do nome Mandela, a maneira como ele respondia quando as pessoas faziam bullying”, resume.

Outra aluna, Kariny Amorim do 9º ano, curtiu o filme “Eu queria ser um monstro”. Em seu entendimento, o filme mostra o cotidiano de um menino com crise de bronquite e sua dificuldade em compreender matemática, além de sua relação com os pais.

A professora comemora a participação dos alunos, levando em conta que são moradores de um bairro distante do centro da Capital, mas com muita vontade de enfrentar desafios. “Estamos tendo uma ótima participação pois, considerando que muitos alunos não têm condições de frequentar o cinema, ainda mais agora no momento em que nos encontramos com a pandemia”, ressalta.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Propaganda

mato grosso

Mato Grosso registra 29 mortes em 24 horas; ocupação das UTIs está em 78,24%

Entre casos confirmados, suspeitos e descartados para a Covid-19, há 435 internações em UTIs públicas e 373 em enfermarias públicas.

Publicados

em

A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) notificou, até a tarde deste domingo (20.06), 439.103 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, sendo registrados 11.664 óbitos em decorrência do coronavírus no Estado.

Foram notificadas 384 novas confirmações de casos de coronavírus no Estado. Dos 439.103 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, 12.380 estão em isolamento domiciliar e 413.340 estão recuperados.

Entre casos confirmados, suspeitos e descartados para a Covid-19, há 435 internações em UTIs públicas e 373 em enfermarias públicas. A taxa de ocupação está em 78,24% para UTIs adulto e em 42% para enfermarias adulto.

Dentre os dez municípios com maior número de casos de Covid-19 estão: Cuiabá (91.083), Rondonópolis (31.873), Várzea Grande (29.649), Sinop (21.289), Sorriso (15.236), Tangará da Serra (15.105), Lucas do Rio Verde (13.512), Primavera do Leste (11.188), Cáceres (9.490) e Alta Floresta (8.391).

A lista detalhada com todas as cidades que já registraram casos da Covid-19 em Mato Grosso pode ser acessada por meio do Painel Interativo da Covid-19, disponível neste link.

O documento ainda aponta que um total de 354.401 amostras já foram avaliadas pelo Laboratório Central do Estado (Lacen-MT) e que, atualmente, restam 83 amostras em análise laboratorial.

Cenário nacional

No sábado (19.06), o Governo Federal confirmou o total de 17.883.750 casos da Covid-19 no Brasil e 500.800 óbitos oriundos da doença. No levantamento do dia anterior, o país contabilizava 17.801.462 casos da Covid-19 no Brasil e 498.499 óbitos confirmados de pessoas infectadas pelo coronavírus.

Até o fechamento deste material, o Ministério da Saúde não divulgou os dados atualizados deste domingo (20.06).

Recomendações

Já existem vacinas para prevenir a infecção pelo novo coronavírus, mas ainda é importante adotar algumas medidas de distanciamento e biossegurança.

Os sites da SES e do Ministério da Saúde dispõem de informações oficiais acerca da Covid-19. A orientação é de que não sejam divulgadas informações inverídicas, pois as notícias falsas causam pânico e atrapalham a condução dos trabalhos pelos serviços de saúde.

O Ministério da Saúde orienta os cuidados básicos para reduzir o risco geral de contrair ou transmitir infecções respiratórias agudas, incluindo o novo vírus. Entre as medidas estão:

– Lavar as mãos frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos. Se não houver água e sabão, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool;
– Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas;
– Evitar contato próximo com pessoas doentes;
– Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo;
– Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana