POLÍCIA

Produtos furtados são recuperados em residência de foragido por roubo e tráfico

Publicados

em


Raquel Teixeira/Polícia Civil-MT

Em outra investigação conduzida pela Delegacia Especializada de Roubos e Furtos de Rondonópolis (Derf) nesta quinta-feira (14.01), policiais da unidade recuperaram mais dois aparelhos de televisão produtos de crime e prenderam duas pessoas, uma delas foragida da Justiça em cuja residência estavam os equipamentos.

Os investigadores se dirigiram até a Vila Ipê para checar uma denúncia de que uma pessoa estava comercializando os aparelhos que seriam roubados e estavam escondidos na casa de um morador do bairro. Após identificar a casa e monitorá-la, os policiais viram um homem de 25 anos se aproximar do local, que ao ver a equipe fugiu de motocicleta, sendo abordado logo adiante da residência. Ele resistiu à prisão e enfrentou os policiais, sendo imobilizado em seguida.

Ao retornar à residência alvo da investigação, os policiais foram autorizados pela proprietária a entrar na casa, que informou ter duas televisões escondidas em um quarto e que seu esposo e o outro suspeito já preso haviam levados os aparelhos ao local.

O dono da casa, de 32 anos, chegou logo em seguida e ao perceber a presença dos policiais saiu com o carro, acelerando, mas foi detido a poucos metros do local. Na residência também foi localizada uma tornozeleira eletrônica rompida, que estava instalada no suspeito.

Após checagem do nome do segundo suspeito, os investigadores constataram um mandado de prisão expedido pela 4a Vara Criminal de Rondonópolis em processo pelos crimes de roubo qualificado (concurso de pessoas, emprego de arma de fogo e restrição de liberdade) e tráfico de drogas.

Questionado sobre as duas televisões, o suspeito informou que escondeu os aparelhos a pedido do outro homem que foi detido até que conseguisse vender os produtos.

Em buscas na residência do primeiro suspeito detido, no Jardim Assunção, os policiais civis apreenderam uma porção de maconha, um conjunto de saca rolha ainda na caixa, mostruário com bijuterias e um medido de água. Ele declarou aos policiais que foi procurado por um usuário de entorpecentes que vendeu as televisões por R$ 400,00.

Após pegar as televisões no local onde o usuário as escondeu, um matagal nos fundos de uma escola no bairro Santa Clara, o suspeito passou a anunciar a venda nos aparelhos em redes sociais pela quantia de R$ 1.100,00.

Os dois suspeitos foram conduzidos à Derf de Rondonópolis junto com os materiais aprendidos. Os dois foram autuados em flagrante por receptação criminosa e resistência à prisão.

O suspeito que era foragido da Justiça teve o mandado de prisão formalizado e posteriormente será encaminhado à Penitenciária Major Eldo Sá Corrêa.

As investigações continuam para localizar as vítimas e realizar devolução dos bens.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Propaganda

POLÍCIA

PM fecha festas clandestinas, apreende drogas e conduz 18 pessoas para delegacias

Publicados

em


Na madrugada deste domingo (28.02) policiais militares conduziram 18 pessoas para delegacias e acabaram com três festas clandestinas com aglomeração de pessoas no Estado. A ação é resultado da Operação Dispersão III, desencadeada pela Polícia Militar nos 141 municípios. 

Está é a terceira etapa das atividades de prevenção e fiscalização do cumprimento das medidas de restrição adotadas como forma reduzir os riscos de propagação do novo coronavírus (Covid-19).

Em Cáceres (225 km de Cuiabá), a Polícia Militar empregou um grande aparato policial (Força Tática, Ambiental e viaturas do policiamento e rotina) no apoio aos fiscais de Prefeitura e conselheiros tutelares para por fim a uma festa clandestina que ocorria no bairro Garcez, em uma chácara.

No local havia mais de 100 pessoas, dezenas delas menores de idade, e até uma mulher com dois filhos de colo, de três e dois anos. Organizada para cobrança de ingresso, lá foram detidas 14 pessoas, apreendidas caixa de pulseiras de identificação, equipamentos de som, além de R$ 600 e porções de maconha e pasta base de cocaína.

Já em Pedra Preta (238 km de Cuiabá), a partir da denúncia de populares, policiais interromperam uma festa com mais 100 pessoas que acontecia em uma residência. Conforme narrativa da equipe da PM, havia dezenas de pessoas no local consumindo bebidas alcóolicas e fazendo uso de narguilé. Quatro adultos, três homens e uma mulher, que seriam os organizados do evento, foram conduzidos à delegacia.

Na MT-040, em Santo Antônio de Leverger (34 km de Cuiabá), policiais militares acabaram com uma festa clandestina com aglomeração de cerca de 300 pessoas. Quando os policiais do 9º Batalhão e da 3ª se aproximaram do local os participantes correram para diferentes direções se escondendo em áreas de mata. A festa chegou ao final, mas ninguém foi preso.

Serviço

A sociedade pode contribuir com as ações da Polícia Militar de qualquer cidade do Estado pelo 190 ou, sem precisar se identificar, por meio do disque – denúncia 08000.65.39.39. Nesse número, sem custo de ligação, qualquer cidadão pode informar situações suspeitas ou crimes.

Fonte: PM MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana