POLÍCIA FEDERAL

Polícia Federal combate desvio de recursos públicos em Minas Gerais

Publicados

em

Uberaba/MG – Nesta sexta-feira (24/6), a Polícia Federal, em conjunto com o Ministério Público de Minas Gerais – MPMG (Promotoria de Justiça de Defesa do Patrimônio Público de Uberaba), deflagrou em Uberaba/MG a Operação Monturo 2, no combate a desvio de dinheiro público.

Foram cumpridos cinco mandados de busca e apreensão e, até o momento, foram apreendidos nove veículos de propriedade dos réus da ação penal que tramita na 1ª Vara Criminal da Comarca de Uberaba.

A ação é um desdobramento da Operação Monturo, realizada em maio de 2020, que investigou o desvio de verbas públicas na área de limpeza urbana da Prefeitura Municipal Uberabense.

Para a PF, o cumprimento dos mandados de apreensão dos veículos, o sequestro de imóveis e o bloqueio de valores decretado pela Justiça, compreendem ação imprescindível para a desarticulação da organização criminosa e ressarcimento ao erário público dos valores desviados que foram apurados pela Operação Monturo.

Para o MPMG, a união de esforços entre as instituições, a exemplo das medidas adotadas na data de hoje, é essencial para que haja efetividade na defesa do patrimônio público.

Comunicação Social da Polícia Federal em Uberaba/MG

[email protected]

www.pf.gov.br

Comentários Facebook
Propaganda

POLÍCIA FEDERAL

PF prende passageiro tentando embarcar com droga adicionada a pó de café, cacau e maca negra

Publicados

em

Guarulhos/SP – A Polícia Federal prendeu nesta quinta-feira (11/8), um passageiro, identificado por servidores da Receita Federal, com quase 50 Kg de pó de café, cacau e maca negra misturados com cocaína.

Servidores da Receita federal, que fiscalizavam as bagagens despachadas para voo com destino a Doha, no Catar, desconfiaram do conteúdo das bagagens pertencentes a um passageiro, nacional da Nigéria. As imagens do aparelho de raio-x indicavam material suspeito distribuídos em diversos volumes. O proprietário da mala foi localizado junto aos portões de embarque e, após o reconhecimento de suas bagagens, foi conduzido à PF para realização de revista e exames periciais em seus pertences. As embalagens, após abertas, não exalavam nenhum odor suspeito, tampouco as imagens do aparelho de raio-x eram compatíveis com os conteúdos indicados e, no exame visual, aparentavam ser o que indicavam em seus rótulos. Os exames periciais preliminares resultaram positivo para cocaína e outros compostos químicos misturados ao café em pó, cacau e maca negra.

O volume total apreendido com o suspeito, que ingressou no país beneficiado pela Lei do Refúgio e é possuidor de RNE (Registro Nacional de Estrangeiro), somou quase 50 kg. O destino final da viagem do passageiro era a cidade de Lagos, na Nigéria.

O preso será apresentado à Justiça Federal, onde poderá responder pelo crime de tráfico internacional de drogas.

Comunicação Social da Polícia Federal no Aeroporto Internacional de São Paulo/Guarulhos

Contato: (11) 2445-2212

Fonte: Polícia Federal

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

TECNOLOGIA

MATO GROSSO

Política Nacional

Mais Lidas da Semana