POLÍCIA

Polícia cumpre ordens judiciais contra investigados por assassinato e ocultação de cadáver em VG

Publicados

em

A Polícia Civil de Mato Grosso, por meio da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa de Cuiabá (DHPP), deflagrou nesta segunda-feira, 20 de junho, mais uma etapa da Operação Comando da Lei, com cumprimento de oito mandados de prisão e de busca e apreensão contra investigados por um homicídio cometido a mando de organização criminosa.

Nesta investigação, o Núcleo de Repressão a Homicídios praticados por integrantes de organizações criminosas da DHPP apurou o assassinato de Enderson Júlio da Silva Leite, 23 anos, ocorrido no ano passado, em Várzea Grande.

O corpo foi localizado no dia 13 de maio de 2021, na região do bairro Formigueiro, já em estado de decomposição. Ele estava com mãos, pés e o pescoço atados. A vítima ficou desaparecida por mais de uma semana, depois de ser retirada de sua residência na tarde do dia 06 de maio, no residencial São Benedito, por um três pessoas que a obrigaram a acompanhá-las.

Familiares registraram o desaparecimento de Enderson no Núcleo de Pessoas Desaparecidas da DHPP e com a localização do corpo, as investigações passaram para o núcleo que apura crimes cometidos a mando de organizações criminosas.

Conforme o inquérito conduzido pelo delegado Caio Fernando Albuquerque, os investigados – de 26, 31, 28 e 45 anos – respondem pelos crimes de homicídio qualificado, ocultação de cadáver e integração de organização criminosa. Além desses crimes, a equipe da DHPP apurou seis tentativas de homicídio praticadas pelo mesmo grupo.

A Operação Comando da Lei é realizada com o efetivo da DHPP de Cuiabá e apoio do Grupo de Operações Especiais (GOE) da Polícia Civil e do Centro Integrado de Operações Aéreas de Segurança Pública (Cioaper).

Detalhes sobre a investigação e atendimento à imprensa serão passados à imprensa às 9 horas desta 2ª feira, na DHPP de Cuiabá (Avenida tenente-coronel Duarte, próximo à Praça Ipiranga, Centro).

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Propaganda

POLÍCIA

Mulher leva facada, se nega a denunciar o autor do crime e foge do hospital

Publicados

em

Uma mulher de 43 anos foi esfaqueada na madrugada desta quarta-feira (17.08) enquanto bebia em um bar, em Cáceres (distante a 217 km de Cuiabá). Ao ser socorrida, a vítima se negou a dizer quem seria o autor da tentativa de homicídio e as circunstâncias do crime.

A Polícia Militar foi chamada por uma outra pessoa que mora com a mulher esfaqueada. Conforme a Polícia, a ocorrência foi registrada por volta das 2h20. 

A comunicante relatou que mora com a vítima, na Rua Desenhistas, e que a mulher saiu para beber em um bar por volta das 17h. Às 2h, ela chegou em casa bêbada e com um ferimento causado por uma facada no ombro.

Ao ser questionada sobre quem seria o autor da tentativa de homicídio e por qual razão, ela se negou a revelar.

Uma equipe do Corpo de Bombeiros foi acionada e encaminhou a mulher ao Hospital de Cáceres.

Conforme a equipe médica, por volta das 5h de quarta-feira, ela fugiu do local e não foi mais vista.

*Com informações do MidiaNews

 

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

TECNOLOGIA

MATO GROSSO

Política Nacional

Mais Lidas da Semana