mato grosso

Policiais recebem homenagem por socorrer família durante temporal em Cuiabá

Publicados

em

Na manhã desta quarta-feira (13.01) o comandante geral da Polícia Militar, coronel Jonildo José de Assis, recebeu em seu gabinete o sargento Carlos José da Silva e o soldado Leodson Luiz Mendes Pereira para um ato de elogio formal. Os dois policiais salvaram uma família cujo carro ficou ilhado na enchente provocada pelo temporal que caiu sobre Cuiabá no último domingo (10).

Lotados na 21ª Companhia de Polícia Militar do Centro, o sargento Carlos e o soldado Luiz faziam rondas na região central quando depararam com uma família dentro de um Fiat Uno. O veículo estava parado na Avenida Tenente Coronel Duarte parcialmente coberto de água com três ocupantes, um casal e uma criança de quatro anos.

Sem conseguir seguir trafegando pela via, a família corria riscos de ser arrastada pela enxurrada. Os dois policiais retiram os três ocupantes do carro e os levaram para um local seguro.

Durante a entrega do elogio o coronel Assis destacou o senso de responsabilidade e compromisso dos dois policiais com a missão maior da Polícia Militar, que é ‘servir e proteger’ mesmo em situações que representem riscos à própria vida.

“Além de exemplo a todos os policiais militares, o ato desses policiais faz com que a sociedade compreende a dedicação, a coragem e o risco a que estão submetidos os nossos policiais”, completou o coronel Assis.

Os policiais receberam o elogio ao lado de familiares, do comandante da 21ª Cia Centro, tenente-coronel Corrêa Júnior, e de outros oficiais do Comando Geral da PMMT.

SARGENTO HOMENAGEADA

Com um longo currículo como voluntário do Programa de Resistência à Drogas e Violência, a sargento Sandra Aparecida da Silva também recebeu elogio do comandante geral.

Há quase 10 anos ela interpretando o Leão, mascote do Proerd, nas atividades educativas e recreativas de prevenção às drogas. No calor escaldante de Cuiabá, Sandra passa horas vestida a pesada roupa do personagem símbolo do Proerd, o Leão, alegrando as crianças e adolescentes.

Presente em ações educativas, eventos culturais e festivos, como a entrega de presentes e cestas básicas da Operação Natal Feliz, realizada no final de 2020 pela PM, em parceria com a primeira dama Virgínia Mendes, a sargento Sandra não só leva alegria, chamando a atenção para os perigos do consumo de droga.

 

Comentários Facebook
Propaganda

mato grosso

Formação continuada terá como base o diagnóstico de cada escola

Publicados

em


Gestores e coordenadores das 15 Diretorias Regionais de Ensino de Mato Grosso (DREs)/Cefapros debatem essa semana, na Secretaria de Estado de Educação (Seduc), os desafios do ano letivo de 2021. A pauta principal é a formação continuada com base no diagnóstico de cada escola.

Superintendente de Relacionamento Escolar da Seduc, Alcimaria Ataídes da Costa explica que esses diretores dos 15 polos pensam metas a partir dos indicadores que possuem.

“O formador vai in loco. Quando ele chegar à unidade vai pensar, junto com os professores, formas de melhorar a qualidade e os resultados da educação”.

As DREs seguirão com professores formadores de língua portuguesa, matemática e pedagogia para atender as séries iniciais do Ensino Fundamental.

A novidade é o formador em tecnologia, responsável por aproximar os profissionais das ferramentas disponíveis para melhorar o ensino, principalmente neste momento pandêmico. 

Secretário adjunto Executivo da Seduc, Amauri Monge explica que as Diretorias Regionais concentram nos formadores de português e matemática com o objetivo de melhorar os índices de alfabetização e aprendizagem.  

“Não estamos inventando nada. Buscamos as boas práticas na educação do Brasil e do mundo. E uma delas é focar nas práticas pedagógicas”, frisa.

Diagnóstico

A Coordenadoria de Currículo e Avaliações da Seduc apresentou os resultados das avaliações diagnósticas realizadas no retorno das atividades escolares em agosto do ano passado.

“O tema, como usar os resultados para definir a demanda de formação continuada, foi apresentado aos participantes. As DREs vão levantar os cursos de formação baseados nos resultados dessa avaliação”, explica a coordenadora Brígida Couto Mendes.

Conforme o secretário de Estado de Educação, Alan Porto, é fundamental trabalhar a formação do professor e como está a prática pedagógica dele em sala de aula.

“Esse novo momento que a educação vem passando aponta que nossos desafios são maiores que em outros tempos. A Seduc é um órgão parceiro e vai dar as ferramentas necessárias para recuperarmos a aprendizagem dos nossos estudantes, tão impactada com a pandemia”, assinala.

Para a diretora da DRE em Alta Floresta (803 km ao norte da Capital), Edileuza Maçaneiro, os desafios são imensos. Ela enfatiza que para romper os obstáculos, as Diretorias Regionais estão recebendo orientações de todos os setores da Seduc.

“É uma equipe preparada diante de um grande desafio. A expectativa é a ampliação dessa equipe, mas com esses formadores já é de grande relevância”, comemora.

Diretor da DRE em Primavera do Leste (231 km ao sul da Capital), Dilson Thomaz reforça que o encontro é muito importante por ser um diálogo direto entre as diretorias e a sede da Seduc. “E também estamos tendo sugestões de como desenvolver o trabalho de formação junto às escolas”, salienta.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana