POLÍCIA FEDERAL

Polícia Federal procede a extradição passiva de um português procurado pela Interpol

Publicados

em


Recife/PE – A Polícia Federal procedeu no sábado (5/12) à extradição passiva de um estrangeiro português, de 31 anos, natural de Lamas-Cadaval. O estrangeiro foi entregue no Aeroporto Internacional dos Guararapes para policiais portugueses, que ficaram responsáveis em levá-lo para Portugal, onde deverá responder pelos seus crimes cometidos, após assinar um termo de entrega do preso.

 

RELEMBRE O CASO:

O estrangeiro português foi detido no dia 12/3/2018, no bairro de Santo Amaro/PE, numa operação conjunta realizada pela Polícia Federal e a Polícia Militar de Pernambuco (Rádio Patrulha). Ele estava há dois anos irregular no Brasil e já havia sido notificado pela Polícia Federal a deixar o país, porém ficou foragido desde então em locais de comunidades distantes dos grandes centros da capital pernambucana e paraibana para evitar sua possível prisão para fins de expulsão do país.

Os crimes que são imputados ao foragido em Portugal são crimes sexuais cometidos contra mulheres portuguesas (estupro e ameaça qualificada), praticados em fevereiro de 2015, tendo sido condenado a uma pena de 6 anos e 2 meses.

No Brasil já havia sido autuado por três vezes na Lei Maria da Penha, em virtude de ter relacionamentos agressivos e conturbados com mulheres pernambucanas e paraibanas. O português confessou que comandava um ponto de venda de droga em Portugal e por isso foi denunciado pela própria mãe, o que o forçou a fugir do país após o cometimento de vários crimes. De temperamento agressivo, envolveu-se em brigas com guardas municipais da Paraíba.

A prisão preventiva para extradição foi decretada pelo Supremo Tribunal Federal, no dia 02 março de 2018 e visou atender a um pedido de extradição feito por Portugal ao governo brasileiro, fundado na promessa de reciprocidade entre esses países de tratamento de casos análogos.

Foi montada uma operação conjunta entre as polícias Federal e Militar que resultou em sua localização e consequente prisão. O português foi encontrado e preso após trocas de informações repassadas pela Polícia Federal para policiais militares da Rádio Patrulha/Malhas da Lei, no Bairro de Santo Amaro.

 

Comunicação Social da Polícia Federal em Pernambuco

Fone: (81) 2137-4076
E-mail: [email protected]

Comentários Facebook
Propaganda

POLÍCIA FEDERAL

Polícia Federal deflagra Operação Cozinheiro Fantasma em Marília/SP

Publicados

em


Marília/SP – A Polícia Federal deflagrou nesta sexta-feira (7/5) a Operação Cozinheiro Fantasma visando cumprir 4 mandados de busca e apreensão e 14 mandados de intimação no Município de Piraju/SP, com a finalidade de se obter provas referentes à investigação de fraudes ao benefício do seguro desemprego.

A investigação teve início a partir de denúncia do Posto de Atendimento ao Trabalhador do Município de Piraju/SP, informando o ingresso de 14 requerimentos de seguro desemprego com indícios de demissões fraudulentas envolvendo uma empresa localizada no Município de Osasco/SP, o que gerou prejuízo de aproximadamente R$ 80 mil aos cofres públicos.

Durante as buscas, foram apreendidos telefones celulares, HD’s de computadores e documentos, os quais serão analisados no interesse da investigação.

Os investigados poderão responder, no limite de suas responsabilidades, pelos crimes estelionato majorado (art. 171, § 3º, do Código Penal) e, eventualmente, pelo crime de associação criminosa (art. 288 do Código Penal).

O nome da operação decorreu da constatação de que os investigados nunca haviam desempenhado a função de cozinheiro indicada nos requerimentos de seguro desemprego apresentados ao PAT/PIRAJU.

Comunicação Social da Polícia Federal em Marília

Contato: (14) 3303-3000

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana