POLÍCIA

PRF recupera caminhonete roubada de família que estava mantida em cárcere privado

Publicados

em


No dia 06 de julho, por volta de 22 horas, no km 276 da BR 174, município de Pontes e Lacerda-MT, uma equipe da PRF realizava fiscalização de trânsito quando se deparou com um veículo Ford Ranger, de cor prata.

Ao visualizar o veículo, foi dada ordem de parada, de forma inequívoca, por sinais sonoros e luminosos, porém o condutor evadiu-se da fiscalização, percorrendo cerca de 3 quilômetros até a parada total do veículo na BR 174 km 279, quando percebeu que a equipe policial havia o alcançado.


Após a ordem de parada, foi dada nova ordem de desembarque do veículo. O condutor foi então indagado de quem era a caminhonete e respondeu ser de propriedade de outra pessoa. Ele, apresentando nervosismo, disse ainda desconhecer quem era o verdadeiro proprietário do veículo.


Foi feito contato com a irmã do verdadeiro proprietário e explicada a situação, pois poderia se tratar de prática de sequestro, comum na região de fronteira. A mesma disse que morava em Salto do Céu-MT e que levaria uma guarnição da PM da cidade de Mirassol d´Oeste-MT para averiguar o local.
Chegando à residência do proprietário, foi visto pela guarnição, que a família encontrava-se em cárcere privado.


Os policiais perceberam também que os indivíduos utilizaram-se, para a prática criminosa, de um veículo GOL, de cor branca, deixado às margens da mata.


Diante dos fatos, o motorista da caminhonete foi preso em flagrante e poderá responder por sequestro e cárcere privado, roubo de veículo automotor e associação criminosa.

Fonte: PRF MT

Comentários Facebook
Propaganda

POLÍCIA

Suspeitos de sequestrar e matar ex-jogador de futebol são presos pela Polícia Militar

Publicados

em

A Polícia Militar do 11º Batalhão prendeu dois homens de 30 e 21 anos por sequestro e homicídio da vítima identificada como William Sant’Ana de 21 anos, na última sexta-feira (17), em Sinop.

Ele era ex-jogador de futebol e os suspeitos confessaram que participaram do crime e informaram onde haviam ocultado o corpo da vítima.

A ação contou com o apoio de policiais do Grupo Raio, do GAP (Grupo de Apoio) e da Agência Regional de Inteligência (ARI). Segundo o boletim de ocorrência, após a Polícia Militar solicitar análise local de uma tornozeleira eletrônica à ARI, foi verificado que o homem de 30 anos esteve na hora e no local do crime. Diante das informações, os policiais iniciaram patrulhamento pelo bairro Boa Esperança, em Sinop, e localizaram o primeiro suspeito.

Durante a abordagem, o suspeito confessou o crime e contou que a vítima teria praticado um crime de estupro e que durante o sequestro, dentro do carro, a quadrilha havia feito vídeochamada por celular mostrando a vítima para integrantes de uma organização criminosa. O suspeito contou ainda que ficou no carro, enquanto a vítima era executada e que chegou a ouvir dois disparos de arma de fogo.

O suspeito indicou para a PM o local que onde haviam escondido o corpo da vítima, uma mata de difícil acesso, às margens do Rio 15. Os policiais fizeram o isolamento da área e acionaram a Polícia Judiciária Civil.  O homem já preso pela PM informou ainda o envolvimento de um outro indivíduo, de 19 anos, que foi localizado no bairro Boa Esperança pela guarnição do RAIO.

O comparsa confirmou os fatos narrados pelo primeiro suspeito preso. Os dois homens foram encaminhados para a Delegacia. O caso está sendo investigado pela Polícia Civil.

Fonte: PM MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana