POLÍTICA MT

Prioridade a diabéticos em rede de saúde vira lei em MT

Publicados

em


Foto: ANGELO VARELA / ALMT

Os hospitais públicos e particulares de Mato Grosso deverão oferecer prioridade aos portadores de diabetes dos tipos 1 e 2 em caso de atendimento para a realização de exames que sejam realizados em jejum total e parcial. 

A prioridade no atendimento deverá ser equiparada a de idosos, deficientes e gestantes.

Esse benefício será ofertado graças à sanção do governador Mauro Mendes (DEM) a uma lei de autoria do deputado estadual Wilson Santos (PSDB), apresentada em conjunto com os deputados Dr.  João (MDB), Dr. Gimenez (PV), Dr. Eugênio (PSB), Lúdio Cabral (PT) e Paulo Araújo (PP). 

A sanção da Lei nº 11.350 foi publicada no Diário Oficial do Estado (DOE) que circulou na sexta-feira (30). 

O usuário dos serviços de saúde deverá comprovar o diagnóstico de diabetes mediante apresentação de laudo médico que ateste a patologia. Os estabelecimentos de saúde ainda são obrigados a afixar o interior da lei em local visível ao público. 

Fonte: ALMT

Comentários Facebook
Propaganda

POLÍTICA MT

Faissal solicita informações sobre políticas de combate e prevenção a incêndios no Pantanal

Publicados

em


Foto: JLSIQUEIRA / ALMT

O deputado estadual Faissal Calil (PV) apresentou, na sessão  plenária desta quarta-feira (12), na Assembleia Legislativa de Mato Grosso,  um requerimento  às autoridades do  Poder Executivo, pedindo informações sobre quais políticas institucionais estão sendo implantadas este ano a fim de prevenir queimadas na região do Pantanal mato-grossense. O requerimento de informação de n. 205/2021 propõe evitar desastres em Mato Grosso, como ocorreu no ano passado.  

Na ocasião, o parlamentar aproveitou o seu discurso em plenário para pedir agilidade na aprovação do Projeto de Lei nº 728/2020, que trata de combate aos incêndios na  região pantaneira. 

“Venho aqui para falar do sol. Mas, não é para falar do lado bom, aquele que se transforma em energia limpa e renovável. É o lado ruim. Aquele que faz a terra ferver e queimar em chamas, como ocorreu no Pantanal no passado.  Logo, logo, vamos entrar no período de estiagem. E precisamos saber por parte do Governo de Mato Grosso, como estão os preparativos de combate às queimadas? Temos um projeto de lei, que trata do combate aos incêndios, o qual  apresentamos no passado.   Há 20 dias, falei com o coronel Metelo, do Corpo de  Bombeiros, em uma reunião, o qual me pediu agilidade na aprovação desse projeto”,  afirmou o deputado Faissal. 

Sobre o requerimento apresentado, ele justificou: “A presente proposição se faz necessária tendo em vista que o ano de 2020 foi muito violento para o bioma do Pantanal, em especial em Mato Grosso, sendo necessária a implantação de alguma política institucional para gerir e evitar as queimadas que ao longo dos anos estão devastando a região”. 

Para Faissal, o Pantanal sofreu e vem sofrendo constantemente diversas  agressões, sejam as queimadas, a seca, o assoreamento dos rios, necessitando do empenho e esforço de todos para preservá-lo, pois e trata não só de um patrimônio ambiental, mas também de um patrimônio histórico e cultural que atrai pessoas do mundo todo a fim de visitá-lo e conhecê-lo. 

“Assim, preocupado com os fatos e acontecimentos que arrasaram o meio ambiente mato-grossense, colocando o Pantanal em um alvo fácil, solicito informações quanto as políticas que estão sendo aplicadas agora, em 2021, para evitarmos as atrocidades que esse bioma que é patrimônio internacional sofreu, de forma escandalosa e de proporção inimaginável”, concluiu o parlamentar.

Fonte: ALMT

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana