POLÍCIA

Polícia Civil prende padrasto por estupro de vulnerável e posse ilegal de arma de fogo

Publicados

em


Assessoria | Polícia Civil-MT

Um padrasto acusado de estupro de vulnerável contra sua enteada de 14 anos em Nova Xavantiva (645 km a leste de Cuiabá), foi preso pela Polícia Civil do município na noite de sexta-feira (09.04). Com ele foi apreendida uma arma de fogo e cinco munições. 

O suspeito de 48 anos foi autuado em flagrante pelos crimes estupro de vulnerável e posse ilegal de arma de fogo, após ser preso pelos policiais civis em uma propriedade na zona rural de Nova Xavantina.

As diligências iniciaram após a Delegacia de Polícia receber denúncia sobre a adolescente, vítima de abuso sexual cometido pela padastro. Conforme informações, a vítima conseguiu filmar algumas investidas do suspeito contra a mesma, ocorridas na tarde de sexta-feira (09).

Ouvida na delegacia, a menor revelou que vinha sofrendo abusos sexuais por parte do padrasto, desde quando tinha 5 anos, e não aguentava mais as agressões física e psicológica. Então resolveu filmar e enviar o vídeo para os familiares. Ela contou que sentia mais medo em razão do agressor possuir arma de fogo em casa. A adolescente foi encaminhada para o Hospital Municipal para realização dos exames e constatação do ocorrido.  

Diante dos fatos graves e indícios de provas, os policiais civis foram até a chácara onde o padrasto foi detido em flagrante. No local foi encontrada uma arma de fogo (carabina) de calibre 22 e mais cinco munições intactas.

O suspeito foi encaminhado até a Delegacia de Nova Xavantina, onde foi interrogado e autuado em flagrante delito por estupro de vulnerável e posse ilegal de arma de fogo. Após a confecção dos autos, o preso foi conduzido para o Presídio Major Zuzi Alves da Silva, em Água Boa, ficando à disposição da Justiça.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Propaganda

POLÍCIA

Policiais promovem encontro de pai e filho em Peixoto de Azevedo

Publicados

em


Policiais do 22º BPM de Peixoto de Azevedo (a 691 km de Cuiabá) ajudaram neste sábado (08.05), um senhor e seu filho de 12 anos.

O jovem pediu ajuda na unidade do Núcleo de União do Norte dizendo ter sido deixado pelo seu pai que dirigia um caminhão. Ele contou não ter o avisado que ia descer do veículo durante uma parada. Como não notou a ausência do filho, o pai seguiu viagem.

A informação foi passada via rádio e, em diligência os militares de Matupá localizaram o senhor. Na conversa, ele confirmou não ter sentido a falta do filho e acreditava que estivesse dormindo como fez boa parte da viagem.  Os policiais levaram o adolescente até a unidade de Matupá.

No reencontro, pai e filho disseram estarem aliviados e felizes e agradeceram a ajuda dos militares.

Serviço

A sociedade pode contribuir com as ações da Polícia Militar de qualquer cidade do Estado, pelo 190 ou, sem precisar se identificar, por meio do disque-denúncia 08000.65.3939. Nesse número, sem custo de ligação, qualquer cidadão pode informar situações suspeitas ou crimes. Exemplos: a presença de foragidos da Justiça com mandado de prisão em aberto e ponto de venda de droga.

Fonte: PM MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana