Saúde

Prefeitura de SP negocia compra de 20 milhões de doses de vacinas contra Covid

Publicados

em


source
Prefeitura de SP negocia compra de 20 milhões de doses de vacinas contra Covid
Foto: Thinkstock/Getty Images

Prefeitura de SP negocia compra de 20 milhões de doses de vacinas contra Covid

A prefeitura de São Paulo disse que já negocia a compra de 20 milhões de doses de vacinas contra a Covid-19 com três farmacêuticas. O secretário de Saúde municipal, Edson Aparecido, informou que já foram enviados os documentos de intenção de compra para as empresas, mas prioridade é o governo federal.

“Nós fizemos carta de intenção de 5 milhões da Jansen, 5 milhões da AstraZeneca e 10 milhões da Pfizer. A prefeitura já enviou a documentação para esses laboratórios e o que eles disseram é que por enquanto vão manter a prioridade de venda para os planos nacionais de imunização e quando fizerem essas entregas, eles voltam a discutir conosco o fornecimento para a prefeitura”, explicou o secretário de saúde. 

Vacina cubana? Após algumas falas do secretário Edson Aparecido, em diversas entrevistas, de que o município negociava com Cuba a compra de possível vacina contra Covid-19, o prefeito em exercício, Ricardo Nunes (MDB) explicou que não há nada oficial sobre o assunto.

Em coletiva de imprensa do governo estadual, realizada nesta quarta-feira (12), o prefeito foi questionado pelo iG sobre as negociações da gestão municipal com as farmacêuticas.

Nunes garantiu que, de forma oficial, só há carta de intenção de compra para a Pfizer, AstraZeneca e a Janssen.

“Com outras vacinas podem estar acontecendo diálogos, mas a prefeitura vai tratar só com o que está aprovado pela Anvisa”, disse o prefeito em exercício.

Fonte: IG SAÚDE

Comentários Facebook
Propaganda

Saúde

Covid-19: Brasil registra 38.902 casos nas últimas 24 horas

Publicados

em


O Brasil registrou 38.902 casos confirmados e 761 mortes por covid-19 nas últimas 24 horas, segundo boletim divulgado na noite desta segunda-feira (21) pelo Ministério da Saúde. No total, foram registrados 17.966.831 casos e 502.586 óbitos. 

Segundo o boletim, 90,7% dos infectados pelo novo coronavírus, ou 16.288.392, se recuperaram. Há ainda 1.175.853 casos em andamento.

Os números são em geral mais baixos aos domingos e segundas-feiras em razão da menor quantidade de funcionários das equipes de saúde para realizar a alimentação dos dados. Às terças-feiras os resultados tendem a ser maiores pelo envio dos dados acumulados.

São Paulo é a unidade da Federação líder tanto em número de casos (3.587.646) quando em mortes (122.258). Em número de casos, o estado do Sudeste é seguido por Minas Gerais, com 1.739.929, e Paraná (1.217.064). Os estados com menos registros são Acre (84.918), Roraima (109.702) e Amapá (115.771). Entre os óbitos, a vice-liderança é do Rio de Janeiro, com 54.267 mortes, seguido por Minas Gerais, com 44.583. Os estados com menos mortes são Roraima (1.704), Acre (1.732) e Amapá (1.803).

Boletim epidemiológico 21.06.2021 Boletim epidemiológico 21.06.2021

Boletim epidemiológico 21.06.2021 – Ministério da Saúde

Vacinação

Segundo o Ministério da Saúde, até esta segunda-feira foram aplicadas, no total, 88.353.063 doses de vacina, sendo 64.034.871 na primeira dose e 24.318.192 na segunda dose. Nas últimas 24 horas foram aplicadas 1.392.493 doses de vacinas. O ministério informou que, até agora, distribuiu às unidades da Federação 109.475.286.

Edição: Fábio Massalli

Fonte: EBC Saúde

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana