MULHER

Poder místico do orégano: a planta da felicidade

Publicado


source

João Bidu

undefined
Larissa Silva

Poder místico do orégano: a planta da felicidade

O orégano é um tempero muito utilizado no Brasil. Essa erva aromática, além de proporcionar sabor às receitas, é rica em nutrientes e contém propriedades místicas benéficas para o bem-estar das pessoas. É por isso que o orégano é conhecido como a planta da felicidade.

Saiba mais sobre essa poderosa erva, os seus benefícios para a saúde e como aproveitar todas as suas energias.

+ Inscreva-se no Clube João Bidu e receba conteúdo exclusivo! Basta baixar o app do Telegram no seu celular e entrar neste  LINK !

Poder místico do orégano: a planta da felicidade

Para a saúde física, o orégano é um bom componente para se ter uma vida saudável, uma vez que ele é composto por antioxidantes, que limpam o organismo eliminando os radicais livres que podem causar problemas no corpo. Um exemplo de doença que o orégano combate é o câncer, dessa forma, consumir a erva em receitas saudáveis, na forma de chá ou utilizar o óleo essencial são formas de prevenir o câncer.

A erva também contém propriedades antibacterianas e a sua versão em óleo essencial ajuda a combater bactérias que podem provocar infecções. 

Já para o corpo energético e o emocional, o aroma do orégano estimula o sentimento de felicidade e provoca uma sensação de paz. Ao sentir essas emoções e, em resposta, propagar boas energias ao seu redor, o seu corpo energético fica mais forte e protegido contra influências externas.

Esse poder do orégano, de estimular as boas emoções, é conhecido há tempos. Os gregos, por exemplo, acreditavam que a erva era um presente da deusa Afrodite para o povo, já que ela trazia felicidade para quem a usasse.

Ademais, a erva auxilia na mudança interna, removendo as dúvidas do coração e ajudando no desenvolvimento do pensamento “eu sou aceito, aqui é o meu lugar”. Assim, você passa a ficar confortável de estar em um determinado lugar que antes você não se sentia bem-vindo. Esse poder do orégano, de contribuir na criação de laços entre pessoas e lugares, também ajuda na concretização de projetos e na atração da sorte.

Para aproveitar esses benefícios, tenha em casa um vasinho de orégano e deixe-o, principalmente, no local que tenha um astral mais negativo ou haja acúmulo de energias pesadas. Dessa forma, você limpa a área e, consequentemente, ajuda na restauração do bem-estar das pessoas que estão por perto.

Faça também um banho com a erva, especialmente na sexta-feira, dia da deusa Afrodite. O banho pode ser preparado com a infusão do orégano. Espere a mistura esfriar e depois do seu banho habitual de higiene, jogue a água de orégano do pescoço para baixo. Esse ritual traz felicidade e deixa a mente mais calma.

Além disso, o banho de orégano é perfeito para ser usado com a intenção de abrir os caminhos para receber amor. Para funcionar, mentalize esse desejo e sinta-o pulsar no seu coração, para que assim o seu desejo seja transmitido ao Universo.

LEIA TAMBÉM:

Descubra os benefícios do alecrim para o corpo e a mente

Conheça as plantas regidas pelo Sol e os benefícios de cada uma

Ervas de proteção: como utilizar o poder dessas plantas a seu favor

Fonte: IG Mulher

Comentários Facebook
publicidade

MULHER

Alimentação para crianças: dicas para ensinar seu filho a comer saudável

Publicado


source

Alto Astral

undefined
Reprodução: Alto Astral

Alimentação para crianças: dicas para ensinar seu filho a comer saudável

A alimentação para crianças tem sido um grande desafio das famílias contemporâneas. Principalmente em tempos de pandemia e isolamento social, com mais opções de delivery disponíveis a um clique de distância. Com tantas variedades de comidas industrializadas, doces, salgadinhos e refrigerantes que fazem sucesso entre os pequenos, não há quem não tenha vivenciado a recusa dos filhos por alimentos nutritivos e saudáveis. Confira algumas dicas da nutricionista Andressa Perez, especialista em atendimento infantil!

Dicas saudáveis de alimentação para crianças

Alimentação para crianças: dicas para ensinar seu filho a comer saudável
Foto: Shutterstock

Quando começar a introduzir alimentos saudáveis?

A nutricionista explica que a alimentação saudável começa até mesmo antes do nascimento da criança, ainda na gestação, e se consolida na introdução alimentar complementada aos 6 meses do bebê: “Até o primeiro aniversário, o recomendado é oferecer o alimento na sua forma natural, sem adição de sal. E, até os 2 anos, sem açúcar”.

Não proíba, mostre outras opções

“Quanto mais precoce a oferta de alimentos industrializados como biscoitos, sucos artificiais e salgadinhos de pacote, mais difícil será o sucesso de uma alimentação saudável. Não adianta proibir o consumo de algo que a criança já conhece, gosta e que faz parte da rotina familiar “, afirma Andressa.

Não faça chantagem

Nunca tente pressionar ou forçar a criança a comer determinado alimento em troca de outra coisa. Isso pode fazer com que ela associe a comida a algo negativo e não queira voltar a ingerir aquilo novamente, dificultando ainda mais o processo de mudança de hábitos.

Seja você o exemplo

Manter uma rotina saudável é naturalmente importante para qualquer indivíduo. Mas, para quem é mãe/pai, o exemplo é imprescindível para que os filhos tenham uma boa referência. Afinal, as crianças reproduzem aquilo que veem e são ensinadas a fazer desde cedo.

Leve-as para comprar

“A melhor estratégia é envolver a criança na compra e no preparo dos alimentos. Leve-a na feira ou no mercado, permitindo que escolha o alimento saudável que preferir. Em casa, deixe seu filho te ajudar na cozinha ou leve o alimento para dentro da brincadeira , utilizando panelinhas e objetos infantis. Inserir a comida de uma forma lúdica estimula a curiosidade; e a experimentação acontece de forma natural”, ensina a especialista.

Andressa também ressalta que é muito importante que a família esteja disposta a oferecer novas opções de alimentação para crianças de forma variada e paciente.

Convide para cozinhar

“Preparar receitas simples que contenham como ingrediente principal frutas, legumes e verduras também é uma ótima estratégia de aceitação alimentar. Espetinhos, bolos, tortas, patês e até sobremesas como cremes e sorvetinhos de fruta são coloridos e fáceis de fazer. As crianças adoram colocar a mão na massa e, dessa forma, experimentam o alimento de diversas maneiras”, diz.

Você viu?

Alimentos com fácil acesso

“Manter esses alimentos disponíveis em fruteiras de fácil acesso e disponibilizar durante as refeições, na mesa da família, também são excelentes estratégias para inserir nos hábitos alimentares das crianças”, lembra a profissional.

Paciência em primeiro lugar

“O grande segredo na introdução de alimentos saudáveis é ser paciente e não desistir na primeira tentativa. Nós, adultos, não gostamos de tudo… Por que precisamos esperar isso das crianças? É importante observar as preferências de texturas e explorar receitas naturais e divertidas. Descasque mais e desembale menos na vida dos pequenos”, finaliza.

Consultoria: Andressa Perez , nutricionista especializada em atendimento infantil | Texto: Giulianna Lombardi | Edição: Renata Rocha

Fonte: IG Mulher

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Agronegocio

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana