POLÍCIA

Polícia Civil distribui 200 cestas básicas em Vila Bela da Santíssima Trindade

Publicados

em


Assessoria | Polícia Civil-MT

Fortalecendo o auxílio e amparo as famílias carentes de Vila Bela da Santíssima Trindade (521 km a oeste de Cuiabá), a Polícia Civil do município realizou a campanha “Natal Solidário” conseguindo angariar cerca de 200 cestas básicas que foram distribuídas no município e região.

A Delegacia de Polícia de Vila Bela da Santíssima Trindade iniciou o trabalho voluntário de doação e recolhimento dos alimentos há cerca de um mês, contando com apoio da comunidade e dos comerciantes da cidade que tornaram possível alcançar a meta da ação solidária.

Conforme o delegado do município, João Paulo Berte, nesta terça-feira (22.12) os policiais civis iniciaram a primeira etapa da distribuição e entrega das cestas básicas, a qual está sendo realizada de acordo com o cadastro da Secretaria de Assistência Social do município.

“Além do trabalho diário de investigação e combate à criminalidade na região, a Polícia Civil de Vila Bela da Santíssima Trindade também atua em prol das pessoas necessitadas. O sucesso da campanha que visa proporcionar um natal melhor para todos, foi possível em razão da parceria dos servidores e colaboradores”, agradeceu o delegado. 

 

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Propaganda

POLÍCIA

Policiais civis de Confresa apreendem carvão vegetal sem licença ambiental

Publicados

em


Assessoria/Polícia Civil-MT

Policiais da Delegacia Municipal de Confresa (1.260 km a nordeste de Cuiabá) apreenderam nesta quarta-feira (14) dezenas de sacos de carvão vegetal, que estavam sendo descarregados em um supermercado da cidade.

Os policiais abordaram a pessoa que fazia a descarga dos 86 sacos de carvão e questionaram  a nota fiscal do produto. O responsável, de 45 anos, alegou aos investigadores que não tinha documento e nem licença ambiental para exploração de produto de origem vegetal.

Os sacos de carvão foram apreendidos e o responsável encaminhado à Delegacia de Confresa, onde foi autuado por crime contra a flora, conforme artigo 46 da Lei Ambiental, que é vender, expor à venda, transportar ou guardar madeira, lenha, carvão ou outros produtos de origem vegetal, sem licença.

Foi lavrado um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO), que será encaminhado ao Juizado Especial.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana