POLÍCIA

Policiais do 4º Batalhão prendem quadrilha especializada em vender carros roubados na internet

Publicados

em


Policiais do 4º Batalhão prenderam, na tarde de segunda- feira (03.05),  três homens ( 19, 20 e 19 anos) e duas mulheres (32 e 21 anos) por crimes de estelionato, receptação, roubo e associação ao tráfico ilícito de entorpecentes, em Várzea Grande. A quadrilha especializada em golpes em sites de compra e venda comercializava veículos roubados na internet.

Por volta das 16 horas, os policiais do 4º Batalhão receberam informações de que havia um carro Fox suspeito nas proximidades da guarita. A PM intensificou as rondas na região e localizou o veículo com quatro ocupantes na Rodovia Mário Andreazza. Os policiais identificaram que o automóvel era roubado.

Durante a verificação, os policiais identificaram ainda que uma das suspeitas estava vendendo o carro roubado por R$ 3 mil; a polícia encontrou mensagens e fotos do veículo sendo negociado no celular dela. Os policiais militares encontraram outras negociações de outros carros que foram roubados em Várzea Grande em datas anteriores, com participação de mulheres nos crimes.

Os policiais militares fizeram diligências na residência da suspeita  no bairro Jacarandá, no local a PM se deparou com um homem com um simulacro de arma de fogo, tipo pistola, e uma mulher que deixava a residência da suspeita. Com ela, a polícia apreendeu vários cartões de banco.

Foi verificado que a suspeita participava da quadrilha e emprestava a conta bancária para a organização criminosa destinar o dinheiro arrecadado nos golpes. Na casa da mulher, a Polícia Militar apreendeu uma porção de cocaína. A motocicleta de um dos homens presos foi apreendida na ação policial, o veículo teria sido utilizado para a prática dos roubos em Várzea Grande.

A ação policial prendeu cinco pessoas e a quadrilha foi conduzida à Central de Flagrantes. A ocorrência foi entregue à Polícia Judiciária Civil. 

Serviço

A sociedade pode contribuir com as ações da Polícia Militar de qualquer cidade do Estado, pelo 190 ou, sem precisar se identificar, por meio do disque-denúncia 08000.65.3939. Nesse número, sem custo de ligação, qualquer cidadão pode informar situações suspeitas ou crimes. Exemplos: a presença de foragidos da Justiça com mandado de prisão em aberto e ponto de venda de droga.

Fonte: PM MT

Comentários Facebook
Propaganda

POLÍCIA

PM prende três suspeitos a apreende arma de fogo em tanque de combustível de carro

Publicados

em


No bairro Jardim Vitória, em Cuiabá, policiais do Grupo de Apoio(GAp), do 3º Batalhão da Polícia Militar prenderam na noite desta sexta-feira(14.05) três homens (de 20, 26 e 28 anos) e fez apreensão de uma adolescente de 16 anos. Com o grupo localizou um revólver calibre 38, uma pistola Airsoft, ou seja, réplica da original do mesmo modelo, e duas armas artesanais sendo montadas.

Essa ação começou com a checagem da placa de um veículo modelo Gol. O carro era ocupado por três homens e estava parada na frente de um bar. A equipe do GAp avistou os homens descerem e enquanto eles estavam no bar fez a averiguação da placa.

A checagem levou à descoberta de placa “fria”, ou seja, a numeração pertencia a outro veículo, uma caminhonete. Em seguida os homens foram abordados e presos. Dentro do carro havia duas armas, um revólver 38 escondido dentro do tanque de combustível e uma pistola Airsoft no assoalho. Contra o suspeito de 20 anos também foi descoberto um mandado de prisão em aberto.

A ação prosseguiu com reforço de policiais da Força Tática e do 24º Batalhão. As diligências se estenderam em outros dois locais, em um deles ocorreu a apreensão de duas armas artesanais que estavam em processo de fabricação, um pé de maconha, entre outros produtos. Na casa onde estava adolescente apreendida havia um quarto suspeito. Ele conseguiu fugir, porém já foi identificado pela PM.

Todos os envolvidos, o veículo, armamento e demais produtos ficaram à disposição do delegado na Central e Flagrantes do Cisc Verdão.

Serviço

A sociedade pode contribuir com as ações da Polícia Militar de qualquer cidade do Estado, pelo 190 ou, sem precisar se identificar, por meio do disque-denúncia 08000.65.3939. Nesse número, sem custo de ligação, qualquer cidadão pode informar situações suspeitas ou crimes. Exemplos: a presença de foragidos da Justiça com mandado de prisão em aberto e ponto de venda de droga.

Fonte: PM MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana