POLÍCIA

Polícia Civil prende autores de homicídio que mataram vítima a facadas em Cotriguaçu

Publicados

em


Assessoria/Polícia Civil-MT

Um homicídio ocorrido na noite de sexta-feira (19.12) em Cotriguaçu foi rapidamente esclarecido durante ação conjunta da Polícia Civil e Militar do município com a prisão dos dois autores do crime, de 37 e 32 anos. Segundo as investigações, o crime foi motivado por motivo fútil, uma rixa antiga entre os suspeitos e a vítima.

O crime que vitimou Kacio Vitor da Silva Oliveira, 25 anos, ocorreu em bar do município sendo a vítima agredida e atingida com aproximadamente 30 golpes de faca pelos suspeitos. A vítima chegou a ser socorrida porém não resistiu aos ferimentos e morreu logo que deu entrada no hospital municipal.

Assim que foram acionadas dos fatos, as equipes da Polícia Civil e Militar iniciaram as diligências para prender os suspeitos, que foram identificados através de imagens de câmera de segurança e depoimento de testemunhas. Através das imagens, foi possível visualizar toda a ação dos suspeitos, assim como o momento em que eles fugiram em uma caminhonete Toyota Hilux.

Com a identificação dos suspeitos, os policiais conseguiram localizar o veículo na garagem da casa de um deles. Diante das evidências, as equipes entraram na residência, onde o foi realizada a prisão em flagrante do suspeito. Na casa, foram apreendidas as roupas do suspeito que já estavam na máquina de lavar e as botinas que estavam sujas de barro e sangue.

Diante das evidências, o suspeito foi conduzido a Delegacia de Cotriguçu. O segundo envolvido no crime se apresentou logo depois na delegacia. Após serem interrogados, os suspeitos foram autuados em flagrante pelo crime de homicídio qualificado pelo motivo fútil e sendo posteriormente encaminhados para Cadeia Pública local.

 

 

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Propaganda

POLÍCIA

Polícia Civil prende suspeito de estupro contra irmãs menores de idade em Poconé

Publicados

em


Assessoria/Polícia Civil-MT

Um homem identificado como autor de estupro cometidos contra duas irmãs menores de idade em Poconé (104 km ao sul de Cuiabá) teve o mandado de prisão cumprido pela Polícia Civil, nesta segunda-feira (21.06). O suspeito de 20 anos abusou sexualmente das irmãs, de 11 e de 15 anos de idade e responderá pelos crimes de estupro de vulnerável e estupro.

As investigações iniciaram no dia 20 de maio, quando o pai das vítimas procurou a Delegacia de Poconé para relatando que as vítimas foram abusadas sexualmente e continuavam sendo assediadas pelo suspeito.

Segundo as informações, uma das menores brincava na rua, quando foi abordada pelo suspeito que a chamou para ir até o seu local de trabalho onde ocorreram os abusos. O mesmo fato também teria ocorrido com a irmã mais velha.

Durante as investigações, as meninas foram ouvidas e confirmaram os abusos, relatando que o suspeito tirava a roupa delas e praticava os atos libidinosos, chegando a consumar a conjunção carnal com a mais velha e tentar contra a mais nova.

Após a prática dos abusos, o suspeito continuava mandado mensagens para as menores através do aplicativo whatsapp, pedindo vídeos pornográficos e dizendo que queria manter relações sexuais com elas. Ao serem ouvidas, as menores demonstraram muito envergonhadas e amedrontadas com a situação.

Diante dos fatos, o delegado Maurício Pereira Maciel representou pelos mandados de busca e apreensão e prisão preventiva do suspeito que foram deferidos pela Justiça. O mandado de prisão preventiva foi cumprido nesta segunda-feira (21), na tornearia do pai do suspeito em Poconé.

Ele foi conduzido à Delegacia de Poconé, onde foi interrogado e tomadas as providências de praxe para cumprimento do mandado.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana