POLÍCIA

PRF realiza acompanhamento tático e recupera veículos roubados

Publicados

em


Na madrugada do dia 15 de março, na BR 070, município de Cáceres, uma equipe da PRF realizava fiscalização em frente a unidade operacional quando observou a passagem de um veículo em alta velocidade, um Volkswagen Polo de cor branca com dois ocupantes. Ao perceberem a situação, os policiais pegaram uma viatura e partiram atrás do automóvel, iniciando o acompanhamento tático com o intuito de abordar o veículo.

Durante o percurso, o carro perseguido foi conduzido de forma perigosa colocando em risco os demais usuários da rodovia. Ultrapassagens forçadas e excesso de velocidade foram algumas das infrações cometidas pelo condutor. A equipe pediu apoio de outros policiais que iniciaram um cerco com a finalidade de interceptar o automóvel em fuga. Ao perceberem que a situação estava ficando difícil, os ocupantes do Polo abandonaram o veículo no acostamento e correram para dentro da mata que cerca a rodovia, tentando, dessa forma, despistar os policiais que os seguiam. Mas um dos suspeitos não obteve êxito e acabou sendo capturado pela equipe da PRF.

Posteriormente, após consultas, foi descoberto que os ocupantes do veículo estavam envolvidos em uma série de delitos, praticados poucas horas antes da abordagem. Juntamente a mais dois comparsas, eles invadiram uma residência, roubaram diversos pertences dos moradores além de levarem os dois carros que lá estavam. Praticaram também estelionato em um posto de gasolina. Os moradores da casa invadida ficaram amarrados enquanto os infratores concluíam a ação delitiva.

Algumas horas depois, já no período da manhã, o segundo veículo que havia sido objeto de roubo, um Renault Kwid branco, foi localizado por outra equipe da PRF no km 537 da BR 070. Ele estava abandonado às margens da rodovia e sem sinal dos ocupantes.

O suspeito que os policiais conseguiram pegar foi preso em flagrante e deverá responder por diversos crimes, dentre eles o de roubo com emprego de arma de fogo. Ele foi encaminhado à delegacia da Polícia Civil para a realização dos demais trâmites legais.

O trabalho da PRF na fiscalização de trânsito abre um importante leque de possibilidades quanto à descoberta de infrações criminais. As vezes uma simples fiscalização de equipamentos obrigatórios nos veículos pode levar até o desmantelamento de uma quadrilha criminosa, como um fio que vai sendo puxado até chegar ao fim do carretel.

Fonte: PRF MT

Comentários Facebook
Propaganda

POLÍCIA

Polícia Civil apreende armas de fogo e mais de 80 munições em chácara na zona rural de Cuiabá

Publicados

em


Assessoria/Polícia Civil-MT

Duas armas de fogo e mais de 80 munições encontradas em uma propriedade em uma região de chácaras em Cuiabá foram apreendidas pela Polícia Civil, nesta quinta-feira (06.05), durante checagem de denúncia anônima realizada pela equipe da Gerência de Combate ao Crime Organizado (GCCO).

Com base na denúncia realizada via Ciosp que relatava a possível existência de armas e drogas escondidas em uma propriedade rural, os policiais da GCCO foram até o endereço indicado, na região de chácaras Bandeira II para verificação dos fatos.

Conforme as informações, o material ilícito ficava escondido no interior de tratar que ficava guardado em um barracão da propriedade. No local, os policiais foram recebidos pela esposa do caseiro que informou que nem o seu marido e nem o dono da propriedade estavam no local.

Durante as buscas, os policiais localizaram no interior do tratar mencionado, 84 munições, sendo 67 calibre 380, 10 calibre. 357 e sete calibre 38, todas intactas, além de uma tornozeleira eletrônica. Em continuidade as buscas, os policiais encontraram por baixo de alguns entulhos um caixa com uma pistola calibre 380 e três carregadores.

A tornozeleira eletrônica pertenceria ao caseiro que não foi localizado. Em buscas na residência do caseiro, foi encontrada mais duas espingardas, sendo uma delas de pressão e outra que não foi possível identificar o número de sério devido ao desgaste de arma.

O dono da propriedade chegou ao local, e em buscas na sua residência nada ilícito foi encontrado. Questionado, ele confirmou que a pistola era de sua propriedade porém estava registrada em nome de um amigo.

Diante dos fatos, o suspeito foi conduzido a GCCO, onde após ser interrogado foi autuado em flagrante pelo crime de posse irregular de arma de fogo e munições.

O delegado da GCCO, Vitor Hugo Bruzulato Teixeira, destaca que a retirada de armas e munições de circulação foi possível graças ao trabalho de denúncia realizado pela sociedade. “A Polícia Civil demonstrou que está trabalhando e que conta com apoio da população, que através de denúncias pode ajudar ainda mais o combate à criminalidade”, disse o delegado.

Denúncias: 197 e (65) 98463-2655

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana