POLÍCIA

Polícia Civil e Gaeco cumprem mandados no Centro de Ressocialização de Sorriso

Publicados

em


.

Assessoria/Polícia Civil-MT

A Polícia Civil de Sorriso, em parceria com o Grupo de Atuação Especial Contra o Crime Organizado (Gaeco), deflagrou na manhã desta quarta-feira (29.04), a operação “Cárcere”, com objetivo de identificar pessoas envolvidas com a inserção de objetos ilícitos, como entorpecentes e aparelhos celulares, no interior do Centro de Ressocialização de Sorriso (442 km ao Norte de Cuiabá).

Durante os trabalhos, foram cumpridas 13 ordens judiciais, sendo quatro mandados de prisão preventiva e nove mandados de busca e apreensão. A ação também resultou em três policiais penais afastados do cargo por tempo indeterminado e na apreensão de nove aparelhos celulares.

Dois agentes prisionais foram autuados em flagrante por porte ilegal de arma de fogo, pois estavam com o registro de suas armas particulares vencidos

A operação contou com policiais da Delegacia da Polícia Civil de Sorriso e da Força Tática do 12º Batalhão da Polícia Militar.

 

 

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Propaganda

POLÍCIA

Polícia Civil e Sema flagram exploração de garimpo em desacordo com licença ambiental

Publicados

em


Raquel Teixeira/Polícia Civli-MT

A Polícia Civil de Peixoto de Azevedo (691 km ao norte de Cuiabá) e a regional da Secretaria de Estado de Meio Ambiente realizaram uma ação integrada na quarta-feira para averiguar uma denúncia de exploração irregular em um garimpo, a 30 quilômetros da sede do município.

Policiais civis da Delegacia Regional e Municipal, junto com fiscais da Sema foram até o local de extração de minério para checar a procedência das informações e constataram, após medição, que o garimpo está realizando exploração além da área permitida.

O delegado de Peixoto de Azevedo, Edmundo Félix de Barros Filho, explica que a exploração excedeu a área legal conforme a licença ambiental emitida pelo órgão ambiental.

O responsável pelo garimpo foi autuado em flagrante pelo crime ambiental de executar pesquisa, lavra ou extração de recursos minerais em desacordo com a licença obtida, conforme o artigo 55 da Lei de Crimes Ambientais.

Foram também aprendidos oito maquinários do garimpo, entre tratores, pá carregadeira, esteira e motores. Um dos responsáveis pela área foi conduzido à delegacia para prestar esclarecimentos e autuado em flagrante pelo crime ambiental.

A Sema lavrou um auto de infração administrativa. O maquinário está à disposição do Poder Judiciário.

 

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana