BRASIL E MUNDO

Polícia boliviana prende sete por morte de alunos em universidade

Publicados

em


source
Jovens se aglomeravam no andar quando guarda-corpo cedeu
Reprodução/Twitter

Jovens se aglomeravam no andar quando guarda-corpo cedeu


Sete estudantes da Universidade Pública de El Alto, na Bolívia , foram presos suspeitos de convocar uma assembleia estudantil que terminou com sete mortos na última terça-feira (2), após um grupo cair do quarto andar do local quando um guarda-corpo cedeu . De acordo com a Agência Boliviana de Informação (ABI), os presos vão ser acusados de homicídio culposo e lesões graves e gravíssimas.

“As investigações realizadas permitiram a identificação de lideranças que incitaram a aglomeração de pessoas e os confrontos que desencadearam os fatos em que 7 estudantes perderam a vida”, informou a polícia boliviana no Twitter. “A autoridade indicou que a convocação de uma assembleia estudantil violou os regulamentos atuais que proíbem concentrações de massa para evitar a disseminação do Covid-19”, disse a ABI.


O comandante geral da Polícia, coronel Johnny Aguilera, disse que as autoridades e professores da Universidade Pública de El Alto também estão sendo investigados para estabelecer se há um vínculo com a assembleia estudantil . Investigações preliminares apontaram que muitos alunos subiram até o andar para um curso no Centro de Estudantes da Faculdade de Economia. O reitor da Universidade, Freddy Medrano, negou que a instituição tenha aprovado a reunião. 

Fonte: IG Mundo

Comentários Facebook
Propaganda

BRASIL E MUNDO

CPI da Covid busca ouvir 15 membros do governo Bolsonaro

Publicados

em


source
CPI da Covid busca ouvir 15 membros do governo Bolsonaro
Reprodução: iG Minas Gerais

CPI da Covid busca ouvir 15 membros do governo Bolsonaro

Uma minuta da estratégia de trabalho da  CPI da Covid revelou que pretende convocar para prestar depoimentos, pelo menos, 15 membros do governo Bolsonaro que passaram pela condução no combate federal a pandemia de covid-19. As informações são do jornal O Globo .

Entre os possíveis convocados, destacam-se:

Ministro da Saúde – Marcelo Queiroga;

Ex-ministros da Saúde – Luiz Henrique Mandetta, Nelson Teich, Eduardo Pazuello;

Ex-secretários do Ministério da Saúde – Antonio Elcio Franco, Mayra Pinheiro e Airton Cascavel;

Ex-ministro das Relações Exteriores – Ernesto Araújo;

Ministro da Economia – Paulo Guedes;

Secretários e ex-secretários – Bruno Funchal (secretário do Tesouro Nacional), Edson Pujol (ex-comandante do Exército), Fábio Wajngarten (Comunicação), Flávio Rocha (Assuntos Estratégicos), Nilza Emy (secretária Nacional do Cadastro Único do Ministério da Cidadania) e Otávio Brandelli (secretário-geral do Itamaraty).

A ata obtida também contempla audiências públicas com especialistas na área de combate a pandemia do novo coronavírus. Entre os mencionados pelos senadores envolvidos na comissão parlamentar de inquérito, destacam-se:

Você viu?

– Átila Iamarino;

– Miguel Nicolelis;

– David Uip (FMUSP);

– Ludhmila Hajjar (FMUSP);

– Roberto Kalil Filho (FMUSP);

– Natália Pasternak (USP);

– Marcia Castro (Harvard);

– Margareth Dalcolmo (Fiocruz).


A proposta de convocação e o plano de trabalho ainda precisam ser aprovados pela CPI e, no momento, encontram-se em fase de discussão . Os principais pontos de discussão da comissão também foram dividos em subrelatorias.

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana