BRASIL E MUNDO

Presidente do Azerbaijão decreta mobilização parcial

Publicado


.

O presidente do Azerbaijão, Ilham Aliev, decretou hoje (28) uma mobilização parcial no país devido ao aumento das tensões no enclave de Nagorno-Karabakh, onde se registraram nesse domingo combates entre forças azerbaijanas e armênias. Segundo o decreto presidencial, a ordem entra em vigor hoje.

Aliev decretou ontem a lei marcial em todo o país e o recolher obrigatório em algumas cidades, na sequência do conflito na região separatista do Azerbaijão, de maioria armênia, que já causou 39 mortos, incluindo sete civis.

A Arménia também decretou a lei marcial e uma mobilização geral.

Os dois Estados acusam-se de terem iniciado hostilidades nesse domingo, as mais graves desde 2016, quando confrontos entre os beligerantes provocaram cerca de 100 mortos. O conflito começou no fim da década de 80.

A União Europeia, as Nações Unidas, a Rússia, França e Alemanha lamentaram os confrontos e pediram a suspensão imediata das hostilidades, bem como o regresso à mesa de negociações. A Turquia ofereceu ajuda ao aliado Azerbaijão.

Comentários Facebook
publicidade

BRASIL E MUNDO

Ministério da Justiça contabiliza 82 prisões no segundo turno

Publicado


source

Agência Brasil

;
Rovena Rosa/Agência Brasil

Além das prisões, oito inquéritos já foram instaurados e 37 termos circunstanciados foram lavrados


Balanço publicado pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública, registra que, até as 19h deste domingo de eleições, 361 ocorrências foram registradas e 82 prisões ou conduções foram realizadas. Além das prisões, oito inquéritos já foram instaurados e 37 termos circunstanciados foram lavrados. Segundo a pasta, uma arma e oito veículos foram apreendidos até o momento, além de R$ 20 mil e diversos materiais de campanha.


Dos 257 crimes eleitorais registrados até o momento, 83 foram por boca de urna; 12 por compra de votos; cinco por concentração de eleitores; 97 por desobediência às ordens da Justiça Eleitoral; 48 por desordem que prejudique os trabalhos eleitorais; um por falsidade ideológica; dois por “fatos e imputações inverídicas” (fake news); sete por impedimento ou embaraço ao exercício do voto; e dois por transporte de eleitores.

Há também 76 ocorrências de indicações de desinformação sobre o processo eleitoral. Entre os 16 incidentes de segurança pública e defesa social, seis foram por bloqueio de vias; quatro por atendimentos de urgência e emergência; quatro por falta de energia; e dois por manifestações.

Integrantes da Secretaria de Operações Integradas do Ministério da Justiça e Segurança Pública, Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal, do Ministério da Defesa, Tribunal Superior Eleitoral, representantes dos estados e de outros órgãos do governo federal têm acesso às ocorrências. A Operação Eleições 2020 conta com efetivo de 96.879 agentes e o apoio de 14.556 viaturas.

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Agronegocio

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana