POLÍCIA

Polícia acaba com festa; menores estavam consumindo drogas e narguilé

Publicados

em

Policiais do 4º BPM, Rotam e Força Tática  encaminharam à delegacia na madrugada deste domingo (25.07), dois homens de 28 e 38 anos por corrupção de menores e por promoverem aglomeração em período de pandemia, em Várzea Grande.

Leia também: Uso de narguilé cresce e faz vítimas. Em Cuiabá uma menina perdeu parte do pulmão

A informação via disque-denúncia descrevia uma festa clandestina sendo realizada em uma chácara localizada na estrada sentido a cidade de Cáceres logo após o Trevo do Lagarto. Com a chegada das viaturas, as pessoas correram na direção de uma área de mata e jogaram porções de entorpecente pelo caminho.

Os militares notaram que não havia qualquer medida de biossegurança ou uso de máscara, além de cinco menores de idade entre 15 e 17 anos, no local. Cerca de 160 pessoas estavam no momento da ação policial. Os frequentadores faziam uso de bebida alcoólica e compartilhavam narguilé.  Entre as drogas encontradas, porções de pasta base de cocaína e maconha.

Já na Central de Flagrante, a mãe de uma das adolescentes assumiu a responsabilidade sob as outras meninas até a chegada de um responsável.

Serviço

A sociedade pode contribuir com as ações da Polícia Militar de qualquer cidade do Estado, pelo 190 ou, sem precisar se identificar, por meio do disque-denúncia 08000.65.3939. Nesse número, sem custo de ligação, qualquer cidadão pode informar situações suspeitas ou crimes. Exemplos: a presença de foragidos da Justiça com mandado de prisão em aberto e ponto de venda de droga.

Fonte: PM MT

Comentários Facebook
Propaganda

POLÍCIA

Polícia prende homem e apreende cocaína avaliada em R$ 3 milhões

Publicados

em

Equipe da Polícia Rodoviária Federal, durante fiscalização de rotina na BR 174, no município de Pontes e Lacerda, deu ordem de parada a um Fiat Uno de cor branca, conduzido por um homem de 42 anos.

No momento da abordagem, o condutor apresentou certo nervosismo, e quando indagado sobre o destino da viagem, apresentou respostas contraditórias e desconexas. Ainda, após ser questionado novamente, desta vez sobre o seu passado, respondeu que já havia sido preso por tráfico de drogas em data pretérita.

Como consequência da situação, os policiais subiram o nível de suspeição da abordagem e optaram por realizar uma busca veicular aprofundada no veículo, momento em que foi encontrado um compartimento oculto por trás do para-choque traseiro do automóvel. Esse compartimento, conhecido vulgarmente como “mocó”, é feito de forma artesanal e especialmente parado para o transporte de substâncias ilícitas.

Ao abrir o compartimento, a equipe encontrou 24 tabletes de pasta base de cocaína, com peso total aproximado de 24,95 kg. O motorista disse ainda que receberia a quantia de R$ 3.000,00 (três mil reais) pelo serviço e que deixaria o carro em São Paulo (capital) para outra pessoa pegar.

Sendo assim, foi dada ordem de prisão ao abordado pelo crime de tráfico de drogas. Ele foi informado de seus direitos constitucionais e conduzido à Polícia Judiciária Civil de Pontes e Lacerda.

Fonte: PRF MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana