AGRO & NEGÓCIO

Políticos e parceiros parabenizam a Embrapa Agroenergia pelo seu 14º aniversário

Publicado


.

A atuação da Embrapa Agroenergia em áreas estratégias para o País como o segmento dos biocombustíveis e a bioeconomia marcou o tom dos depoimentos enviados por autoridades, parceiros e associações para parabenizar a unidade pelos seus 14 anos de existência, celebrados em 24 de maio de 2020. Alguns vídeos foram exibidos na live realizada no dia 25, que contou com mais de 116 participantes entre instituições públicas e privadas.

ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) Tereza Cristina destacou a importância da Embrapa Agroenergia e a atualidade dos temas trabalhados pelo centro, como a bioeconomia, os biocombustíveis e energias renováveis, entre outros. “É um centro de excelência num assunto atual e de muito interesse para o Brasil e o mundo”, disse a ministra. 

presidente da Embrapa, Celso Moretti, cumprimentou todos os colaboradores (pesquisadores, técnicos, analistas e assistentes) e lembrou que o Brasil demonstrou ao mundo, ao longo das últimas cinco décadas, que é possível produzir combustíveis renováveis, como o etanol e o biodiesel, hoje uma realidade na vida dos brasileiros. “A unidade contribuiu com essa trajetória de sucesso e mais recentemente tem focado sua agenda de pesquisa em química e tecnologia da biomassa”, disse. 

Moretti também afirmou que, além de contribuir para o desenvolvimento de produtos, tecnologias e serviços, a Embrapa Agroenergia tem sido modelo para a gestão da pesquisa, desenvolvimento e inovação em toda a Embrapa. 

Página especial dos 14 anos e acordos assinados
Todos os depoimentos recebidos estão reunidos na página especial criada dentro do portal da Embrapa Agroenergia para celebrar seus 14 anos. No site também é possível encontrar o Vídeo Institucional, a Vitrine Tecnológica, o podcast Agroenergético e as seis novas linhas editoriais das nossas Mídias Sociais. Todos esses produtos foram lançados ou relançados por ocasião do aniversário. 

Foram anunciados ainda, também por ocasião do aniversário, a assinatura de três acordos de cooperação técnico-científica com as empresas Connan, na área de nutrição animal; Satis, para o mercado de biofertilizantes e Sempre Sementes, para o mercado de sementes e biotecnologia – todos assinados via Empresa Brasileira de Pesquisa e Inovação Industrial – EMBRAPII

Veja abaixo trechos de outros depoimentos:

Autoridades

“A Embrapa Agroenergia é uma unidade inovadora, que tem parcerias com a iniciativa privada e é uma unidade de referência. Temos muita coisa para fazer juntos ainda neste ano de 2020”. Fernando Camargo – Presidente do Conselho de Administração da Embrapa 

“Agradecemos a oportunidade da parceria que a Embrapa Agroenergia nos permitiu ao longo de grande parte dessa trajetória em trabalhos nas áreas de biocombustível e biodiesel. Já fizemos muito e vamos fazer mais”. Paulo Alvim – Secretário de Empreendedorismo e Inovação do MCTIC

“A Embrapa Agroenergia é uma unidade modelo do nosso sistema pelo Brasil afora, de excelente desempenho e que tem tido um reflexo muito positivo na operação de P&D da própria Embrapa”. Jorge Guimarães – Diretor-Presidente da EMBRAPII

“O Brasil é o segundo maior produtor de etanol do mundo e só esse ano deverá produzir mais de 30 bilhões de litros desse combustível e a Embrapa Agroenergia é uma das grandes responsáveis por essa vitória, pois é uma das que mais investe em ações de pesquisa e desenvolvimento de novas matérias-primas mais eficientes e no melhoramento das já conhecidas, além dos promissores estudos com biodiesel, bioquerosene e biogás. Um orgulho para nós brasileiros”. Vanderlan Cardoso – Senador

“O Brasil se transformou num player de sucesso para a produção de energia a partir da biomassa, da biotecnologia. Temos uma das maiores riquezas do País nesta área de pesquisa: a capacidade de produzir combustíveis limpos. Ainda teremos no Brasil neste ativo um motivo para grande crescimento e certamente também será uma moeda estratégica para a conquista de grandes mercados mundiais”. Alceu Moreira – Deputado Federal e Presidente da Frente Parlamentar da Agropecuária

“Parabéns à Embrapa Agroenergia, que há 14 anos trabalha a favor da bioeconomia e da bioenergia no Brasil. Parabéns à empresa, à instituição mas, principalmente, às pessoas que fazem parte desta história”.  Paulo Ganime – Deputado Federal e Presidente da Frente Parlamentar pela Inovação na Bioeconomia

“São 14 anos de muito trabalho e dedicação, muitos avanços e conquistas, e eu tenho a certeza de que muito mais ainda a Embrapa Agroenergia fará para o setor de geração energética do nosso País. O biocombustível e a geração de energia limpa e nosso trabalho legislativo só é possível porque temos atrás do nosso trabalho o trabalho de vocês, a pesquisa,  o conhecimento e o conteúdo que vão fazer com que o Brasil ocupe cada vez mais espaço nesse cenário, inclusive no contexto internacional”. Jerônimo Goergen – Deputado Federal e Presidente da Frente Parlamentar do Bioedisel

“Vibro de ver que tudo o que aconteceu no setor de agroenergia e combustíveis renováveis a Embrapa esteve presente. Veio o biodiesel, hoje é uma grande realidade; a ampliação do nosso etanol, a vinda do Renovabio e muitas outras questões tiveram o protagonismo da nossa Embrapa Agroenergia. Vocês tem colaborado estrategicamente para o Brasil e para a energia renovável”. Arnaldo Jardim – Deputado Federal e Presidente da Frente Parlamentar pela Valorização do Setor Sucroenergético

“Gostaria de compartilhar com vocês que colocamos um recurso para tratar essa questão de resíduos, principalmente os que são jogados na nossa rede de esgoto como o óleo. Fizemos uma parceria com a Embrapa e temos certeza da necessidade de programas e projetos nesse sentido para a preservação do meio ambiente”. Celina Leão – Deputada Federal

“Foi uma imensa alegria ter contribuído para a criação da Embrapa Agroenergia. Estávamos no meu gabinete eu, Sílvio Crestana, que era o representante da comunidade científica no fundo do agronegócio e o ministro Allyson Paolinelli que era o representante do setor produtivo. Silvio Crestana se levantou, pegou o mapa do Brasil e fez um círculo na região central dizendo que seria a região que mais se desenvolveria nos próximos anos. Ele me disse que o sonho da Embrapa era criar um centro de agroenergia. Coloquei a proposta em discussão e ela foi aprovada por unanimidade”. Rodrigo Rollemberg – Governador do Distrito Federal de 2015 – 2018

Parceiros
“Sem dúvida existe um potencial enorme para o setor e é dentro desse cenário que surgiram os projetos em parceria com a Embrapa Agroenergia, principalmente o desenvolvimento de enzimas e leveduras para a produção de etanol a partir da biomassa e projetos de biotecnologia de cana. Os resultados, a ampliação do conhecimento são importantes, e patentes estão em curso. Gostaria de parabenizar a Embrapa Agroenergia pelo seu aniversário e pela contribuição significativa que tem dado para o setor do agro brasileiro”. Viller Janeiro – Diretor de Operações do Centro de Tecnologia Canavieira – CTC

“Temos dois projetos com a Embrapa Agroenergia cujo objetivo é produzir variedades de cana com resistência a herbicidas e insetos e pragas. Somos a primeira empresa no Brasil a conseguir isso e no mundo somente a Syngenta e a Monsanto dominam tal técnica. Com a Embrapa, deixamos de ser uma startup para ter o mesmo modelo de negócio que as grandes multinacionais tem, ter grandes sonhos e trazer para a cultura da cana aquilo que á é aplicado nas outras culturas”. Paulo Cezar de Lucca – Sócio-proprietário da Pangeia Biotech

“Há dois anos iniciamos um trabalho conjunto para desenvolver novas tecnologias na área de biodefensivos. O interesse se deu principalmente pela relevância que a Embrapa tem não só no Brasil, mas no mundo, por toda a sua história de desenvolvimento de tecnologias, de revolução na área de insumos, sementes, genética e outras áreas de grande interesse para a soberania nacional. Valorizamos a boa relação que temos com a Embrapa Agroenergia, que possui um quadro profissional de altíssima competência, espírito de inovação, muita abertura para a interface com o meio produtivo e grande grau de profissionalismo”. João Pedro Cury – Diretor Executivo da Santa Clara Agrociência

“Nós nos interessamos em fechar negócio com a Embrapa Agroenergia porque a Embrapa é referência no desenvolvimento de pesquisa com reconhecimento no Brasil e no exterior, além do fato de o projeto em questão tratar do uso de química verde para o controle biológico de nematóides, o que vem de encontro com os valores da Demetra”. Renato Zaparoli – Diretor Executivo da Demetra Agroscience

“A nossa parceria une dois interesses. O da nossa empresa é diminuir custos e contribuir para o desenvolvimento do País, tendo em vista que muitas das nossas matérias-primas e produtos são importadas. A Embrapa pesquisa maneiras de cultivar um dos componentes dos nossos produtos que são as algas”. Gregori Vieira – Diretor Comercial da Dimiagro Fertilizantes

“Na nossa área de P&D, desenvolvemos uma infinidade de novos produtos e conduzimos vários projetos de pesquisa sempre em busca de novas tecnologias e inovação. Um deles foi a parceria com a Embrapa Agroenergia, uma empresa extremamente madura e flexível. Nunca fechamos um contrato de fomento com contrapartidas financeiras e econômicas extremamente atrativas de forma tão rápida”. Clarice Sasson – Coordenadora de Desenvolvimento de Produtos e Pesquisa de Maquiagem do Grupo Boticário

“Trabalhamos com cogumelos frescos e temos a grata alegria de ter uma parceria junto à Embrapa Agroenergia. Somos uma pequena empresa no ramo do agronegócio e gostaria dar os parabéns à Embrapa Agroenergia por todos esses anos apoiando o agro brasileiro e pela qualidade da infraestrutura, dos pesquisadores e do material humano que são esses pesquisadores. Se não fosse essa parceria, nunca poderíamos avançar na cadeia produtiva dos cogumelos frescos”. Denise Abackerli – Diretora Comercial da Zucca Alimentos

“Estamos muito felizes com a nossa parceria de pesquisa, onde teremos produtos inovadores e com alto valor agregado, trazendo benefícios não só para as nossas empresas, mas para toda a população através da promoção da saúde e bem-estar”. Cleófano Leão – Farmacêutico da Vital Natus

“O projeto junto com a Embrapa Agroenergia nos taz um grande impacto, pois temos acesso um corpo de pesquisa altamente atualizado e capacitado, além de laboratórios de última geração que são capazes de dar o suporte necessário para o desenvolvimento de tecnologias de ponta. Os frutos desse projeto colocam a nossa empresa em outro patamar de tecnologia e autossuficiência em soluções nutricionais. Estar associado à Embrapa traz uma grande credencial de confiabilidade perante a percepção no mercado como um todo. É um privilégio para a Connan”. Márcio Bonin – Gerente de Tecnologia e Marketing da Connan Nutrição Animal 

“Somos um seleto grupo de empresas que estão empenhadas em disponibilizar tecnologias sustentáveis para o agronegócio. Buscamos elaborar produtos com maior grau de embasamento científico e tecnológico, sendo esses fatores parte do DNA Satis. A nossa parceria com a Embrapa Agroenergia contribuirá para o mercado agrícola para juntos desenvolvermos mais soluções inovadoras e insumos especiais. José do Nascimento Ribeiro – Presidente do Grupo Satis

“Conhecemos o time da Embrapa Agroenergia e ficamos muito surpresos e felizes em perceber o quanto a ciência brasileira está avançando com laboratórios modernos, equipamentos e um time altamente qualificado. Isso levou a Sempre a caminhar para uma parceria desenvolvendo nova tecnologias no campo do RNAi. Acreditamos que isso pode ter um impacto muito grande para a companhia, criando nos produtos, nos levando a novos mercados e também para o agricultor brasileiro que no futuro próximo se beneficiará com uma tecnologia ecologicamente correta, muito inteligente, um recurso novo e que será extremamente valioso para a agricultura e para a competitividade do Brasil”. Fernando Prezzotto – CEO da Sempre Sementes

“E sendo uma referência de indústria química inovadora e engajada na promoção do desenvolvimento sustentável foi que surgiu essa nossa parceria com a Embrapa Agroenergia por toda a expertise e conhecimento que possui na caracterização e estudo de biomassa. A nossa parceria nos proporciona acelerar projetos de inovação e com isso acelerar a obtenção de novas soluções e novos produtos para serem inseridos no mercado”. Fernanda Hoelscher – Pesquisadora do Laboratório de Biotecnologia Industrial da Rodhia Grupo Solvay

Associações
“Esse centro de pesquisa é um exemplo de como a sociedade pode ser beneficiar da pesquisa e inovação. Centro dedicado a desenvolver soluções tecnológicas inovadoras para a conversão eficiente e sustentável da biomassa em biocombustíveis. É um exemplo de que o privado e o público podem andar juntos em benefício da nação”.  Alexandre Araújo – Presidente da Federação dos Plantadores de Cana do Brasil – Feplana

“Já realizamos diversos eventos com a Embrapa Agroenergia, seminários, congressos e diversos projetos que levam à sociedade um conhecimento maior sobre o desenvolvimento tecnológico do País. Já fizemos inclusive o lançamento da Rede Brasileira de Bioquerosene”. Donizete Torkaski – Diretor Superintendente da União Brasileira do Biodiesel e Bioquerosene – Ubrabio

“A Embrapa Agroenergia é um parceiro estratégico do setor dos biocombustíveis. Tive a oportunidade de ver o nascimento desta unidade e sabemos que ela tem um papel fundamental para ajudar a cadeia produtiva de biocombustíveis a expandir a oferta de matéria-prima. Esperamos que o setor de biodiesel continue sendo para a Embrapa Agroenergia um parceiro de longa data e desejamos cada vez mais sucesso”. Erasmo Battistella – Presidente do Conselho de Administração da Associação dos Produtores de Biocombustíveis do Brasil – APROBIO

“Reconhecemos que a Embrapa é uma grande empresa que contribui muito com o nosso País. A todos os seus colaboradores, o meu reconhecimento, respeito e admiração. Acredito que vamos fazer uma grande parceria e ter grande sucesso principalmente pelo Know how que a Embrapa tem e toda a sua expertise nesses processos que envolvem a área de reciclagem animal. A sinergia entre os nossos negócios é muito grande”. Pedro Bittar – Presidente da Associação Brasileira de Reciclagem Animal – ABRA

Fonte: Embrapa

Comentários Facebook
publicidade

AGRO & NEGÓCIO

Dia Mundial do Chocolate: nutricionista explica os benefícios

Rico em vitaminas C e E, minerais como o cálcio, fósforo, ferro, potássio e sódio, o cacau, matéria-prima do chocolate, contém ainda uma boa quantidade de fibras e carboidratos. Outro elemento presente, a feniletilamina é conhecida por causar a sensação de bem-estar.

Publicado

Por Luciane Mildenberger

Capaz de trazer boas sensações e alegrar alguém especial, como um presente, o chocolate apresenta benefícios à saúde se consumido adequadamente. Para comemorar o Dia Mundial do Chocolate, nesta terça-feira (07.07), a nutricionista do Fort Atacadista de Mato Grosso, Rafaela Curcino Moreira, recomenda o chocolate, com moderação. Ela destaca os benefícios do produto para o nosso dia a dia.

Rico em vitaminas C e E, minerais como o cálcio, fósforo, ferro, potássio e sódio, o cacau, matéria-prima do chocolate, contém ainda uma boa quantidade de fibras e carboidratos. Outro elemento presente, a feniletilamina é conhecida por causar a sensação de bem-estar. “É a substância que o nosso cérebro produz quando se encontra apaixonado”, explica a nutricionista.

Fonte de energia, o chocolate alivia o estresse, combate a ansiedade, ajuda o raciocínio e até mesmo melhora o humor, com a liberação de serotonina, conhecido como “hormônio da felicidade”. A recomendação, diz Rafaela, é comer o chocolate com a maior porcentagem de cacau possível, acima de 55%, no mínimo. “O amargo ou meio amargo, são as melhores opções”, esclarece.

Outros benefícios do consumo de chocolate com mais de 70% de cacau é a diminuição de inflamações e a melhora da imunidade. “Os flavonóides presentes no cacau são potentes antioxidantes e agentes antiinflamatórios, apontam pesquisas”, cita a nutricionista, que acrescenta também que o consumo pela manhã e no final da tarde alivia o estresse. “São períodos que temos picos de cortisol, que provocam o estresse. O consumo do chocolate nesses horários consegue equilibrar esse efeito”, explica.

Entretanto, conforme a nutricionista, mesmo os chocolates com maior teor de cacau são calóricos e possuem açúcares, então devem ser consumidos com cautela. O segredo, diz ela, está no equilíbrio. “Uma porção de 6 a 30 gramas por dia não atrapalha uma alimentação equilibrada”.

A produtora executiva de cinema, Bárbara Varela, é uma chocólatra assumida. “Celebrar o dia do chocolate se deliciando com um, é celebrar a vida, a alegria. E nessa pandemia, não da para ficar sem, pelo menos um por dia”, comenta.

Nas lojas do Fort Atacadista em Cuiabá e Várzea Grande o consumidor encontra uma variedade de chocolates e diferentes marcas que agradam todos os paladares. Desde o amargo, meio amargo aos mais doces, as unidades oferecem diferentes formas, cores e sabores de chocolate, alimento descrito pelo povo Maia como “elixir dos deuses”.

As lojas da rede em Cuiabá estão localizadas nas Avenidas Miguel Sutil e Fernando Corrêa da Costa e, em Várzea Grande, na Avenida da FEB. O Fort cumpre todas as recomendações e protocolos de saúde dos órgãos oficiais contra o coronavírus. O horário de funcionamento das lojas é segunda a domingo, das 7h às 21h, em Cuiabá, e das 6h30 às 19h30, em Várzea Grande. 

 

 

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Agronegocio

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana