POLÍCIA FEDERAL

Policia Federal, em ação conjunta com a Polícia Civil e o GOA/PC/PR, apreende helicóptero com grande carga de cocaína

Publicado


Maringá-PR – Na sexta-feira (20/11), em uma ação integrada entre forças policiais que envolveram as Delegacias de Polícia Federal de Maringá/PR e Guaíra/PR, a Polícia Civil de Campo Mourão/PR e o Grupamento de Operações Aéreas (GOA) da Polícia Civil do Paraná, foi apreendido um helicóptero em área rural do Município de Corumbataí do Sul/PR, o qual estava carregado com aproximadamente 430 quilogramas de cocaína.

Há algum tempo, foram recebidas informações anônimas de que naquela região estavam sendo abastecidos helicópteros, que seriam utilizados para transporte de ilícitos. Na manhã da sexta-feira (20/11), Policiais Civis de Campo Mourão/PR abordaram um veículo em um pátio de hotel de Campo Mourão com um condutor e um carona. Eles estavam transportando cerca de 300 litros de combustível de aeronaves, inclusive utilizando aparato próprio para o abastecimento.

Além do combustível para aeronaves, foram encontrados com os indivíduos, documentos relacionados a helicópteros. A Polícia Militar de Campo Mourão informou o ocorrido a Polícia Federal em Maringá, que em conjunto com a PF de Guaíra/PR e com apoio de um helicóptero do GOA – Grupamento de Operações Aéreas da Polícia Civil do Paraná – sobrevoaram a região, vindo a encontrar o helicóptero com o mesmo prefixo registrado nos documentos encontrados com os abordados anteriormente, em uma área rural do Município de Corumbataí do Sul/PR.

Ao revistar a aeronave, foi localizado em seu interior grande carga de cocaína em forma de cloridrato, totalizando aproximadamente 430 quilogramas.

Foram presos em flagrante os dois indivíduos que davam apoio ao transporte de drogas. Eles responderão pelos crimes de tráfico internacional de entorpecentes e também por organização criminosa.

As diligências continuam para a captura do piloto da aeronave, inclusive com o uso do canil do Choque da Polícia Militar de Maringá/PR.

Trata-se da maior apreensão de cocaína já realizada pela Delegacia de Polícia Federal em Maringá.

 

 

Comunicação Social da Polícia Federal em Maringá/PR

Telefones: (44) 3220-1436

Comentários Facebook
publicidade

POLÍCIA FEDERAL

Operação Ófelos investiga fraudes em solicitações do Auxílio Emergencial no Acre

Publicado


Rio Branco/AC – A Polícia Federal deflagrou nesta manhã (15/01/2021) a Operação ÓFELOS, para combater fraudes na concessão do auxílio emergencial, instituto que teve mais de 60 milhões de beneficiados, em decorrência da pandemia do novo coronavírus. Policiais federais deram cumprimento a 2 mandados de busca e apreensão, na cidade de Cruzeiro do Sul/AC.

 

As medidas são parte de uma Estratégia Integrada de Atuação contra as Fraudes ao Auxílio Emergencial (EIAFAE), da qual participam a Polícia Federal, o Ministério Público Federal (MPF) o Ministério da Cidadania (MCid), a CAIXA, a Receita Federal (RF), a Controladoria-Geral da União (CGU) e o Tribunal de Contas da União (TCU), no escopo de identificar a ocorrência de fraudes massivas e desarticular a atuação de organizações criminosas.

 

A linha de trabalho adotada importa que os pagamentos indevidos e as tentativas de cadastramento irregulares são processados dentro de ferramentas estabelecidas pela Polícia Federal, buscando identificar a atuação de organizações criminosas e conjuntos de fraudes com denominadores comuns (fraudes estruturadas). O objetivo é desarticular ações que causam graves malefícios ao programa assistencial e, por consequência, atingem à toda a parcela da população que necessita dos valores.

 

Importante destacar à população que todos os pagamentos indevidamente realizados são objeto de análise por parte da Polícia Federal e das demais instituições integrantes da EIAFAE. Portanto, se orienta fortemente àqueles que requereram e receberam as parcelas não preenchendo os requisitos do Art. 2º da Lei nº 13.982/2020 que realizem a devolução dos valores, sob pena de estarem passíveis de ter sua ação objeto de investigação criminal.

 

Durante os trabalhos a polícia federal conseguiu ainda recuperar uma moto roubada que estava na casa de um dos suspeitos.

 

Comunicação Social da Polícia Federal no Acre

Contato:

*** O nome da Operação faz alusão a expressão grega “ÓFELOS”, que significa “benefício” em Grego, haja vista que a dupla envolvida nos mandados eram os beneficiados de fraudes nos pagamentos de auxílio emergencial (Lei 13.982/2020), constantes da Base Nacional de Fraudes ao Auxílio Emergencial – BNFAE.

 

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Agronegocio

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana