POLÍCIA

Polícia prende autor de tortura e cárcere privado contra funcionário de empresa

Publicados

em


Por Raquel Teixeira

Policiais civis cumpriram nesta quarta-feira (20.10), em uma fazenda no município de Vale do São Domingos, na região Oeste do estado, o mandado de prisão contra um homem de 37 anos, investigado pelos crimes de tortura, sequestro e cárcere privado, que envolvem grilagem de terras na região.

Contra o alvo da prisão foi cumprido também mandado de busca, que resultou na apreensão de quatro armas de fogo, duas delas de pressão, mas adaptadas, além de luneta, munições. As ordens judiciais foram executadas por equipes das Delegacias de Pontes e Lacerda e de Jauru.

Outro funcionário da fazenda foi preso por posse ilegal de arma de fogo e contra ele foi constatado um mandado de prisão preventiva oriundo da Comarca de Ji-Paraná (RO).

Crime

Conforme a apuração realizada pela equipe de investigação da Delegacia de Pontes e Lacerda, no dia 09 de setembro deste ano, a vítima, de 44 anos, voltava por uma estrada rural quando foi abordada por duas pessoas. Armados com uma carabina e um revólver, os suspeitos realizaram disparos contra o veículo e próximo da vítima, a obrigando a parar e fazendo ameaças, de que estavam há tempos procurando pela vítima.

Em seguida, os suspeitos mandaram a vítima deitar no chão e lhe amarraram os braços, a conduzindo em seguida para a fazenda onde foram cumpridas as buscas nesta quarta-feira.

Na propriedade, a vítima permaneceu amarrada pelos braços e pernas a noite toda e a todo momento, os suspeitos apontavam uma arma de fogo e faziam ameaças de morte.

Posteriormente, a vítima foi levada até outro local, onde havia sinal de celular, e os suspeitos fizeram contato com outra pessoa. Depois, fizeram dois disparos próximos à cabeça da vítima que, em seguida, sofreu novas ameaças de morte e tortura, inclusive contra sua família.

No dia seguinte, por volta das 15 horas, a vítima foi liberada do cárcere privado e procurou a Polícia Civil, informando que trabalha há vários anos na região e não havia passado anteriormente por nenhuma situação semelhante.

A partir das informações coletadas, o delegado Marlon Luz representou pelas medidas judiciais, necessárias para coletar novos elementos que vão subsidiar o inquérito sobre  prática dos crimes de tortura, sequestro e cárcere privado, além do possível envolvimento de outras pessoas.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Propaganda

POLÍCIA

Envolvido em roubo a motorista de caminhão é preso pela Polícia Civil

Publicados

em

Por Raquel Teixeira

Um suspeito envolvido em um roubo a um motorista de caminhão foi preso nesta sexta-feira (26.11), em Sinop, após investigação da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos do município.

No início da madrugada de 04 de outubro deste ano, dois homens, armados com uma faca,  renderam o motorista de uma empresa de cargas, que estava estacionado em frente a empresa de transportes. Ele dormiu no veículo esperando amanhecer o dia para descarregar os produtos.

Mesmo rendido, o motorista foi ameaçado de morte a todo momento. Os criminosos disseram à vítima que iriam descarregar a carga em uma região. Depois, foram até outro bairro de Sinop para pegar um segundo motorista e conduzir o caminhão.

Durante o trajeto, o criminoso que conduzia o caminhão perdeu o controle da direção ao realizar uma curva e caiu com o veículo dentro de uma vala de escoamento de água. Em virtude do acidente, a dupla criminosa fugiu e abandonou o caminhão e a vítima, que foi socorrida por terceiros.

Após 30 dias de investigações, a equipe da Derf identificou os dois suspeitos, que foram reconhecidos pela vítima.

O delegado Paulo César Brambila Costa responsável pelo caso, representou ao Poder Judiciário pela prisão preventiva dos suspeitos. Um deles, de 22 anos, foi localizado no bairro São Cristóvão, em Sinop, e encaminhado à delegacia para formalização do mandado de prisão decretado pela 1a Vara Criminal.

As diligências seguem para localizar o segundo investigado pelo roubo.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana