POLÍCIA

Postos de combustíveis da Capital passam por fiscalização após denúncias de consumidores

Publicados

em

Por Camila Molina

A Polícia Civil, por meio da Delegacia Especializada de Defesa do Consumidor (Decon), e o Instituto de Pesos e Medidas do Estado de Mato Grosso (Ipem-MT), fiscalizaram cinco postos de combustível de Cuiabá, em ação realizada nesta terça-feira (26.10).

A ação conjunta teve como alvo postos que foram denunciados por consumidores que suspeitaram da quantidade do combustível que abasteceram em seus veículos, e coincide com a entrada em vigor do aumento nos preços da gasolina e do óleo diesel anunciado pela Petrobras.

Durante a operação, foi analisada a vazão em dezenas de bicos e de bombas de combustível. Somente uma bomba de um posto, localizado no Bairro Parque Cuiabá, na Capital, foi reprovada por entregar 80ml a menos de combustível a cada 20 litros abastecidos pelo consumidor.

A bomba reprovada foi lacrada e o posto foi autuado pelo Ipem. A Polícia Civil vai investigar os fatos para verificar se houve adulteração dolosa da vazão, ou erro causado por problemas mecânicos ou pelas intemperes do clima.

O delegado da Decon, Rogério Ferreira, destacou que durante a ação também foi verificado se os postos fiscalizados estavam se aproveitando dos sucessivos aumentos nos preços dos combustíveis nas distribuidoras para praticar aumentos abusivos contra os consumidores.

Se for comprovada a adulteração dolosa da vazão do bico reprovado, ou a prática de aumento abusivo de preços, os responsáveis legais pelos postos irão responder por crime contra a economia popular com até dois anos de prisão, e se for verificado a comercialização de combustível adulterado, os suspeitos responderão por crime contra as relações de consumo com pena que pode chegar aos 5 anos de prisão e multa.

Todas as denúncias encaminhadas à Polícia Civil, ao Ipem, Procon Estadual e Municipal e à Agência Nacional do Petróleo – ANP são investigadas, e os postos continuarão sendo fiscalizados constantemente em Cuiabá e em toda a região metropolitana da Capital.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Propaganda

POLÍCIA

Projeto Papo De Homem Para Homem desenvolvido pela Polícia Civil é apresentado em Água Boa

Publicados

em


Assessoria | Polícia Civil-MT

A Polícia Civil, por meio da Coordenadoria de Polícia Comunitária, participa nesta segunda-feira (06.12), da campanha “Laço Branco: Homens pelo fim da violência contra as mulheres”, promovida em Água Boa (730 km a leste de Cuiabá), para o público masculino.

A campanha de cunho social é uma ação idealizada pelo Conselho de Direitos da Mulher, e vem sendo desenvolvida em parceria com a Prefeitura Municipal de Água Boa e Secretaria Municipal de Assistência Social.

Inserida na programação, a Coordenadoria de Polícia Comunitária apresentou a palestra do projeto “Papo De Homem Para Homem”, ministrada pelo policial civil Nilton Cesar Cardoso.

No período da manhã a apresentação foi realizada para servidores públicos municipais, profissionais da segurança pública, conselheiros tutelares e funcionários do Centro de Referências Especializada em Assistência Social (CREAs).

Na parte da tarde, a palestra acontece em empresas do Vale do Araguaia para os funcionários e colaboradores do sexo masculino, e também na Penitenciária Major PM Zuzi Alves da Silva.

Durante o encontro a secretária de Assistência Social de Água Boa, Juliana Kolankiewicz, falou da avaliação positiva da palestra, bem como da importância dessas parcerias que visam proporcionar o bem-estar e melhor qualidade de vida da comunidade.

“Essa integração entre os órgãos de segurança com a Prefeitura, Conselho de Direitos da Mulher e a Assistência Social, é essencial para que se possam alcançar números maiores de pessoas, e oferecer atendimento de qualidade a essas mulheres que sofrem vários tipos de violência”, disse Juliana Kolankiewicz.

A presidente do Conselho Municipal de Direitos da Mulher, Dheynny Melo de Carvalho, também destacou a magnitude da palestra ministrada pela Polícia Civil, com o tema: Papo De Homem Para Homem, que traz como mensagem a conscientização para o fim da violência contra a mulher.

Em seguida o investigador de polícia, Nilton Cesar Cardoso, explicou que instituição através da Coordenadoria de Polícia Comunitária, é sensível ao assunto abordado e busca diariamente desenvolver ações objetivando o enfrentamento à violência doméstica e familiar.

“O projeto Papo De Homem Para Homem, tem o intuito de conscientizar e mitigar a ignorância sobre a Lei Maria da Penha e sensibilizar o público masculino. Nossa missão é transmitir essas mensagens da melhor forma possível”, concluiu Nilton Cesar Cardoso.

Estiveram presente no evento o prefeito de Água Boa, Mariano Kolankiewczi, o delegado regional, Valmom Pereira da Silva, o comandante do 13º Batalhão da Polícia Militar, Coronel Gyancarlos Paglynieri Cabelho, a presidente da Subseção da Ordem dos Advogados do Brasil, dra. Laís Resende, a secretária Municipal de Assistência Social, Juliana Rosa de Souza Kolankiewicz, e a presidente do Conselho Municipal de Direitos da Mulher, Dheynny de Melo Carvalho.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana