BRASIL E MUNDO

Presos fazem rebelião em presídio e transmitem ação em live nas redes sociais

Publicados

em


source
Presos fazem rebelião em presídio e transmitem ação em live nas redes sociais
Reprodução

Presos fazem rebelião em presídio e transmitem ação em live nas redes sociais

Vários presos fizeram uma rebelião na tarde desta última sexta-feira (19) e fizeram um live que teve quase 10 mil visualizações simultâneas. A ação aconteceu no Complexo Prisional de Aparecida de Goiânia, na Região Metropolitana de Goiânia. Três presos ficaram feridos e foram encaminhados para atendimento médico.

A Diretoria-Geral de Administração Penitenciária informou, em nota, que a confusão começou na Ala A da Penitenciária, onde ficam 467 presos, e a situação foi controlada cerca de 3 horas depois do início da confusão.

“A confusão começou durante o banho de sol. Quando eles voltaram para as celas, quebraram partes da estrutura da penitenciária para arremessar contra os servidores. Foi usado armamento com bala de borracha para conter os ânimos, mas nenhum preso teve ferimento grave”, explicou Jonathan Marques, em entrevista ao G1.

Ainda segundo a administração, a maioria dos presos do local não participaram da rebelião e o ato foi isolado.

Você viu?

Live durante a rebelião

Na transmissão ao vivo dos presos, muitos reclamaram da falta de banho de sol e que não estão recebendo a comida e itens de higiene enviados pelos familiares. A live durou cerca de 45 minutos.

O superintendente de segurança disse que os funcionários fazem ações para interceptar todo tipo de material dentro do presídio e que os bloqueadores de sinal de celular não têm tecnologia eficiente para cortar o sinal. Segundo ele, um novo equipamento mais eficaz está sendo providenciado para cortar o sinal de celular no local.

Comentários Facebook
Propaganda

BRASIL E MUNDO

DF: Mulher tira arma de policial e atira para o alto em delegacia

Publicados

em


source
 DF: Mulher tira arma de policial e atira para o alto em delegacia
Reprodução/redes sociais

DF: Mulher tira arma de policial e atira para o alto em delegacia

Uma mulher foi presa neste sábado (17) em Brasília pela Polícia Militar do  Distrito Federal após agredir a mãe e a irmã em Planaltina. Após a prisão, a agressora sacou a arma de um policial civil, dentro da delegacia onde foi conduzida, e realizou disparos para o alto. As informações são do jornal Correio Braziliense .

De acordo com oficiais, o motivo da revolta foi a assinatura do Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO). A mulher discutiu com policiais ao se negar a assinar o documento. Após a negativa, os agentes a cercaram para conduzi-la a prisão.

Neste momento, a mulher tomou a arma de um policial e realizou o disparo para o alto. Segundo informações da polícia, a trava do coldre apresentou uma falha que permitiu o saque da arma pela detida.


Após o ocorrido, a situação foi controlada por um grupo de policiais. A acusada se rendeu , entregou a arma e deitou-se no chão. Ninguém ficou ferido.

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana