POLÍCIA

Polícia Civil prende quatro por tráfico, entre eles, foragido que era dado como morto

Publicado


Assessoria/Polícia Civil-MT

Quatro pessoas, entre elas uma menor de idade, envolvidas com o tráfico de drogas em Nova Mutum (254 km ao norte de Cuiabá), foram presas em flagrante pela Polícia Civil, na terça-feira (01.12), em ação da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf) do município. Entre os detidos, está um foragido da Justiça, que era dado como morto.

Os investigadores da Derf realizavam diligências no bairro Flor de Pequi para verificação de uma denúncia de tráfico de drogas, quando avistaram um veículo Volkswagem Gol, parado em frente a uma residência. Na abordagem dos ocupantes, os policiais encontraram com um dos suspeitos uma mochila com uma pistola 840, calibre .40, com 12 munições.

Em checagem, foi constatado que a arma era de patrimônio extraviado da Polícia Militar de Mato Grosso. Logo em seguida, a namorada do suspeito saiu da residência, em posse de outra mochila, que continha uma porção de maconha e dinheiro trocado (notas de R$ 2, 5 e 10) característico da atividade de tráfico.

Em continuidade as diligências, os policiais entraram na residência onde encontraram suspeito com mandado de prisão em aberto, na companhia da menor de idade. O suspeito considerado foragido da Justiça era dado como morto pelas Forças de Segurança do Estado, uma vez que foi alvejado durante uma troca de tiros ocorrida em Rondonópolis.

Em buscas na residência, foram apreendidas outras porções de entorpecentes, caderno de contabilidade para o tráfico, material para embalo da droga e um pote com sementes de maconha.

Diante da situação, os quatro suspeitos foram conduzidos à delegacia onde foi lavrado o flagrante pelos crimes de tráfico de drogas, associação para o tráfico, posse ilegal de arma de fogo e corrupção de menores. A adolescente que estava na casa responderá pelo ato infracional de tráfico de drogas e associação para o tráfico.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
publicidade

POLÍCIA

Casal é preso suspeito de fazer contrabando de defensivo agrícola

Publicado


Policiais do 26º Batalhão da Polícia Militar prenderam um casal, o homem de 60 e a mulher de 38 anos, que foi abordado e preso na tarde desta sexta-feira (15.01), no pátio de uma empresa de guincho em Nova Mutum (268 km de Cuiabá). Marido e mulher haviam acabado de chegar trazendo cerca de 300 quilos de defensivos agrícolas supostamente contrabandeados do Paraguai.

Conforme narrativa dos policiais, inicialmente o homem revelou se tratar de suplemento animal para ser misturado ao sal, porém, uma apuração preliminar indicou que seria defensivo agrícola, ou seja, veneno para ser usado na plantação de grãos.

O produto veio do Paraguai, na fronteira com Mato Grosso do Sul, passou pela cidade da Cascavel, no Paraná, onde ganhou nova embalagem, e tinha como destino final um produtor de Lucas do Rio Verde. Durante a checagem os policiais também perceberam irregularidade na nota fiscal apresentada pelo casal.

O defensivo estava sendo transportado em uma caminhonete modelo Strada. A apreensão e prisões foram realizadas a partir de informações sobre carro suspeito de transportar contrabando, repassadas à PM por equipe da Polícia Rodoviária Federal. O casal, a caminhonete e o produto ficaram à disposição do plantão da Delegacia Municipal de Nova Mutum.

Serviço

A sociedade pode contribuir com as ações da Polícia Militar de qualquer cidade do Estado, pelo 190 ou, sem precisar se identificar, por meio do disque-denúncia 0800.65.3939. Nesse número, sem custo de ligação, qualquer cidadão pode informar situações suspeitas ou crimes. Exemplos: a presença de foragidos da Justiça com mandado de prisão em aberto e ponto de venda de droga.

Fonte: PM MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Agronegocio

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana