Rondonópolis

Prefeitura distribui 450 cestas básicas para usuários dos Cras

Publicados

em

Usuários dos Centros de Referência de Assistência Social (Cras) de Rondonópolis se reuniram nesta sexta-feira (05) no salão paroquial da igreja São José Operário para receber cestas básicas. O incremento na alimentação das famílias foi concedido pela prefeitura por meio da Secretaria Municipal de Promoção e Assistência Social.

O prefeito José Carlos do Pátio fez questão de participar da entrega de 450 cestas básicas entregues em sua maioria para mulheres, provedoras de famílias. “Querendo atender todos os pedidos que chegam para nossa secretaria feitos no Cras e para isso compramos recentemente uma pickup para cada unidade conseguir atender com agilidade as famílias”, comentou Pátio.

O salão paroquial ficou lotado de usuários de Cras que solicitaram o benefício e passaram pela avaliação da equipe técnica das unidades. O Cras é um programa do governo federal, mas em Rondonópolis o prefeito José Carlos do Pátio decidiu custear três das oito unidades em funcionamento hoje na cidade.

Além do complemento na alimentação com as cestas básicas, a gestão municipal pretende dar oportunidade para as famílias por meio de cursos profissionalizantes e de capacitação de se aperfeiçoar ou até como um trabalho como autônomo e é no Cras que as pessoas podem pedir e se inscrever nos cursos gratuitos.

A secretária de Promoção e Assistência Social, Fabiana Perez, lembrou que todas as cestas foram adquiridas com recursos próprios do município, uma atenção básica da gestão que trabalha para que as políticas públicas cheguem aos que mais precisam.

Os vereadores Kasa Grande e Reginaldo Santos participaram da entrega de cestas juntamente com os secretários municipais.

Fonte: Prefeitura de Rondonópolis

Comentários Facebook
Propaganda

Rondonópolis

Escola Rosalino recebe peça infantil sobre prevenção contra a COVID-19

Publicados

em

Os alunos da Escola Municipal Rosalino Antônio Silva, que fica no Cidade Alta, têm a oportunidade de assistir, na próxima segunda-feira (8), ao espetáculo “Ciência para uma Vida Melhor”, que levará a importante mensagem de conscientização às crianças e adolescentes sobre prevenção contra a Covid-19.  A atração gratuita é fruto de uma parceria firmada pela Secretaria Municipal de Educação (Semed).

O espetáculo faz parte da turnê do projeto Diverte Teatro Viajante, idealizado pela Ciência Divertida, empresa especializada em promover atividades científicas interativas para crianças e adolescentes. 

Por meio de lei federal de incentivo à cultura,  a “Lei Rouanet, as apresentações do projeto que percorre o país de Norte a Sul contam com o apoio de uma empresa de agricultura e inovação tecnológica. Em Mato Grosso, além de Rondonópolis, estudantes de Campo Novo do Parecis e Campo Verde também têm oportunidade de assistir ao espetáculo. 

A escola Rosalino encerra as apresentações realizadas em escolas públicas de Rondonópolis neste mês de agosto pelo Diverte Teatro Viajante.  Antes as apresentações ocorreram na Escola Municipal de Educação Básica (EMEB) Frei Milton Marques da Silva, na Vila Rica, no dia 3;  na Escola Municipal de Ensino Fundamental (EMEF) José Antônio da Silva, na Vila Cardoso, no dia 4; na EMEF Bonifácio Sachetti, no Parque São Jorge, no dia 5. 

O espetáculo mostra para as crianças, além das medidas de prevenção de contágio do Coronavírus, como a ciência é uma grande aliada no combate à pandemia. “Tratar de uma questão séria de forma lúdica, leve, com uma linguagem simples e muita interação, faz com que o tema seja realmente compreendido pelas crianças”, explica o diretor do projeto, Júlio Martinez. 

Ele lembra que o Coronavírus não acabou totalmente e a convivência com a Covid-19 continuará existindo nas próximas gerações e a ciência e pequenos hábitos são grandes aliados na prevenção desta e de outras doenças.
Para o assessor do departamento de Ensino Fundamental da Semed, Joelson Santos, esta parceria é de extrema relevância ao aprendizado das crianças. “O teatro, além do encantamento da apresentação que estimula a criatividade, é uma ferramenta muito potente capaz de sensibilizar sobre as questões trabalhadas na peça”.

O ESPETÁCULO

Dois divertidos cientistas precisam se isolar em seu laboratório por causa de uma doença que se apoderou das rotinas das pessoas: a covid-19. Durante a peça, eles iniciam um estudo sobre o vírus e, durante essa descoberta, os participantes começam a entender mais sobre a doença, quais são os sintomas e como se prevenir.

O espetáculo mostra para as crianças, além das medidas de prevenção de contágio do coronavírus, como a ciência é uma grande aliada no combate à pandemia. “Tratar de uma questão séria de forma lúdica, leve, com uma linguagem simples e muita interação faz com que o tema seja realmente compreendido pelas crianças”, explica o diretor do projeto, Júlio Martinez.

Fonte: Prefeitura de Rondonópolis

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

TECNOLOGIA

MATO GROSSO

Política Nacional

Mais Lidas da Semana