POLÍCIA

Policiais civis desenvolvem ações preventivas em escolas de Barra do Bugres e Porto Estrela

Publicados

em


Assessoria | Polícia Civil-MT

A Polícia Civil realizará no mês de outubro em Barra do Bugres (168 km a médio norte de Cuiabá), palestras preventivas em escolas municipais e estaduais da região abordando os assuntos de violência doméstica e drogas. As ações preventivas incluem ainda o município de Porto Estrela. 

Para iniciar a sequência das ações sociais, os policiais civis Marcos Antonio de Moura e Adriana Pinheiro dos Santos ministraram uma palestra no assentamento Cabaças, oportunidade em que os participantes assistiram atentamente à apresentação dos servidores.

O trabalho voluntário e preventivo vem sendo desenvolvido pela equipe da Delegacia de Polícia de Barra do Bugres, em parceria com o Conselho Tutelar, para orientar adolescentes, jovens e a comunidade em geral, sobre as temáticas propostas. 

Entre os temas abordados estão crimes sexuais, violência infantil, uso de drogas lícitas e ilícitas, violência doméstica e familiar, entre outros.

Maratona

Após o pontapé inicial das palestras, a Delegacia de Polícia e o Conselho Tutelar de Barra do Bugres planejam executar o cronograma das atividades que seguirá por seis meses.

Para encerrar os trabalhos está sendo organizada a tradicional “Caminhada contra as drogas”, que chegará à 3ª edição e percorrerá as principais vias públicas de Barra do Bugres e de Porto Estrela.

Conforme o delegado de Barra do Bugres, Rodolpho Bandeira, o trabalho social conta com apoio da Prefeitura Municipal, da Secretaria de Estado de Segurança Pública e do Grupo Primo Menegalli.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Propaganda

POLÍCIA

PRF apreende cocaína na cidade de Pontes e Lacerda-MT

Publicados

em


Na noite de ontem, por volta das 19 horas, na BR 174, município de Pontes e Lacerda-MT, uma equipe da PRF realizava fiscalização em frente a unidade operacional quando deu ordem de parada a um Fiat Uno de cor branca, conduzido por um homem de 42 anos.

No momento da abordagem, o condutor apresentou certo nervosismo, e quando indagado sobre o destino da viagem, apresentou respostas contraditórias e desconexas. Ainda, após ser questionado novamente, desta vez sobre o seu passado, respondeu que já havia sido preso por tráfico de drogas em data pretérita.

Como consequência da situação, os policiais subiram o nível de suspeição da abordagem e optaram por realizar uma busca veicular aprofundada no veículo, momento em que foi encontrado um compartimento oculto por trás do para-choque traseiro do automóvel. Esse compartimento, conhecido vulgarmente como “mocó”, é feito de forma artesanal e especialmente parado para o transporte de substâncias ilícitas.

Ao abrir o compartimento, a equipe encontrou 24 tabletes de pasta base de cocaína, com peso total aproximado de 24,95 kg. O motorista disse ainda que receberia a quantia de R$ 3.000,00 (três mil reais) pelo serviço e que deixaria o carro em São Paulo (capital) para outra pessoa pegar.

Sendo assim, foi dada ordem de prisão ao abordado pelo crime de tráfico de drogas. Ele foi informado de seus direitos constitucionais e conduzido à Polícia Judiciária Civil de Pontes e Lacerda.

Fonte: PRF MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana