AGRO & NEGÓCIO

Prejuízos com a Maria-mole na pecuária é tema de evento virtual

Publicados

em


O Instituto Desenvolve Pecuária, em parceria com a Embrapa Pecuária Sul e o Instituto de Pesquisas Veterinárias Desidério Finamor (IPVDF) realizam na próxima terça-feira, dia 30 de novembro, painel especial com o tema “Maria-mole (Senecio) – Prejuízos da intoxicação pelo consumo de Maria-Mole e formas de controle”. A Maria-mole é responsável pela intoxicação de animais à campo, causando em bovinos e ovinos uma toxicose evolutiva e irreversível.

O painel contará com dois palestrantes. Um deles é o pesquisador da Embrapa Pecuária Sul, Naylor Bastiani Perez, graduado em Agronomia pela Universidade Federal de Viçosa e com mestrado e doutorado em Zootecnia pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (Ufrgs). O outro é o pesquisador do IPVDF Fernando Castilhos Karam, graduado em Medicina Veterinária pela Faculdades Unidas de Bagé e com especialização em Microbiologia na Unisinos e em Toxicologia na Pucrs, e mestrado e doutorado em Patologia pela Universidade Federal de Pelotas (UfPel). 

O painel virtual inicia às 18h30min e será transmitido pelo canal do YouTube da Embrapa no endereço www.youtube.com/embrapa.

Fonte: Embrapa

Comentários Facebook
Propaganda

AGRO & NEGÓCIO

Embrapa participa de seminário sobre solos na UFRB

Publicados

em


Organizado pela Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB) e transmitido pela TV UFRB, o 8º Seminário Baiano de Ciência do Solo vai ter nesta quinta-feira, dia 9, das 19h às 20h30, a participação da pesquisadora Ana Lúcia Borges, da Embrapa Mandioca e Fruticultura (Cruz das Almas, BA), Unidade da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária – Embrapa, vinculada ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento.
Com o tema “Tecendo a ciência do solo em rede na Bahia”, o evento teve início em 25 de novembro e segue até o dia 16 de dezembro, sempre às quintas-feiras, de forma virtual.
A pesquisadora Ana Lúcia Borges divide palestra na mesa-redonda “Manual de adubação e calagem para o estado da Bahia: três décadas sem atualizações” com o professor Reinaldo Bertola Cantarutti, da Universidade Federal de Lavras (MG). “Normalmente, os Estados da Federação têm seus manuais de recomendação de calagem e adubação contendo as tabelas de recomendações para o uso de corretivos e fertilizantes. Entretanto, o estado da Bahia não atualiza o seu manual desde 1989”, explica a pesquisadora. O moderador da mesa-redonda é Jorge Antônio Gonzaga Santos, professor da UFRB.
Na oportunidade, vai ser apresentada a segunda edição do livro recém-publicado pela Embrapa Mandioca e Fruticultura “Recomendação de calagem e adubação para abacaxi, acerola, banana, citros, mamão, mandioca, manga e maracujá”, que tem a pesquisadora como editora técnica e está disponível para baixar gratuitamente em bit.ly/3wZPCxx.
O 8º Seminário Baiano de Ciência do Solo vai ser transmitido on-line no endereço www.youtube.com/c/TVUFRB

Fonte: Embrapa

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana