POLÍCIA

Polícia Civil recupera aparelho celular furtado dentro de agência bancária em Comodoro

Publicados

em


Assessoria/Polícia Civil-MT

Um aparelho celular furtado dentro de uma agência bancária do município de Comodoro (644 km a oeste de Cuiabá) foi recuperado pela Polícia Civil, na segunda-feira (31.05), logo após o ocorrido. Uma mulher identificada como autora do furto foi presa em flagrante no momento em que tentava desbloquear o aparelho.

Em análise das imagens do sistema de segurança interna da agência foi possível ver o momento em que a vítima esquece o celular no caixa eletrônico e uma mulher que estava ao lado, em outro caixa, percebe o momento de descuido da vítima. Neste momento, a suspeita disfarçadamente passa para o outro caixa em que está o celular, finge que está realizando uma operação e subtrai o aparelho.

Assim que foi comunicada do furto a equipe da Polícia Civil de Comodoro iniciou a buscas na agência junto a equipe administrativa com o objetivo de obter os dados de quem naquele horário havia realizado operações e assim identificar a autoria do furto.

Com a identificação da possível suspeita, os policiais realizaram checagens em sistemas conseguindo chegar ao endereço da suspeita, que já havia levado o aparelho celular em uma loja de eletrônicos para que fosse desbloqueada a senha, dizendo ao técnico que o celular pertencia a sua filha.

A equipe foi até a loja e realizou a apreensão do aparelho e a suspeita foi conduzida até a delegacia, onde após ser ouvida foi autuada em flagrante pelo furto do aparelho.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Propaganda

POLÍCIA

Polícia resgata mulher e prende suspeito por sequestro e cárcere privado

Publicados

em

Os policiais receberam uma denúncia anônima de que havia uma mulher sendo mantida em cárcere privado em uma residência, na região central do município. De imediato, a equipe da PM foi até a casa denunciada e se deparou com a vítima. 

Apavorada, a mulher contou à polícia que o homem ainda estava dentro do imóvel, a PM prendeu o suspeito. De acordo com a vítima, há dois meses, ela está convivendo com o suspeito, que a proíbe de sair de casa, força ela a trabalhar na confecção de uma cerca rural e profere inúmeras ameaças contra ela.

A PM identificou que a mulher apresenta hematomas no braço direito e na cabeça. A vítima relatou que as lesões se tratam de agressões ocasionadas pelo homem. A vítima ainda denunciou que quando o suspeito ingere bebida alcóolica obriga seus filhos menores de idade a tomarem  a bebida.

Foi constatado pela PM que o suspeito já possui inúmeras passagens criminais. O homem foi conduzido à Delegacia. A ocorrência foi entregue à Polícia Judiciária Civil.

Fonte: PM MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana