mato grosso

Polícia Civil empossa mais 17 delegados; após formados, irão integrar unidades do interior

Publicados

em


Dezessete novos delegados da Polícia Civil foram empossados nesta segunda-feira (29.11), em cerimônia na Diretoria-Geral da instituição. Os profissionais foram nomeados no último dia 16 e se juntam aos 19 que já estão em formação pela Academia da Polícia Civil. Após formados, eles serão lotados em delegacias do interior de Mato Grosso.

Lícia Juliane de Paiva é natural de Brasília e assume o cargo em Mato Grosso trazendo a experiência profissional como delegada no estado do Maranhão. “É um sonho de uma vida para mim e os colegas, que batalhamos uito para este momento. Esperamos contribuir de forma bem positiva com a segurança e servir a população”, disse a mais nova delegada do Estado.

As novas nomeações foram possíveis, de acordo com a Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão, após um intenso trabalho de gestão e busca pelo reequilíbrio das contas públicas, o que possibilitou o chamamento para a recomposição do quadro de delegados na Polícia Civil, que vem sofrendo redução crescente nos últimos seis anos.

O delegado-geral da Polícia Civil, Mário Dermeval, destacou à nova turma o momento de transformações tecnológicas e de infraestrutura pela qual passa a instituição, que vêm sendo conquistadas graças às parcerias e apoio do Governo do Estado.

“Tecnologicamente, a Polícia Civil conquistou diversos avanços, a exemplo do inquérito eletrônico, integrado totalmente ao Processo Judicial, que suprimiu o papel na nossa instituição, e outros projetos a serem entregues nos próximos meses que nos distinguirão positivamente da maioria das Polícias Civis do País. Elaboramos uma política de investimentos tecnológicos que resultaram em evolução e nos colocaram na vanguarda em resultados e novidades”, apontou o gestor, acrescentando ainda que “os investimentos também alcançam a área da inteligência, com perspectiva de inovação investigativa e novidades, entre elas, a utilização de algoritmos. E para o próximo ano, em recursos do Estado, temos previstos R$ 13 milhões para o inquérito eletrônico”, pontuou o gestor.

Representando o governador Mauro Mendes, o secretário-chefe da Casa Civil, Mauro Carvalho, falou do esforço realizado pela gestão em construir uma estrutura que a população possa acessar com qualidade os serviços públicos e também do empenho dos novos profissionais em colaborar para que o Estado tenha excelência nas áreas de atuação. “O Governo tem realizado diversos investimentos na segurança pública, inclusive para chamar os aprovados no concurso de delegados. Temos a consciência do déficit existente e o governo vem fazendo ao longo desses 2 anos e 10 meses o saneamento das contas para que essa convocação fosse possível”, reforçou o secretário.

Carvalho lembrou do papel da Polícia Civil para a sociedade mato-grossense e do empenho dos profissionais em prestar serviços de qualidade. “É a instituição que recebe o cidadão mato-grossense e devemos entregar para a sociedade aquilo que todos esperam de cada profissional, cuidado e amor com o trabalho desempenhado. Escutamos sempre que muitos empresários desejam investir em Mato Grosso e o quesito segurança é sempre muito lembrado e a imagem dessa insituição é que traz a segurança para nós mato-grossenses”, finalizou.

Acompanharam também a cerimônia de posse os diretores da Polícia: Walfrido Franklim do Nascimento (Interior); Eliane Moraes (Academia de Polícia), Daniela Maidel (Execução Estratégica) e Jesset Munhoz (Corregedoria-geral); superintendente de Inteligência da Sesp, delegado Diogo Santana; José Lindomar Costa, presidente da Associação dos Delegados e Maria Alice Amorim, presidente do Sindicato dos Delegados.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Propaganda

mato grosso

Ação integrada apreende carga de pasta base avaliada em R$ 14,3 milhões

Publicados

em


Mais de 608 quilos de pasta base e cloridrato de cocaína, avaliados em mais de R$14,3 milhões, foram apreendidos na BR-174 na manhã desta quinta-feira (27.01), em Porto Esperidião (322 km de Cuiabá). A ação foi um trabalho integrada do Grupo Especial de Segurança de Fronteira (Gefron) e Força Tática do 6º Comando Regional da Polícia Militar e a Polícia Federal.  Em menos de um mês o Gefron soma a apreensão de mais de uma tonelada de drogas em 2022.  

A apreensão ocorreu por volta de 7h da manhã, quando os veículos seguiram pela BR-174 deixando a cidade de Pontes e Lacerda sentido à Porto Esperidião. Durante a aproximação os policiais identificaram que se tratavam de dois veículos, sendo que um Hyundai Elantra que atuava como batedor e uma caminhonete VW Amarok, que transportava a droga.

Após abordagem os veículos, os policiais encontraram diversas malas carregadas com tabletes de entorpecente na cabine e na carroceria do veículo. Ao todo, foram 120 quilos de pasta base de cocaína, avaliados em mais de R$ 2,1 milhões e 488 quilos de cloridrato de cocaína e pode ser comercializada por mais de R$ 12,2 milhões.

Os dois homens que conduziam os veículos foram presos em flagrante durante a ação e podem responder por tráfico internacional de drogas. Um dos presos já tinha passagem por evasão de divisa, tentando atravessar a fronteira com dinheiro não declarado. Os suspeitos, os veículos e a droga foram encaminhados a Polícia Federal de Cáceres (220 km de Cuiabá).  

Com mais esta apreensão, o Grupo Especial de Segurança de Fronteira (Gefron), já aprendeu mais de 995 quilos do entorpecente em ações conjunta com a Polícia Federal. Sendo que outros 272 quilos foram apreendidos em uma Toyota Hillux durante ação no município de Campo de Júlio (566 km de Cuiabá). Na ocasião, quatro homens foram presos fazendo o transporte da droga.

Além disso, os operadores de fronteira apreenderam outros 115 quilos de cloridrato e pasta base de cocaína em três ocorrências diferentes com o apoio da Polícia Militar. Sendo 16 quilos de cloridrato de cocaína em Pontes e Lacerda e 99 quilos de pasta base em Cáceres.  Ambos os municípios estão na faixa de fronteira com a Bolívia.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana