BRASIL E MUNDO

Polícia acredita que jovem achado morto em freezer entrou para se refrescar

Publicados

em


source
O adolescente foi encontrado morto dentro de um freezer em janeiro deste ano
Divulgação/PCMS

O adolescente foi encontrado morto dentro de um freezer em janeiro deste ano

A Polícia Civil de Campo Grande (MS) acredita que a morte do jovem que foi encontrado em um freezer  na casa da família em janeiro foi acidental. Segundo as investigações, a possibilidade de ter ocorrido um assassinato está praticamente descartada. As informações são do portal UOL .

A principal hipótese é que o adolescente teria tido um mal súbito enquanto estava dentro do  eletrodoméstico e acabou morrendo, de acordo com a Delegacia Especializada de Proteção à Criança e ao Adolescente (DEPCA). As investigações sugerem que o jovem teria tentado usar o eletrodoméstico para se refrescar, devido ao calor que fazia no dia. “Analisando o caso, a gente percebeu que estava muito calor, há depoimentos de que ele [a vítima] sentia muito calor. E [acreditamos] que ele se banhava no quintal da avó”, disse a delegada Elaine Belicasa ao UOL .

A morte da vítima foi apontada como indeterminada no laudo da perícia. De acordo com a  delegada, o corpo já estava em estado avançado de decomposição, uma vez que passou mais de 24h dentro do freezer fechado. Devido à situação, não é possível saber se o adolescente sofreu um infarto, derrame ou se a morte foi causada pelo choque de estar dentro do aparelho. “Estupro foi descartado”, acrescentou a delegada.

Os policiais sustentam o argumento que o menor passou mal por algum motivo e, como o freezer fechou a porta, ele morreu. Segundo a delegada, um dos fatores que podem ter sido determinantes para a morte do menor foi o fato de ele usar anabolizantes escondido da família.

Comentários Facebook
Propaganda

BRASIL E MUNDO

“Tartaruga mutante” nasce com duas cabeças em parque dos Estados Unidos

Publicados

em


source
Reprodução

“Tartaruga mutante” nasce com duas cabeças em parque dos Estados Unidos

Uma tartaruga ‘mutante’ de duas cabeças foi encontrada em um parque estadual da Carolina do Sul, nos Estados Unidos . O animal, ainda filhhote, foi descoberto na última quarta-feira (21) e sua imagem foi compartilhada nas redes sociais da Patrulha das Tartarugas Marinhas do Parque Estadual de Edisto Beach. As informações são do portal Uol.

Essa é uma condição “muito rara”, de acordo com a Patrulha que foi chamada para atender um chamado de ‘emergência’ no local.

Ao chegar no parque estadual, o grupo cavou a areia para identificar quais ovos haviam sido chocados e auxiliar os filhotes em situação de vulnerabilidade.

“Ao fazer um inventário na quarta-feira passada, patrulheiros e voluntários encontraram três filhotes vivos de tartarugas marinhas cabeçudas ainda na câmara, mas um filhote, em particular, se destacou porque tinha duas cabeças”, explicou a equipe de Patrulha em suas redes sociais.


Este filhote não foi a única tartaruga de duas cabeças encontrada no parque estadual da Carolina do Sul, mas foi inédito para a turma voluntária. Eles explicaram que “este filhote de duas cabeças é o resultado de uma mutação genética” e que, após uma pequena sessão de fotos, o animal foi entregue ao oceano.

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana