POLÍTICA MT

Prefeito de Rosário Oeste agradece ações de Botelho

Publicados

em


Foto: MAURICIO BARBANT / ALMT

Com emendas do primeiro-secretário da Mesa Diretora da Assembleia Legislativa de Mato Grosso, deputado Eduardo Botelho (DEM), a Baixada Cuiabana recebe investimentos importantes para o desenvolvimento. Nesta quinta-feira (13), o prefeito de Rosário Oeste, Alex Esteves Berto, e a ex-vereadora Selma Anzil agradeceram Botelho pelos avanços registrados.

São ações como aquisição de equipamentos agrícolas para ajudar a fomentar o trabalho da agricultura familiar; infraestrutura como construção de ponte de concreto e iluminação pública com lâmpadas led, além da regularização fundiária, que promoverá o título definitivo dos assentamentos Karajás, Mandiocal, Forquilha Do Rio Arruda, Socó, Tamoio, Tucano, Xavante, Chapadão, João de Barro, Curió, Pavão, Tupinambá, Bakairi, Belga, Bororo, Cachoeirinha, Canário, Cardeal e Kadiwéu.

“Ficamos muito agradecidos com a ajuda do deputado Botelho em todos os setores. A exemplo da aquisição de equipamentos agrícolas e a regularização fundiária que avançam em Rosário Oeste”, disse o prefeito. “É uma luta antiga e, graças ao esforço do deputado Botelho, 22 assentamentos serão regularizados em Rosário Oeste, que será o município com maior número de títulos em Mato Grosso”, afirmou a ex-vereadora e liderança da cidade, Selma Anzil.

“Temos o compromisso com a baixada cuiabana. Avançar em setores importantes como a agricultura familiar que é a grande força da região, alavancar a regularização fundiária, setor que trabalhamos fortemente para resolver e também para a abertura de poços artesianos. São várias ações que estamos encaminhando que, com certeza, beneficiarão todos esses municípios”, afirmou Botelho.  

Fonte: ALMT

Comentários Facebook
Propaganda

POLÍTICA MT

João Batista realiza visita técnica em Cadeia Pública de Chapada dos Guimarães

Publicados

em


Foto: BRUNO BARRETO / Assessoria de Gabinete

O deputado estadual João Batista do Sindspen (Pros), presidente da Comissão de Segurança Pública e Comunitária (CSPC) da Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT), realizou no último dia 20, uma visita técnica na Cadeia Pública de Chapada dos Guimarães. A ação, como explicou o parlamentar, é devido ao fechamento da Cadeia Pública de Santo Antônio de Leverger e a transferência dos 24 presos para a unidade de Chapada.

De acordo com Batista, a unidade de Chapada dos Guimarães, que agora passa a ser considerada como “presídio militar”, precisa passar por uma reforma, oferecendo condições de trabalho mais dignas aos servidores. “Nosso principal objetivo com a visita foi verificar in loco como estão as condições de trabalho dos nossos policiais penais na Cadeia Pública de Chapada. Como presidente da CSPC, iremos atuar junto a direção do local para garantir os devidos encaminhamentos”, disse João Batista.

O deputado explicou que o presídio militar é destinado aos servidores ligados a Segurança Pública, seja federal, estadual, ativos ou inativos, submetidos a cumprimento de pena no Sistema Penitenciário. Em relação aos 64 presos que estavam na Cadeia Pública de Chapada dos Guimarães, a Secretaria de Estado de Segurança Pública (SESP), informou que os mesmos foram remanejados para outras unidades da Baixada Cuiabana.

A estrutura da Cadeia Pública de Santo Antônio de Leverger, como informou João Batista, passará por reformas para abrigar uma unidade de regime semiaberto com 70 vagas. “Agora vamos cobrar para que ambas as unidades (Chapada e Santo Antônio) recebam a devida atenção do Poder Executivo”, finalizou o parlamentar.

Fonte: ALMT

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana